2016 começa com agenda preenchida nos Parques e Monumentos de Sintra

Passeios de Burro na Tapada de D. Fernando II
Viagem à corte do séc. XVIII no Palácio de Queluz
Do Parque à Tapada: a Natureza em Sintra e em Mafra
 
Sintra, 3 de dezembro de 2015 – A agenda de atividades para 2016 começa a ser preenchida logo no primeiro mês do ano, nos Parques e Monumentos de Sintra.
 
O Natal fica para trás, mas a tradição das visitas guiadas integradas no projeto “Parques de Sintra Acolhem Melhor” mantém-se. No dia 16 de janeiro realiza-se a visita guiada "Sentir o Património" , que vai permitir que visitantes cegos descubram o Parque de Monserrate através do tato, audição, e olfato. No mesmo dia e no mesmo local, decorre a visita “Património em Gestos” , com interpretação em Língua Gestual Portuguesa, direcionada para visitantes surdos, e ainda a visita “Monserrate sem Barreiras” , direcionada para pessoas com mobilidade condicionada que poderão percorrer os jardins com autonomia através de um equipamento que quebra a barreira da inclinação e facilita a mobilidade de cadeiras de rodas manuais.
 
Também no dia 16 de janeiro, decorre o passeio “Do Parque à Tapada” , oportunidade única para conhecer a diversidade de ecossistemas da Tapada de Monserrate (inserida no Parque Natural de Sintra – Cascais), e a floresta autóctone que caracteriza a Tapada Nacional de Mafra.
 
No dia 23 de janeiro, os visitantes podem viajar ao tempo dos reis na “ Viagem à Corte do Séc. XVIII ”, a decorrer no Palácio Nacional de Queluz. Já o “Tesouro do Rei” poderá ser encontrado a 31 de janeiro no Palácio Nacional de Sintra.

PROGRAMAÇÃO
Apresentações de Arte Equestre
Regularmente, Picadeiro Henrique Calado
O Picadeiro Henrique Calado recebe regularmente treinos, apresentações, e galas da responsabilidade da Escola Portuguesa de Arte Equestre, e que estão abertos ao público.
- Tarifário: Galas - 25€ // Treinos – 8€ // Apresentações semanais – 15€ (gratuito para crianças até aos 5 anos)
- Mais informações: www.arteequestre.pt / info@parquesdesintra.pt / +351 21 923 73 00
 
Aqui Há Burro!
Sábados, 9 e 23 de janeiro, 10h00 e 12h00, Tapada de D. Fernando II (junto ao Convento dos Capuchos)
Pacientes, afáveis e muito calmos, os burros serão grandes cúmplices de crianças e adultos nesta aventura, ao longo da qual é contada a sua história ao longo dos séculos, explicado que são meigos, não dão coices nem mordem (quando tratados com respeito), não são nervosos (quando se assustam param, em vez de fugir), são fortes e espertos. Segue-se um passeio pela floresta: as crianças montam e os adultos conduzem os animais à mão.
 
- Destinatários: recomendado para famílias com crianças dos 3 aos 12 anos
- Duração: 1h30
- Tarifário: 10€/participante
- Aconselha-se inscrição prévia:   info@parquesdesintra.pt ; +351 21 923 73 00
- Nota: os passeios poderão ser cancelados, caso as condições meteorológicas sejam adversas

Sessões de Horticultura Biológica - outono/inverno 2015-2016
Sábado, 16 de janeiro, 9h30, Quintinha de Monserrate
Formadora: Graça Ribeiro, especialista em Horticultura Biológica.
A decorrer na Quintinha de Monserrate durante todo o período de outono/inverno. Em todas as sessões é abordado um tema, na componente teórica, e as práticas anunciadas têm lugar nas hortas da Quintinha. Todos os meses será ainda feita a manutenção das culturas já instaladas, segundo as boas práticas da agricultura biológica. A quarta sessão será dedicada à compostagem.
 
17 de outubro: Sessão I - “Planificação da horta de Outono/Inverno”
14 de novembro: Sessão II - “As sementeiras”
12 de dezembro: Sessão III - “A Fertilização Orgânica”
16 de janeiro: Sessão IV - “A Compostagem”  
Plantação de fruteiras por estaca
Propagação de aromáticas por estaca
Sementeira de ervilhas de variedade de quebrar (tortas)
20 de fevereiro: Sessão V - “A Importância de Diversificar a Horta”
12 de março: sessão VI - “Técnicas de Cultivo e Manutenção da Horta”

- Destinatários: público interessado em adquirir conhecimentos em Horticultura no Modo de Produção Biológico
- Duração: 4h30
- Tarifário por sessão: 20€/participante
- Requer inscrição e pagamento prévios: info@parquesdesintra.pt ou +351 21 923 73 00
- Nota: a realização da atividade depende de um número mínimo de participantes

Do Parque à Tapada: a Natureza em Sintra e em Mafra
Sábado, 16 de janeiro , 10h00, Tapada de Monserrate e 15h30, Tapada de Mafra
Programa conjunto de visita a Sintra e a Mafra, que dá a conhecer a diversidade de ecossistemas do Parque Natural de Sintra – Cascais - área protegida à qual pertence a Tapada de Monserrate - e a magnífica floresta antiga e autóctone que caracteriza a Tapada Nacional de Mafra. Na Tapada de Monserrate o visitante explora a história natural da serra de Sintra, o microclima peculiar que a caracteriza e a torna tão mística, conceitos como a forest food , a sucessão ecológica, as espécies invasoras, entre outros. Ao longo do percurso os visitantes serão ainda surpreendidos pela presença de esculturas em madeira de mamíferos de médio e grande porte, atualmente inexistente na serra de Sintra mas que, num passado recente, habitaram esta paisagem. Em Mafra, por um trilho menos explorado, os visitantes descobrirão uma floresta que atingiu o seu ponto de maturidade e que, ao estar protegida por um muro, consegue garantir condições de excelência para espécies vulneráveis e mesmo em perigo de extinção que aqui se alimentam, reproduzem e se abrigam.
- Destinatários: todos
- Duração: 1h30 em Monserrate, 2h00 em Mafra
- Tarifário: adultos: 13€/participante | Jovens e seniores: 11€/participante | Famílias (2 adultos + 2 crianças): 45€
- Requer inscrição prévia:  info@parquesdesintra.pt ; +351 21 923 73 00
- Nota: a realização da atividade depende de um número mínimo de participantes. As visitas poderão ser canceladas, caso as condições meteorológicas sejam adversas.

Património em Gestos
Sábado, 16 de janeiro, 14h30, Parque de Monserrate
Visita aos jardins e Palácio de Monserrate, com interpretação em Língua Gestual Portuguesa. A visita aos jardins, uma das mais belas criações paisagísticas do Romantismo em Portugal, que alberga mais de 3.000 espécies de plantas de vários cantos do mundo, passa pelo Vale dos Fetos, Jardim do México, Roseiral e Relvado, terminando no Palácio de Monserrate.
- Destinatários: direcionada para visitantes surdos, mas aberta a todos os interessados
- Duração: 1h30
- Tarifário pessoa com deficiência:  8,25€ (bilhete de entrada 3,25€ + suplemento de visita guiada 5€)
- Tarifário regular:  11,5€ (bilhete de entrada 6,50€ + suplemento de visita guiada 5€)
- Requer inscrição prévia:  info@parquesdesintra.pt ; +351 21 923 73 00
- Nota: esta atividade conta com o apoio e a participação da APS – Associação Portuguesa de Surdos. Recomenda-se uso de calçado confortável e indumentária adequada às condições meteorológicas. A visita poderá ser cancelada, caso as condições meteorológicas sejam adversas, ou adaptada apenas ao interior do Palácio de Monserrate.

Sentir o Património - Descobrir o Parque de Monserrate através das Sensações
Sábado, 16 de janeiro, 14h30, Parque de Monserrate
Por entre ruínas românticas e cascatas, o visitante descobrirá os Jardins de Monserrate através do tato, audição e olfato. Será possível tocar na água da cascata, perceber variações de temperatura, e conhecer várias espécies botânicas, sentindo texturas e odores exóticos. Em redor do Palácio de Monserrate será possível conhecer todos os materiais que constituem as fachadas.
- Destinatários: direcionada para visitantes cegos ou com baixa visão mas aberta a todos os interessados
- Duração: 1h30
- Tarifário pessoa com deficiência:  8,25€ (bilhete de entrada 3,25€ + suplemento de visita guiada 5€)
- Tarifário regular:  11,5€ (bilhete de entrada 6,50€ + suplemento de visita guiada 5€)
- Requer inscrição prévia:  info@parquesdesintra.pt ; +351 21 923 73 00
- Nota: Esta atividade conta com o apoio da ACAPO – Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal. Recomenda-se uso de calçado confortável e indumentária adequada às condições meteorológicas. A visita poderá ser cancelada, caso as condições meteorológicas sejam adversas, ou adaptada apenas ao interior do Palácio de Monserrate.

Jardins de Monserrate sem Barreiras
Sábado, 16 de janeiro, 14h30, Parque de Monserrate
Visita direcionada para pessoas com mobilidade condicionada que poderão percorrer os jardins com autonomia através de um equipamento que quebra a barreira da inclinação e facilita a mobilidade de cadeiras de rodas manuais. Contará com a exploração do Vale dos Fetos, Jardim do México, Roseiral, Relvado e Lagos, no Parque de Monserrate.
- Destinatários: direcionada para visitantes com mobilidade condicionada
- Duração: 1h30
- Tarifário pessoa com deficiência:  8,25€ (bilhete de entrada 3,25€ + suplemento de visita guiada 5€)
- Tarifário regular:  11,5€ (bilhete de entrada 6,50€ + suplemento de visita guiada 5€)
- Requer inscrição prévia:  info@parquesdesintra.pt ; +351 21 923 73 00
- Nota: o visitante poderá trazer a sua própria cadeira de rodas ou utilizar a cadeira de rodas disponibilizada pela Parques de Sintra (sem custo acrescido). Aberto a acompanhantes. O equipamento de tração adapta-se à grande maioria das cadeiras de rodas. A visita poderá ser cancelada, caso as condições meteorológicas sejam adversas.

Concerto para Bebés – Um Dia na Floresta
Domingo, 17 de janeiro, 10h30, Palácio de Monserrate
Um Dia Na Floresta recria o ambiente de festa que se vive na Natureza. Trechos de música clássica, arranjados especialmente para bebés, com palavras simples, ritmos contagiantes e jogos de rimas, proporcionam um momento de envolvente magia para os mais pequenos. Através de histórias cantadas, o concerto convida todos a viver a aventura imaginária de um Um Dia Na Floresta , através das suas personagens: o dia que nasce, as flores que cantam, o cuco que assobia, a formiga corredora, o caracol que põe os pauzinhos ao sol, o lagarto pintado, a fada desaparecida e a lua que chega quando o sol se põe.
 
Programa:
• “ O Dueto das Flores ” (Ópera Lackmé, de Delibes, séc. XIX);
• “Amanhecer” (Grieg, séc. XIX);
• “Canção do Cuco” (adaptado de Benjamim Britten, séc. XX);
• “Canção da Formiga” e a “Canção da Fada” , (adaptações de modinhas luso-brasileira do séc. XVIII);
• “Paçoca ” (um chorinho do séc. XX);
• “Canção do Caracol” ;
“Canção do Adeus” : o Adágio do Inverno, das Quatro Estações de Vivaldi.
 
Destinatários: recomendado para famílias com crianças a partir dos 3 meses
Duração: 45 min
Tarifário: adulto + 1 criança até aos 48 meses: €20,00 / Adultos e crianças com mais de 48 meses: 15€
Requer inscrição e pagamento prévios: info@parquesdesintra.pt ; +351 21 923 73 00
Nota: a realização da atividade depende de um número mínimo de participantes

Viagem à Corte do Séc. XVII
Sábado, 23 de janeiro, 15h00, Palácio Nacional de Queluz
Pé ante pé, os participantes são convidados a conhecer todos os recantos do Palácio Nacional de Queluz, a ouvir a sua história, a ver pessoas de outra época. Vão ouvir cantar, tocar e dançar músicas de setecentos. Saber como ali se realizavam grandes festas, que vestidos e outros trajes se usavam neste espaço de enorme beleza e requinte. Vão aprender que os príncipes e infantes não iam à escola mas tinham muitas matérias para aprender. E muito mais surpresas para descobrir.
- Destinatários: recomendado para famílias com crianças a partir 5 anos
- Duração: 2h
- Tarifário: 9€/participante
- Requer inscrição prévia:  info@parquesdesintra.pt ; +351 21 923 73 00
- Nota: a realização da atividade depende de um número mínimo de participantes

O Tesouro do Rei
Domingo, 31 de janeiro, 15h00, Palácio Nacional de Sintra
O que começa por ser uma simples visita guiada transforma-se numa aventura. Os participantes são desafiados a viajar no tempo, para descobrirem o que aconteceu ao tesouro do rei que vinha na nau D. Leonor, assaltada por piratas há quase quinhentos anos. Estará esse tesouro escondido no Palácio Nacional de Sintra? De pista em pista, o mistério será finalmente desvendado. Nesta demanda de aventura e mistério, revela-se a História e conquista-se conhecimento.
- Destinatários: recomendado para famílias com crianças a partir dos 6 anos
- Duração: 1h30
- Tarifário : 9€/participante
- Requer inscrição prévia:  info@parquesdesintra.pt ; +351 21 923 73 00
- Nota: a realização da sessão depende de um número mínimo de participantes

Exposição 180 anos da morte de D. Pedro IV
Todos os dias, 09h00 – 17h00, Palácio Nacional de Queluz
Projeto museológico do Quarto D. Quixote, no âmbito dos 180 anos da morte de D. Pedro d’Alcântara de Bragança. O objetivo deste projeto museológico prendeu-se com o estudo e valorização do Quarto D. Quixote e os espaços adjacentes, bem como a figura de D. Pedro IV, através de uma nova museografia e de vários suportes interpretativos, com destaque para os digitais. Foram reunidas peças do Palácio Nacional de Queluz e protocolados empréstimos com outras instituições: Museu Nacional de Arte Antiga, Palácio Nacional da Ajuda, Museu Nacional dos Coches, Museu Militar de Lisboa e Museu Nacional Soares dos Reis. Estão expostas 48 peças, incluindo 15 pinturas e miniaturas, 15 objetos pessoais de D. Pedro IV e 9 peças de mobiliário.
- Tarifário: bilhete para o Palácio Nacional de Queluz
- Saber mais: www.dpedroiv.parquesdesintra.pt

Exposição - Melhores Imagens do BIO+Sintra
Todos os dias, 10h00 – 17h00, Info Parques de Sintra
Exposição das imagens premiadas pelo júri na sessão de verão dos Concursos de Fotografia “Captar Sintra – A Biodiversidade das estações”, promovidos no âmbito do projeto BIO+Sintra. No espaço Info Parques de Sintra é possível ver os três vencedores da última sessão dos concursos e as quatro menções honrosas atribuídas pelo júri. Adicionalmente estão expostas no Palácio de Monserrate todas as imagens vencedoras do 1º ano do “Captar Sintra”.
- Tarifário: gratuito

Documentário “A Sinfonia”
Sábados e domingos, 15h30 – 16h30, Info Parques de Sintra
Documentário "A Sinfonia", produzido no âmbito do projeto BIO+Sintra, em exibição no espaço Info Parques de Sintra, todos os sábados e domingos, com entrada livre. O documentário apresenta dez importantes valores naturais, pela voz de biólogos especialistas, conduzidos por João Rodil, conhecido escritor e historiador local. Pretende-se tornar pessoal e emocional o envolvimento do espetador na salvaguarda do equilíbrio dos ecossistemas da Serra de Sintra.
- Legendado em inglês
- Tarifário: gratuito
- Saber mais: www.youtube.com/user/lifebiomaissintra

Passeios a Cavalo e de Pónei
Todos os dias, Parque da Pena
Passeios a cavalo em que o visitante percorre, de uma forma diferente, os caminhos e trilhos do Parque da Pena. A duração dos passeios a cavalo pode variar entre os 30 e os 90 min., ou as 3h e as 6h. No programa mais longo existe a possibilidade de visitar outros polos sob gestão da Parques de Sintra e mesmo agendar um almoço em local a especificar. Todos os passeios são feitos mediante acompanhamento dos tratadores dos cavalos, que guia os visitantes através do percurso.
A pensar nas crianças, a Parques de Sintra dispõe também de uma atividade que permite aos mais novos terem a sua primeira experiência a cavalo num pónei, treinado especialmente para o efeito e acompanhados também por um dos seus tratadores.
- Passeios a cavalo: 10€/30 min, 25€/90 min, 50€/3h, 100€/6h (acresce o bilhete de entrada no Parque da Pena)
- Passeios de pónei: 5€/15 min (acresce o bilhete de entrada no Parque da Pena)
- Mais informações e reservas: info@parquesdesintra.pt ; +351 21 923 73 00
- Nota: a realização do passeio depende das condições meteorológicas
- Saber mais: www.parquesdesintra.pt/experiencias-e-lazer/passeios-a-cavalo/
 
 
Passeios de Charrete
Parque da Pena
Os passeios de charrete no Parque da Pena proporcionam uma verdadeira viagem no tempo num percurso entre o Vale dos Lagos e o Chalet da Condessa d’Edla, passando pela Quinta da Pena e o Jardim da Condessa d’Edla. Este passeio pode ser livre ou acompanhado por um guia especializado. Conduz os visitantes à descoberta da História deste Parque e dos seus criadores, das espécies botânicas e animais que surgem ao longo do percurso e dos edifícios históricos e recantos do jardim que se encontram no trajeto.
- O passeio pode incluir até 6 adultos ou 4 adultos e 4 crianças
Durante a época baixa disponível apenas mediante reserva prévia
- Tarifário: 75€/1hora (acresce o bilhete de entrada no Parque da Pena, onde os programas decorrem)
- Nota: A realização da atividade depende das condições meteorológicas
- Saber mais: www.parquesdesintra.pt/experiencias-e-lazer/passeios-de-charrete/
- Mais informações e reservas: info@parquesdesintra.pt ; +351 21 923 73 00
 
 
Exposição “Vitrais e Vidros: Um Gosto de D. Fernando II”
Todos os dias, Palácio Nacional da Pena
Exposição de um notável conjunto de vitrais dos séculos XIV a XIX, no qual se insere o mais antigo vitral conhecido em Portugal. Inclui também elementos da coleção de vidros do Palácio da Pena, uma das mais representativas coleções da história do vidro europeu existente no nosso país. Recentemente, passou também a englobar algumas peças que pertenceram à coleção de vidros do rei D. Fernando II e que são das reservas do Museu Nacional de Arte Antiga.
- Tarifário: bilhete para o Palácio Nacional da Pena
- Saber mais: www.parquesdesintra.pt/evento/exposicao-vitrais-e-vidros-um-gosto-de-d-fernando-ii/

Sobre a Parques de Sintra - Monte da Lua
A Parques de Sintra - Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade. Não recorre ao Orçamento do Estado, pelo que a recuperação e manutenção do património que gere são asseguradas pelas receitas de bilheteiras, lojas, cafetarias e aluguer de espaços para eventos.
Em 2014, as áreas sob gestão da PSML (Parque e Palácio Nacional da Pena, Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz, Chalet da Condessa d’Edla, Castelo dos Mouros, Palácio e Jardins de Monserrate, Convento dos Capuchos e Escola Portuguesa de Arte Equestre) receberam aproximadamente 1.928.000 visitas, cerca de 86% das quais por parte de estrangeiros. Recebeu, em 2013 e 2014, o World Travel Award para Melhor Empresa em Conservação.
São acionistas da PSML a Direção Geral do Tesouro e Finanças (que representa o Estado), o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, o Turismo de Portugal e a Câmara Municipal de Sintra.
www.parquesdesintra.pt ou www.facebook.com/parquesdesintra

Tags:

Sobre nós

Empresa de capitais exclusivamente públicos criada em 2000 (decreto-lei nº 215/2000, de 2 de Setembro), na sequência da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade e dos compromissos assumidos com a sua recuperação, conservação e divulgação.

Subscrever

Media

Media