Parques de Sintra promove atividades gratuitas em celebração do Dia Internacional da Biodiversidade

- Anilhagem e comedouros para aves
- Passeios temáticos sobre anfíbios, líquenes e plantas
- Atividades visam sensibilizar para a preservação da biodiversidade

Sintra, 7 de maio de 2014 - De 17 a 25 de maio a Parques de Sintra, através do Projeto BIO Sintra, junta-se ao evento “Pé n’A Terra”, organizando atividades que celebram o Dia Internacional da Biodiversidade. Assim, terão lugar um workshop de anilhagem e comedouros para aves, passeios temáticos para conhecer os líquenes do Parque de Monserrate, os anfíbios do Parque da Pena e as plantas do Convento dos Capuchos.

As atividades são gratuitas, mediante inscrição prévia, e dirigidas ao público em geral, tendo como objetivo sensibilizar para a valorização e preservação da biodiversidade. Os participantes podem, assim, tomar contacto com diferentes grupos de valores naturais da Serra de Sintra, aprendendo a distinguir várias espécies e conhecendo a sua importância para o ecossistema, as ameaças a que estão sujeitas e as formas de contribuir para a sua preservação.

A iniciativa “Pé n’A Terra”, organizada pela Biodiversity4All, tem como foco o desenvolvimento de várias atividades de registo da biodiversidade a decorrer por todo o país. As atividades são dinamizadas pelos diferentes parceiros da Biodiversity4All, de que é exemplo a Parques de Sintra.

Atividades gratuitas:

Os Anfíbios do Parque da Pena – sábado, 17 de maio de 2014 – 10h00
Esta atividade consistirá num passeio a pé pelo Parque da Pena, na Serra de Sintra, por um percurso que passa pelos principais lagos, tanques e linhas de água do local. Os participantes serão acompanhados por um técnico de educação ambiental que dará todas as explicações necessárias sobre os anfíbios e as principais ameaças a este grupo de animais. No final haverá construção de abrigos para os anfíbios utilizarem durante a época de estivação.

Os Líquenes do Parque de Monserrate – domingo, 18 de maio de 2014 – 10h00
Ao longo de um passeio a pé pelo Parque de Monserrate, na Serra de Sintra, os participantes tomarão contacto com os líquenes: o que são e como distinguir os vários tipos? Qual é a sua importância no ecossistema? Esta atividade será guiada por um técnico de educação ambiental que ajudará a responder a estas e outras perguntas e dará todas as informações necessárias para que se possam identificar os vários líquenes que existem em Monserrate.

Workshop de anilhagem e comedouros para aves – sábado, 24 de maio de 2014 – 10h00

Durante esta atividade, os participantes poderão acompanhar todo o processo de anilhagem de aves, desde a colocação da anilha ao registo de todas a biometrias, recebendo explicações detalhadas sobre cada passo. Adicionalmente, aprenderão a distinguir as espécies capturadas e, sempre que possível, a determinar o sexo e idade das aves. Na segunda parte do workshop serão dadas a conhecer formas fáceis e divertidas de aumentar a disponibilidade de alimento para as aves, através da disponibilização de vários tipos de materiais, adequados à faixa etária, para construção de vários tipos de comedouros, que depois se colocarão no espaço exterior.

As Plantas do Convento dos Capuchos – domingo, 25 de maio de 2014 – 10h00
Percurso pedestre na mata do Convento dos Capuchos com identificação das principais espécies de plantas presentes. Os participantes serão guiados por um técnico de educação ambiental que prestará toda a informação sobre a flora da Serra de Sintra e ajudará na identificação dos exemplares observados. Será dado especial relevo à importância da Floresta Relíquia como valor natural destacado pelo Projeto BIO Sintra.

Sobre o BIO Sintra

O Projeto “BIO Sintra - Redução da pegada de carbono, uma contribuição para valorizar a biodiversidade em Sintra” tem como objetivo a implementação de uma experiência piloto na Paisagem Cultural de Sintra, que possa ser reprodutível noutros locais, e que resulte em mudanças de atitudes com vista à redução das emissões de carbono nas atividades do dia-a-dia. As ações desenvolvidas no âmbito do projeto centram-se na área tutelada pela Parques de Sintra – Monte da Lua, que consiste em 40% da área listada pela UNESCO como Património da Humanidade, o correspondente a aproximadamente 946 hectares.

www.parquesdesintra.pt/bio sintra ou www.facebook.com/biomaissintra

Sobre a Parques de Sintra - Monte da Lua

A Parques de Sintra - Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade. A sua criação teve como objetivo reunir as instituições com responsabilidade na salvaguarda e valorização da Paisagem Cultural de Sintra, e o Estado Português entregou-lhe a gestão das suas principais propriedades na zona.

Não recorre ao Orçamento do Estado, pelo que a recuperação e manutenção do património que gere são asseguradas pelas receitas de bilheteiras, lojas, cafetarias e aluguer de espaços para eventos.

Em 2013, os valores naturais e culturais que a PSML gere (Parque e Palácio da Pena, Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz, Chalet da Condessa d’Edla, Castelo dos Mouros, Palácio e Jardins de Monserrate, Convento dos Capuchos e Escola Portuguesa de Arte Equestre) receberam aproximadamente 1.700.000 visitas, mais de 90% das quais por parte de estrangeiros.

São acionistas da PSML o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, a Direção Geral do Tesouro e Finanças (que representa o Estado), o Turismo de Portugal e a Câmara Municipal de Sintra.

www.parquesdesintra.pt ou www.facebook.com/parquesdesintra

Tags:

Sobre nós

Empresa de capitais exclusivamente públicos criada em 2000 (decreto-lei nº 215/2000, de 2 de Setembro), na sequência da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade e dos compromissos assumidos com a sua recuperação, conservação e divulgação.

Subscrever

Media

Media