LEGO anuncia receitas do primeiro semestre de 2018

O Grupo LEGO anuncia receitas estáveis da primeira metade de 2018

Desenvolvimentos da primeira metade de 2018:

  • As vendas globais ao consumidor subiram 1% nos primeiros seis meses de 2018
  • As receitas estabilizaram e o crescimento manteve-se estável, enquanto o lucro operacional cresceu 4% nas taxas de câmbio constantes, quando comparado com o mesmo período de 2017.
  • Em coroas dinamarquesas, o lucro foi de 14.3 biliões, uma descida de 5%, comparado com os 14.9 biliões na primeira metade de 2017. Os lucros operacionais desceram 4% para 4.2 biliões. O lucro líquido desceu 10% para os 3 biliões e o cash flow das atividades operacionais foi de 4.1 biliões, comparado com os 4.6 do mesmo período de 2017. Estas descidas devem-se sobretudo ao enfraquecimento do Dólar Americano.  

 

O Grupo LEGO lançou hoje os resultados da primeira metade de 2018, terminando a 30 de Junho.

Em moeda constante, as vendas ao consumidor cresceram 1%, alinhadas com o crescimento das receitas, isto devido ao facto de o grupo ter entrado em 2018 com níveis saudáveis de inventário. As receitas foram estáveis, comparadas com o mesmo período de 2017 e os lucros operacionais cresceram 4%.

O CEO do Grupo LEGO, Niels B. Christiansen disse: “O nosso plano para 2018 é estabilizar o negócio e investir no crescimento a longo prazo. Estes resultados mostram que estamos no caminho certo e esse progresso é encorajador. Devem-se ao mérito das nossas equipas locais e uma inovação envolvente, incluíndo o sucesso dos lançamentos de produtos como LEGO® Creator Roller Coaster, a linha Jurassic World e o Bugatti Chiron LEGO Technic. Apesar de estarmos entusiasmados com o progresso que estamos a fazer, ainda há muito trabalho pela frente e vai levar o seu tempo para retomarmos o crescimento sustentável.”

 “Estamos especialmente satisfeitos com a nossa performance, tendo em conta o desafio que foi a mudança no panorama do retalho, com o fecho da Toys R Us nos Estados Unidos, Reino Unido e Austrália. Estamos bem posicionados para capitalizar a oportunidade de agradar aos consumidores em todos os canais, encorajados também pelo crescimento das actividades no digital e plataformas de e-commerce. Vamos continuar a trabalhar de perto com os nossos parceiros de retalho e nos canais de retalho da LEGO para criar experiências para o consumidor quando e onde quiserem comprar e/ou brincar.”

A performance nos mercados estabelecidos foi estável, comparada com o mesmo período em 2017. Em moeda corrente, as receitas na Europa Ocidental teve um crescimento a um dígito, enquanto na América do Norte desceu um pouco, em muito devido às mudanças no panorama do retalho. O Mercado chinês continua com uma excelente performance, com as receitas a crescerem dois dígitos nos primeiros seis meses do ano.

O lucro operacional em Coroas Dinamarquesas foi de 4.2 biliões, comparado com os 4.4 biliões em 2017, uma descida de 4%, fruto da descida de valor do Dólar. O Grupo LEGO continua a construir uma base forte para o crescimento a longo prazo, reinvestindo a poupança dos ajustes da organização em melhorar o produto, inovar a experiência e desenvolver os canais. O grupo continua a crescer em mercados estratégicos e vai abrir duas Flagship Stores na China no espaço de um ano, em Xangai em Setembro de 2018 e Pequim no início de 2019. Vai também continuar a desenvolver a parceria com a Tencent, uma das maiores companhias de serviços de internet na China, continuando o sucesso do lançamento do seu canal de vídeo em Maio, com os jogos na segunda metade de 2018.

Na primeira metade do ano, as gamas com melhores resultados foram LEGO Technic, LEGO Ninjago, LEGO Creator e LEGO Classic. LEGO City e LEGO Star Wars continuam entre as grandes gamas da marca. LEGO BOOST, que combina construção, programação e robótica para crianças mais novas, continua com bons resultados. Enquanto isso, a LEGO Life, uma plataforma digital segura onde as crianças podem partilhar as suas criações num ambiente de social media positivo e acolhedor, continua a crescer, atualmente com mais de 4 milhões de utilizadores em quase 30 países.

Segundo Christiansen: “Brincar com LEGO é brincar com as infinitas possibilidades dos tijolos e esse continua a ser o nosso foco. Mas continuamos a ver um potencial incrível em dar outras vidas ao tijolo, juntando o físico e o digital. Por exemplo, lançamos recentemente comboios LEGO DUPLO e o LEGO Batmobile, que utilizam uma app para criar novas e divertidas maneiras de brincar.”

O Grupo LEGO continua empenhado na sua ambição de chegar a cada vez mais crianças no Mundo

Conforme diz Christiansen: “valorizamos o grande contributo que todos os nossos colegas fizeram para estabilizar o negócio. Depois de um 2017 desafiante, mostraram uma dedicação incrível para alcançar os nossos objetivos e continuar a trabalhar na ambição de levar a LEGO a cada vez mais crianças no Mundo inteiro.

 “Acreditamos nos benefícios de brincar com LEGO, no desenvolvimento de capacidades nas crianças que ficam para a vida toda, como a colaboração, criatividade, pensamento crítico e resolução de problemas. As crianças de hoje, vão criar um futuro que nós não conseguimos sequer imaginar, por isso acreditamos que é essencial equipá-las com capacidades que as ajudarão a atingir o seu potencial. É por isso que a nossa missão de inspirar e desenvolver os construtores de amanhã é tão importante para nós.”


 

Further information
Roar Rude Trangbæk
Press Officer, the LEGO Group

media@LEGO.com

Sobre nós

Agência de Comunicação.

Subscrever

Media

Media