MEO Sudoeste 2015: 188 mil festivaleiros passaram pela Herdade da Casa Branca

  • 188 mil festivaleiros;
  • 32 mil campistas;
  • Mais de 52 mil pessoas ligaram-se à rede MEO Wi-Fi;
  • Consumo de dados ultrapassou 5.9 Terabytes;
  • 118 mil pessoas assistiram à transmissão online de concertos;
  • 600 mil votações na funcionalidade MEO or NOT da Aplicação MEO Sudoeste;
  • Mais de 10.200 mil brindes MEO trocados nos Eco Pontos.

Acaba de encerrar a 19ª edição do festival MEO Sudoeste, que este ano voltou a contar com o MEO enquanto naming sponsor. Entre 5 e 10 de agosto, passaram pelo MEO Sudoeste 188 mil pessoas. Sexta-feira e sábado foram os dias em que se verificou uma maior afluência, com milhares de festivaleiros portugueses e estrangeiros – destaque para a vizinha Espanha – de diferentes faixas etárias e gostos musicais, a desfrutar de um cartaz verdadeiramente único. Na zona do campismo do MEO Sudoeste, aberta ao público desde 1 de agosto, estiveram alojadas 32 mil pessoas, mais 2 mil campistas que o ano passado.

A provar que o MEO Sudoeste constitui um evento único no roteiro de verão de milhares de festivaleiros, para além da música destacaram-se este ano um conjunto inédito de ações e animações protagonizadas pelas várias marcas de sponsorização do festival, que trouxeram alegria e animação a um cartaz muito forte que incluiu grandes nomes do panorama musical internacional e nacional.

A rede MEO Wi-Fi teve mais de 52 mil dispositivos ligados em todo o recinto do festival sem terem de procurar pontos específicos para aceder à internet, tendo o consumo de dados utilizado pelos festivaleiros ultrapassado 5.9 Terabytes, equivalente a mais de 23 milhões de fotografias ou 9 mil horas de vídeo em full hd. Este número ultrapassou em larga escala o volume de dados do ano passado, onde foram consumidos 3.8 Tera Bytes. Ao longo dos 5 dias do festival foram realizadas mais de 363 mil chamadas na rede MEO e enviado mais de 1 milhão de SMS.

A aplicação oficial do MEO Sudoeste, que permite que todos os fãs do festival acedam gratuitamente em mobilidade às mais diversas informações sobre o evento, teve como ponto alto a funcionalidade MEO or NOT, com mais de 600 mil votações. Esta funcionalidade da app permite que os utilizadores gostem ou não gostem do perfil das outras pessoas registadas e também conheçam novas pessoas, começando conversas caso haja reciprocidade nos gostos. Também a funcionalidade CHAT da app foi muito concorrida com mais de 65 mil conversas entre festivaleiros.

Quanto ao site do festival, www.meosudoeste.pt, foram mais de 180 mil as páginas visualizadas, pelas mais de 70 mil pessoas que o visitaram. De realçar um acréscimo de 50% das visitas feitas via equipamentos móveis.

As redes sociais são um canal poderoso na relação da marca com os seus clientes e parceiros e permitiu que todos acompanhassem, à distância de um clique, as transmissões em direto dos concertos. Mais de 118 mil pessoas seguiram as transmissões em direto de 40 concertos, e registaram-se mais de 676 mil visualizações dos resumos diários do MEO Sudoeste no Facebook e no Youtube. Ao longo dos 5 dias de festival o MEO e Moche tiveram mais de 156 mil interações nas suas redes sociais; e foram registados 27 mil # com as referências #MSW, #meosudoeste e #tribomsw.

No recinto do festival, à semelhança das edições anteriores, o MEO albergou as indispensáveis máquinas de carregamento de baterias dos telemóveis. Este ano, os festivaleiros carregaram cerca de 60 mil baterias de telemóvel em mais de 500 pontos de carregamento, distribuídos entre a zona do festival e a zona de campismo.

Num ano em que o MEO Sudoeste voltou a apostar na melhoria das infraestruturas do festival e na comodidade dos festivaleiros, o MEO deu a oportunidade aos campistas de utilizarem uma lavandaria em parceria com a LG onde foram lavadas 6 mil peças de roupa. Também o campismo contou com uma cozinha comunitária, em parceria com a Teka, equipada de forno, lava loiças e micro-ondas, onde milhares de campistas puderam partilhar refeições e cozinhar uns para os outros enquanto assistiam a sessões de show cooking do chef residente.

No recinto, o MEO contou com diversas ações, das quais se destacaram o MEO Party Temple, uma viagem estilo comboio fantasma, mas dedicado ao serviço de streaming MEO Music, onde seis carruagens de dois participantes cada percorreram um caminho fechado de 2 andares com várias experiencias musicais e sensoriais. Sendo sempre a animação mais concorrida de todo o recinto, o MEO Party Temple recebeu mais de 16.500 festivaleiros. Também o serviço MEO Music teve forte adesão tendo sido realizados mais de 4 mil registos.

No total o MEO ofereceu 82.500 brindes, que encheram a Herdade da Casa Branca de cor e boa disposição. Na já icónica roda gigante houve 15 mil pessoas que desfrutaram de uma vista privilegiada do recinto.

Numa componente ambiental, essencial no MEO Sudoeste, os festivaleiros aderiram com visível entusiasmo à recolha de lixo reciclável, tendo sidos trocados 10.200 brindes MEO, ajudando a contribuir para um ambiente melhor e um recinto mais limpo.

Para além das ações de ativação de marca MEO, o patrocinador principal do festival, no MEO Sudoeste foi também possível desfrutar de um conjunto de iniciativas relacionadas com o MOCHE, a marca sub-25 do universo PT. No recinto, o MOCHE ofereceu animação permanente com destaque para o MOCHE Kinky Twister, uma versão mais ousada do jogo do twister, que contou com a participação de 2 mil jogadores. A tenda MOCHE Room voltou a repetir as melhores festas temáticas madrugada fora, tendo aqui sido distribuídos mais de 30 mil acessórios temáticos que deram ainda mais cor ao MOCHE Room.

A 20ª edição do festival já é também conhecida: 3 a 7 de agosto, com campismo a abrir a 30 de julho de 2016.

Fotografias 19ª edição MEO Sudoeste: http://bit.ly/mediameosw2015

Tags:

Sobre nós

Operador global de telecomunicações.

Subscrever