Ciclo “Reencontros – Memórias Musicais de um Palácio” prossegue com atuação dos Oltremontano

- Segundo fim de semana do ciclo prossegue sábado, 11 de junho, com concertos e uma conferência
- Agrupamento de metais Oltremontano atua na Sala dos Cisnes
- “Balliamo che l’onde” aborda a temática da commedia dell’arte
 
Sintra, 8 de junho de 2016 – A segunda edição do ciclo de música medieval e renascentista “Reencontros – Memórias Musicais de um Palácio” prossegue este sábado, 11 de junho , com um concerto dos Oltremontano . O agrupamento de metais atua na Sala dos Cisnes, às 21h30 , e leva a palco “ Balliamo che l’onde ”, uma caracterização musical das personagens da c ommedia dell’arte . O ciclo decorre até 25 de junho no Palácio Nacional de Sintra.
 
Balliamo che l’onde” evoca o episódio amoroso de Tirsi e Clori da obra de Claudio Monteverdi. O concerto aborda a temática da commedia dell’arte própria da Itália do século XVI. Os personagens Pantalone, Colombina e Arlequino orientam a escolha do repertório, que incide sobre diversas edições de música instrumental para dança, como obras de Giorgio Mainerio e compositores flamengos, e sobre repertório vocal de Claudio Monterverdi, Alessandro Striggio and Orazio Vecchi.
 
O concerto será antecedido pela conferência “Música para bailar e música para cantar”, às 20h00 , apresentada pelo musicólogo Manuel Pedro Ferreira na Sala Manuelina do Palácio. A entrada para a conferência é gratuita mediante a capacidade do espaço.
 
Ainda no dia 11 de junho , às 15h00 , na Capela Palatina do Palácio Nacional de Sintra, decorrerá o concerto comentado “ A três vozes com baixo contínuo ”, interpretado pelo Piccolin Ensemble , da Escola de Música do Conservatório Nacional. O concerto tem entrada gratuita, mediante compra de bilhete para o Palácio Nacional de Sintra.
Este ciclo encontra-se integrado na Temporada de Música Erudita da Parques de Sintra (que inclui também “Serões Musicais no Palácio da Pena” e “Noites de Queluz – Tempestade e Galanterie”) e conta com a Antena 2 como media partner .

(Comunidade integral em anexo)

Tags:

Sobre nós

Empresa de capitais exclusivamente públicos criada em 2000 (decreto-lei nº 215/2000, de 2 de Setembro), na sequência da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade e dos compromissos assumidos com a sua recuperação, conservação e divulgação.

Subscrever

Media

Media