Jorge Morais é candidato do PAN à Câmara Municipal de Aveiro

- Candidaturas próprias à Câmara e à Assembleia Municipal

- Objectivo é conseguir uma representação local do PAN

- Fomentar a participação cívica e valorizar a transparência 

- Melhorias ao nível da mobilidade urbana, protecção ambiental e bem-estar animal

- Promoção de uma alimentação saudável, desenvolvimento de novos modelos educativos e envolvimento da comunidade num projecto cultural ético

Aveiro, 10 de Julho de 2017 – Jorge Morais, 43 anos, nascido no concelho de Albergaria-a-Velha, é o candidato do PAN – Pessoas-Animais-Natureza à Câmara Municipal de Aveiro. Na lista própria apresentada pelo partido, o cabeça de lista à Assembleia Municipal é Rui Alvarenga, 44 anos, gestor comercial e produtor cultural.

As áreas do Ambiente e Urbanismo são naturalmente uma das prioridades da candidatura do PAN. É intenção do partido que o Município desenvolva, em articulação com o Plano Diretor Municipal, uma Infraestrutura Verde Urbana, com a participação da Universidade de Aveiro e outros parceiros, considerando prioritária a execução de corredores ecológicos, devendo o seu planeamento ser considerado em todas as áreas urbanas do concelho. Deve ainda ser estabelecido um compromisso sério para dentro de uma década existir uma área urbana completamente diferente pela multiplicação de áreas verdes em espaços atualmente degradados ou abandonados. A renovação da construção existente terá prioridade sobre a nova construção urbana.

“Aveiro não pode encarar o futuro com base em paradigmas do século passado. Queremos uma cidade para pessoas, não para automóveis. Queremos uma cidade modelo nacional e internacional no que diz respeito à Mobilidade Urbana”, declara Jorge Morais, candidato do PAN à Câmara Municipal de Aveiro.

Esta candidatura do PAN revela uma opção política clara e estratégica no sentido de fazer de Aveiro uma cidade moderna que dá prioridade aos modos suaves, rede pedonal e ciclável e transportes públicos. Por ser fundamental para o partido retirar os automóveis do centro da cidade, propõe-se a criação de parques de estacionamento na periferia da cidade com acesso a transportes públicos. A autarquia tem que assumir a criação de infraestruturas que permitam e promovam o uso da bicicleta como meio de transporte prioritário para deslocações dentro de um raio de 6km do centro da cidade. Neste sentido, a candidatura do PAN opõe-se frontalmente a todos os projetos de visão anacrónica que visem trazer mais automóveis para o centro da cidade.

“Queremos uma cidade com menos automóveis, menos poluição, menos congestionamento de tráfego, menos asfalto. Propomos, em contrapartida, mais investimento na criação de infraestruturas para um modo de Mobilidade Suave, mais espaços para pessoas, mais espaços verdes, mais tranquilidade”, reforça Jorge Morais.

A Proteção, Saúde e Bem-estar Animal constituem também uma área fundamental a desenvolver no município de Aveiro, face à atual inexistência de meios estruturais e humanos e ausência de vontade política que permitam cumprir a legislação existente e forneçam respostas cabais às necessidades práticas observadas no concelho.

Por estes motivos, a candidatura define como prioritária a construção de um canil municipal que albergue condignamente os animais errantes do concelho, a realização de campanhas de esterilização, campanhas de adopção e colocação de microchips nos mesmos, pois consideramos que um canil municipal não deverá ser um armazém de animais, mas um local de passagem, onde os animais possam ser cuidados e a seguir encaminhados para adopção. É fundamental cooperar com os vários intervenientes que prestam auxílio a animais errantes no concelho de Aveiro.

Defendendo uma sociedade mais justa, em que os animais sencientes sejam respeitados, é de extrema importância levar a cabo campanhas de informação e sensibilização aos munícipes para esta temática de modo a evitar o abandono e maus tratos. Será necessário aplicar um regulamento municipal que discipline a detenção de animais, reforçando a fiscalização e promovendo uma maior articulação entre diferentes interlocutores que atuam no terreno, incluindo a proteção animal nos programas educativos das escolas e realizando ações de sensibilização da população para uma detenção responsável.

Na área da Alimentação e Saúde, o partido considera que é função do município promover e apoiar iniciativas locais (associações, movimentos cívicos e outros) que promovam projetos de regeneração e soluções de resiliência para um mundo com tantos desafios para o bem-estar, saúde e um clima em alteração. O PAN propõe-se promover ativamente junto dos estabelecimentos de ensino do concelho e de refeitórios e cantinas públicas a adopção de um regime alimentar saudável e ético. Criar e aumentar as áreas de hortas comunitárias com agricultura biológica, dar formação e área de cultivo às populações mais carenciadas para ensinar novos modos de vida, promovendo a inclusão social e ao mesmo tempo a biodiversidade regenerando ecossistemas, são outros dos objetivos da candidatura.

Na área da Educação, Ética e Cultura, o PAN propõe promover novos modelos educativos e estimular o envolvimento da comunidade civil na edificação de um projeto cultural comum que promova a mudança de atitude e de comportamento face ao meio ambiente e aos animais e afaste a próxima geração do investimento em práticas incivis como as touradas e circo com animais. 

“É necessário desburocratizar a utilização dos equipamentos culturais do Concelho sob a sua tutela, e tornar mais acessível a sua utilização por parte das associações, grupos, companhias e escolas. O Teatro Aveirense deve ser um espaço dedicado à programação constituída por grupos locais, para além da programação idealizada em rede e à internacionalização”, acrescenta Jorge Morais.

A Transparência e a Participação cívica são uma necessidade cada vez mais urgente em Aveiro, pelo que esta candidatura tem por objetivo facilitar uma democracia mais participativa e que aproxime as pessoas das políticas locais, promovendo a participação ativa dos munícipes através de propostas e alertas, e facilitando por todos os meios o acesso à informação autárquica.

Articulação das ações de campanha com a imprensa:

Rui Alvarenga: alvarenga.rui@gmail.com - 932550523

Tags:

Sobre nós

Partido pelos Animais e pela Natureza.

Subscrever

Media

Media