Monumentos de Sintra às escuras

Imagens: http://62.28.132.233/1395664254.zip

A Parques de Sintra junta-se à iniciativa Hora do Planeta 2014, organizada pela WWF (World Wildlife Fund), à semelhança de anos anteriores.

Assim, no próximo sábado (29 de março), os Palácios da Pena, de Sintra e de Monserrate, e também o Castelo de Mouros - uma estreia nesta iniciativa -, apagam as suas luzes entre as 20h30 e as 21h30.

Este é o terceiro ano consecutivo em que a Parques de Sintra mostra o seu apoio e compromisso com o Planeta, juntando-se a centenas de milhões de pessoas em todo o mundo, “num momento único de contemplação do planeta e celebração do compromisso de protegê-lo durante todo o ano”, de acordo com a organização.

A iniciativa, que começou em Sydney em 2007, celebrou-se no ano de 2013 em 154 países e territórios em todos os continentes, envolvendo centenas de monumentos emblemáticos por todo o mundo.

Esta participação da Parques de Sintra insere-se âmbito do projeto BIO Sintra, cofinanciado pelo Programa LIFE (Comissão Europeia), que pretende resultar em mudanças de atitudes com vista à redução das emissões de carbono nas atividades do dia-a-dia.

Sobre a Parques de Sintra - Monte da Lua

A Parques de Sintra - Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade. A sua criação teve como objetivo reunir as instituições com responsabilidade na salvaguarda e valorização da Paisagem Cultural de Sintra, e o Estado Português entregou-lhe a gestão das suas principais propriedades na zona. Não recorre ao Orçamento do Estado, pelo que a recuperação e manutenção do património que gere são asseguradas pelas receitas de bilheteiras, lojas, cafetarias e aluguer de espaços para eventos.

Em 2013, os valores naturais e culturais que a PSML gere (Parque e Palácio da Pena, Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz, Chalet da Condessa d’Edla, Castelo dos Mouros, Palácio e Jardins de Monserrate, Convento dos Capuchos, e Escola Portuguesa de Arte Equestre) receberam aproximadamente 1.700.000 visitas, mais de 90% das quais por parte de estrangeiros.

São acionistas da PSML o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, a Direção Geral do Tesouro e Finanças (que representa o Estado), o Turismo de Portugal e a Câmara Municipal de Sintra.

www.parquesdesintra.pt ou www.facebook.com/parquesdesintra

Tags:

Sobre nós

Empresa de capitais exclusivamente públicos criada em 2000 (decreto-lei nº 215/2000, de 2 de Setembro), na sequência da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade e dos compromissos assumidos com a sua recuperação, conservação e divulgação.

Subscrever