Exposição de Camélias e Orquídeas volta ao terreiro do Palácio Nacional de Sintra

- Exposição decorre nos dias 12 e 13 de março (entrada gratuita)
- Ciclo de conferências incluído no evento
- Visitas técnicas guiadas a jardins de camélias em Sintra

Sintra, 22 de fevereiro de 2016 – O terreiro em frente ao Palácio Nacional de Sintra vai voltar a ser palco da “Exposição de Camélias e Orquídeas”, no fim de semana de 12 e 13 de março. A exposição organizada pela Parques de Sintra, em colaboração com a Associação Portuguesa de Camélias (APC) e o Clube dos Orquidófilos de Portugal (COP), com entrada gratuita, tem como objetivo promover o valor botânico associado às camélias e orquídeas em Sintra. Este é o sexto ano em que decorre a exposição de camélias em Sintra e o segundo ano de exposição de orquídeas.

Na exposição, será possível observar os melhores exemplares de camélias e orquídeas de cada um dos participantes. No dia 12 de março serão eleitas a melhor espécie e o melhor híbrido de orquídeas, a melhor orquídea, a melhor camélia e a melhor camélia portuguesa em exposição, após avaliação de um júri especialista na matéria.

Para além da exposição, também estarão à venda no local exemplares de camélias e orquídeas, assim como outros produtos derivados destas flores como óleos, sabonetes e compotas, entre outros. Ao longo do evento, decorrerão no terreiro do Palácio Nacional de Sintra diversas demonstrações de técnicas de propagação e poda de camélias e de técnicas de propagação, envasamento e manutenção de orquídeas.

Em paralelo com a exposição, decorrerá no Palácio Nacional de Sintra um ciclo de conferências sobre camélias, também com entrada gratuita (limitadas à lotação da sala). Integrada na celebração dos 200 anos do nascimento do rei D. Fernando II estará a conferência “Rei D. Fernando II e a coleção de camélias no Parque da Pena”.

No dia 13 de março decorrerão também visitas técnicas às camélias do jardim da Vila Sassetti e ao Jardim das Camélias no Parque da Pena, guiadas por arquitetas paisagistas da Parques de Sintra. Estas visitas são pagas e requerem inscrição prévia através do e-mail info@parquesdesintra.pt ou do telefone +351 21 923 73 00.
 
PROGRAMA:
Sábado, 12 de março
10h - 18h: Exposição de Orquídeas
14h30 - 18h: Exposição de Camélias
10h – 18h: Venda de Orquídeas e Camélias
11h, 12h, 14h, 15h e 16h: Demonstrações de técnicas de propagação e poda de camélias  e de técnicas de propagação, envasamento e manutenção de orquídeas
Ciclo de Conferências sobre Camélias
10h: Sessão de abertura por Eng.º Nuno Oliveira
10h30:   Rei D. Fernando II e a coleção de camélias no Parque da Pena por Arq.º António Nunes Pereira, Diretor do Palácio Nacional da Pena, do Palácio de Monserrate e do Chalet da Condessa d’Edla
11h: A influência cultural das camélias em Sintra por Prof. João Cachado
11h30: Coleção de Camélias Portuguesas por Prof. Armando Oliveira
12h: Histórias e experiências do uso da camélia por Irmã Paula Téllez Gonzalez do Mosteiro de Armenteira
14h30: Sessão de abertura da VI Exposição de Camélias e apresentação da Melhor Camélia e a Melhor Camélia Portuguesa
15h: Sessão de entrega de prémio da Melhor Orquídea em exposição
 
Domingo, 13 de março
10h - 18h: Exposição e venda de orquídeas e camélias
 

11h, 12h, 14h, 15h e 16h: demonstrações de técnicas de propagação e poda de camélias  e de técnicas de propagação, envasamento e manutenção de orquídeas
 
Visitas técnicas guiadas (podem ser canceladas em caso de condições climatéricas adversas)
11h - 12h: Vila Sassetti por Arq.ª Paisagista Ana Sanches
- Ponto de encontro: portão principal da Vila junto ao portão do Parque das Merendas no topo da rampa que liga ao Largo Ferreira de Castro
- Tarifário: 5€
- Inscrição prévia: info@parquesdesintra.pt / +351 21 923 73 00
- Número mínimo de participantes: 5
- Número máximo de participantes: 15
- Nota: a atividade pode ser cancelada em caso de condições meteorológicas adversas
 
14h30 - 16h30: Jardim das Camélias do Parque da Pena por Arq.ª Paisagista Elsa Isidro
- Ponto de encontro: entrada dos Lagos do Parque da Pena
- Tarifário: 10€
- Inscrição prévia: info@parquesdesintra.pt / +351 21 923 73 00
- Número mínimo de participantes: 5
- Número máximo de participantes: 15
- Nota: a atividade pode ser cancelada em caso de condições meteorológicas adversas
 
Sobre a Parques de Sintra - Monte da Lua
A Parques de Sintra - Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade. Não recorre ao Orçamento do Estado, pelo que a recuperação e manutenção do património que gere são asseguradas pelas receitas de bilheteiras, lojas, cafetarias e aluguer de espaços para eventos.

Em 2015, as áreas sob gestão da PSML (Parque e Palácio Nacional da Pena, Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz, Chalet da Condessa d’Edla, Castelo dos Mouros, Palácio e Jardins de Monserrate, Convento dos Capuchos e Escola Portuguesa de Arte Equestre) receberam aproximadamente 2.234.000 visitas, cerca de 87% das quais por parte de estrangeiros. Recebeu, em 2013, 2014 e 2015, o World Travel Award para Melhor Empresa em Conservação.

São acionistas da PSML a Direção Geral do Tesouro e Finanças (que representa o Estado), o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, o Turismo de Portugal e a Câmara Municipal de Sintra.
 
www.parquesdesintra.pt / www.facebook.com/parquesdesintra / www.instagram.com/parquesdesintra

Tags:

Sobre nós

Empresa de capitais exclusivamente públicos criada em 2000 (decreto-lei nº 215/2000, de 2 de Setembro), na sequência da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade e dos compromissos assumidos com a sua recuperação, conservação e divulgação.

Subscrever

Media

Media