PAN questiona Ministério sobre captação de investimento do grupo Tesla em Portugal

•   O fabricante norte-americano surge com um potencial industrial disruptivo com vista a uma economia descarbonizada

•      Assumir a captação deste investimento externo como prioridade nacional

•    Envolver no processo negocial os municípios interessados e os representantes do sector industrial Português

 
Lisboa, 07 de Dezembro de 2016   – O PAN - Pessoas-Animais-Natureza questionou o Governo sobre a promoção de esforços para garantir o investimento do grupo Tesla em Portugal, nomeadamente em redes de supercarregadores, centros de inovação tecnológica e na construção de uma Giga Factory.

 Nas questões apresentadas ao Ministério dos Negócios Estrangeiros, o PAN pretende saber que compromissos estão a ser adotados para que a captação deste investimento possa ser colocada no topo das prioridades a nível nacional. O partido pretende ainda confirmar que entidades estão a ser envolvidas no processo negocial, assumindo que o processo beneficiará dos contributos dos municípios interessados, dos representantes do sector industrial Português e da sociedade civil.
 
Portugal acaba de assumir audaciosos compromissos e objetivos, na COP 22, com vista a ter uma economia descarbonizada já em 2050 e que precisam ser acompanhados pela implementação e expansão da 3ª revolução industrial.

Com um sector automóvel com forte peso na economia, uma plataforma logística reforçada pela sua, bem posicionada, rede marítima e uma excelente plataforma de captação de energias renováveis como a solar e a eólica, Portugal tem excelentes condições para reunir consensos e Know How em torno deste desígnio nacional que é a transição energética e industrial e que pode representar uma posição de liderança no ramo da ciência, da investigação e da alta tecnologia.

Tags:

Sobre nós

Partido pelos Animais e pela Natureza.

Subscrever