Parques de Sintra apresenta Temporada de Música 2016/ 2017

- “Noites de Queluz – Tempestade e Galanterie” é o ciclo inaugural da Temporada de Música de 2016/2017
- Ciclo de música barroca decorre durante todo o mês de outubro, de 1 a 29, no Palácio Nacional de Queluz
- Concerto de abertura apresenta a estreia mundial moderna da Serenata “L’Endimione”

Sintra, 16 de setembro de 2016 – A Parques de Sintra apresenta a sua Temporada de Música 2016/ 2017 , em conferência de apresentação, no próximo dia 20 de setembro , às 11h30 , na Sala da Música do Palácio Nacional de Queluz .
 
Organizada em parceria com o Divino Sospiro - Centro de Estudos Musicais Setecentistas, a Temporada de Música terá início no dia 1 de outubro , Dia Internacional da Música, com o arranque do ciclo “Noites de Queluz – Tempestade e Galanterie” .
 
Ao longo de nove concertos, entre os dias 1 e 29 de outubro, as “Noites de Queluz” propõem uma viagem pela música erudita que se ouviu na Europa entre o Barroco e o Romantismo, incluindo-se aqui o património musical português. Deste é exemplo a Serenata “L’Endiminone” , enviada por Niccolò Jommelli à família real portuguesa e conservada desde então no Palácio da Ajuda. Esta obra terá honras de estreia mundial moderna no Concerto de Abertura, a 1 de outubro, Dia Internacional da Música. Entre os artistas convidados, contam-se muitos dos mais conceituados intérpretes europeus especializados na música desta época.
A direção artística das “Noites de Queluz” pertence a Massimo Mazzeo, fundador e diretor da orquestra barroca Divino Sospiro, o mais internacional agrupamento português de música antiga.
 
No decorrer da conferência de apresentação da Temporada de Música, será igualmente apresentado o elenco dos restantes ciclos integrantes desta Temporada: os “Serões Musicais no Palácio da Pena”, dedicados à música de câmara do Romantismo, durante o mês de março; e os “Reencontros – Memórias Musicais de um Palácio”, consagrados à música da Idade Média e do Renascimento, ao longo do mês de junho.

Sobre a Parques de Sintra - Monte da Lua
A Parques de Sintra - Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade. Não recorre ao Orçamento do Estado, pelo que a recuperação e manutenção do património que gere são asseguradas pelas receitas de bilheteiras, lojas, cafetarias e aluguer de espaços para eventos.
Em 2015, as áreas sob gestão da PSML (Parque e Palácio Nacional da Pena, Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz, Chalet da Condessa d’Edla, Castelo dos Mouros, Palácio e Jardins de Monserrate, Convento dos Capuchos e Escola Portuguesa de Arte Equestre) receberam aproximadamente 2.234.000 visitas, cerca de 87% das quais por parte de estrangeiros. Recebeu, em 2013, 2014 e 2015, o World Travel Award para Melhor Empresa em Conservação.
São acionistas da PSML a Direção Geral do Tesouro e Finanças (que representa o Estado), o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, o Turismo de Portugal e a Câmara Municipal de Sintra.
www.parquesdesintra.pt ou www.facebook.com/parquesdesintra

Tags:

Sobre nós

Empresa de capitais exclusivamente públicos criada em 2000 (decreto-lei nº 215/2000, de 2 de Setembro), na sequência da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade e dos compromissos assumidos com a sua recuperação, conservação e divulgação.

Subscrever