Parques de Sintra vence pela quarta vez consecutiva o World Travel Award para “Melhor Empresa do Mundo em Conservação”

- O “óscar do turismo” foi entregue pela quarta vez consecutiva
- Parques de Sintra voltou a ser a única nomeada europeia nesta categoria
- Reconhecimento do trabalho desenvolvido na área da conservação

Sintra, 2 de dezembro de 2016 – A Parques de Sintra venceu esta sexta-feira, 2 de dezembro, pelo quarto ano consecutivo, o World Travel Award de “Melhor Empresa do Mundo em Conservação”. Entregue na cerimónia oficial que decorreu nas Maldivas, o prémio foi entregue à empresa portuguesa, que voltou a ser a única nomeada europeia nesta categoria perante concorrentes tão fortes de todo o mundo.
 
Considerados internacionalmente os “óscares do turismo”, os World Travel Awards foram criados em 1993 com o objetivo de reconhecer, premiar e celebrar a excelência em todos os setores da indústria do turismo. Os prémios representam uma das distinções mais importantes que as empresas do setor turístico podem receber, sendo a marca reconhecida globalmente como selo de qualidade. A votação é realizada pelo público em geral e por profissionais do Turismo.
 
O quarto World Travel Award para a Parques de Sintra junta-se a outros recebidos anteriormente pela empresa, que reconhecem a qualidade do trabalho conduzido na recuperação e restauro dos parques e monumentos sob sua gestão.
 
A receber o prémio nas Maldivas esteve o administrador da Parques de Sintra, José Lino Ramos, que declarou que “vencer pela quarta vez consecutiva um prémio tão prestigiante é revalidar o reconhecimento internacional do trabalho de mérito que a Parques de Sintra tem vindo a desenvolver nos últimos anos, sobretudo ao nível da conservação e restauro dos parques e monumentos que gere”.
A Parques de Sintra é uma empresa de capitais públicos que não recebe financiamento do Orçamento de Estado nem dos seus acionistas e que mantém, recupera e abre à fruição do público os locais sob sua gestão apenas com as receitas que gera (bilheteiras, cafetarias, lojas e aluguer de espaços). Em 2016, a Parques de Sintra espera ultrapassar os dois milhões e meio de visitantes.
 
 
 
- fim -


 
Sobre a Parques de Sintra - Monte da Lua
A Parques de Sintra - Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade. Não recorre ao Orçamento do Estado, pelo que a recuperação e manutenção do património que gere são asseguradas pelas receitas de bilheteiras, lojas, cafetarias e aluguer de espaços para eventos.
Em 2015, as áreas sob gestão da PSML (Parque e Palácio Nacional da Pena, Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz, Chalet da Condessa d’Edla, Castelo dos Mouros, Palácio e Jardins de Monserrate, Convento dos Capuchos e Escola Portuguesa de Arte Equestre) receberam aproximadamente 2.234.000 visitas, cerca de 87% das quais por parte de estrangeiros. Recebeu, em 2013, 2014, 2015 e 2016, o World Travel Award para Melhor Empresa em Conservação.
São acionistas da PSML a Direção Geral do Tesouro e Finanças (que representa o Estado), o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, o Turismo de Portugal e a Câmara Municipal de Sintra.

Tags:

Sobre nós

Empresa de capitais exclusivamente públicos criada em 2000 (decreto-lei nº 215/2000, de 2 de Setembro), na sequência da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade e dos compromissos assumidos com a sua recuperação, conservação e divulgação.

Subscrever