Cinco portugueses entre os nomeados para o Prémio Portugal Telecom de literatura

Foram hoje anunciados os 64 nomeados da primeira fase da 12ª edição do Prémio Portugal Telecom de literatura. Gastão Cruz e Ana Luisa do Amaral estão nomeados na categoria Poesia, com “Observação do verão seguido de Fogo” e “Vozes”, respetivamente. Em Romance estão nomeados António Lobo Antunes com “Comissão das lágrimas” e Gonçalo M. Tavares com “Matteo perdeu o emprego”. Na categoria Contos ou Crónica, Gonçalo M. Tavares repete a nomeação, desta feita com “Canções mexicanas” e Alexandra Lucas Coelho está nomeada com “Viva México”.
Nesta primeira etapa da 12ª edição do Prémio Portugal Telecom, a curadoria 2014 indicou 220 profissionais da literatura que selecionaram os primeiros 64 classificados de um total de 490 livros inscritos. O Júri elegeu 22 livros de poesia; 20 romances, 12 livros de crônicas e 10 livros de contos; e também elegeu os seis jurados que, em conjunto com os quatro curadores, escolherão os 12 finalistas e os vencedores na etapa final.
A curadoria 2014 é formada pela Selma Caetano, curadora-coordenadora; pela escritora Cintia Moscovich, curadora da categoria conto e crônica; pelo poeta Sérgio Medeiros, curador de poesia; e pelo crítico literário Lourival Holanda, curador de romance.

Sérgio Medeiros, curador de poesia, referiu que os livros de poemas eleitos nesta edição apresentam a característica de serem na sua maioria livros de versos: “Nos 22 livros eleitos quase não se pratica o poema em prosa. Os pouquíssimos exemplos desta modalidade de expressão poética aparecem nos livros do poeta português Gastão Cruz e dos poetas brasileiros Ana Elisa Ribeiro, Alice Sant’Anna, Rodrigo Garcia Lopes e Salgado Maranhão”.
A curadora de contos e crônicas, Cíntia Moscovich, lembrou que a lista de nomeados tem como uma das suas características a diluição dos limites entre os gêneros. “Tornam-se fluidas as fronteiras que delimitam o conto, a crónica, o ensaio, a reportagem e a dramaturgia”, refere.
Já para o curador de romance, Lourival Holanda, nesta seleção de vertiginosa variação de pontos de vista e de vozes, a narração e a ficcionalização são um espaço privilegiado de questionamento e recriação de mundos. “A linguagem põe o mundo de novo em posição para ser pensado”, comentou.
O júri que escolherá, em setembro, os 12 finalistas – quatro obras de cada categoria – será formado pelos atuais curadores e por João Cezar de Castro Rocha, José Castello, Leyla Perrone-Moisés, Luiz Costa Lima, Luiz Ruffato e Manuel da Costa Pinto, democraticamente eleitos pelo corpo inicial de jurados.
Conheça os 64 nomeados no site do Prémio Portugal Telecom de Literatura em: http://www.premioportugaltelecom.com.br/conheca-aqui-os-livros-indicados-e-o-juri-do-premio-portugal-telecom-2014

Tags:

Sobre nós

Operador global de telecomunicações.

Subscrever