REPSOL DESCOBRE MAIOR VOLUME DE GÁS DOS ÚLTIMOS 5 ANOS EM TRINDADE E TOBAGO

· Dois poços, Savannah e Macadâmia, foram completados pela Repsol e pela BP, sua parceira, e contêm 2 biliões de pés cúbicos de gás

· É o maior volume de gás descoberto pela Repsol nos últimos 5 anos e o maior em Trindade e Tobago na última década

· Depois dos Estados Unidos, Trindade e Tobago é o país mais importante em termos de produção líquida para a Repsol, com 101.887 barris equivalentes de petróleo por dia em 2016

A Repsol descobriu, em Trindade e Tobago, o seu maior volume de gás dos últimos 5 anos. Trata-se também da maior descoberta de gás nesse país, na última década. Estimam-se recursos de 2 biliões de pés cúbicos de gás, o que equivale à quantidade consumida em Espanha num período de dois anos.

A descoberta foi realizada em dois poços, denominados Savannah e Macadâmia, localizados em East Block na base de Columbus, a este da ilha de Trindade e a cerca de 150 metros de profundidade.

A Repsol detém 30% no consórcio de exploração, bpTT, enquanto o resto pertence à BP.

Depois dos Estados Unidos, Trindade e Tobago é o país mais importante em termos de produção líquida para a Repsol. A empresa produziu 101.887 barris equivalentes de petróleo por dia, neste país, em 2016.

Esta descoberta vem agora juntar-se a outra já realizada pela Repsol no passado mês de março no Alaska: a maior descoberta convencional de hidrocarbonetos conseguida nos últimos 30 anos em solo norte-americano. Os recursos contingentes da formação onde se realizou a descoberta, denominada Nanushuk, chegam aos 1,2 mil milhões de barris recuperáveis de crude ligeiro.

Esta é a 47ª descoberta de hidrocarbonetos conseguidos pela Repsol nos últimos 10 anos, entre os quais se incluem oito dos maiores à escala mundial em cada ano correspondente.

DESENVOLVIMENTO DO PROJETO ANGELIN

Para além disso, as autoridades de Trindade e Tobago autorizaram o desenvolvimento do projeto Angelin, no qual a Repsol também tem uma participação de 30%. Este está localizado em West Block, a 60 km da ilha de Trindade, e é estimada uma produção de aproximadamente 600 milhões de pés cúbicos de gás por dia (109.000 barris equivalentes de petróleo por dia).

A fase de perfuração deste projeto tem início previsto para o segundo semestre de 2018, para que a produção comece em 2019.

A Repsol está presente em Trindade e Tobago desde 1995 através do negócio de Upstream (exploração e produção de hidrocarbonetos). A empresa tem direitos mineiros sobre três blocos de produção e desenvolvimento offshore. Adicionalmente, a Repsol participa em outros dois blocos de exploração.

A produção líquida da Repsol em Trindade e Tobago em 2016 ficou nos 3,9 milhões de barris de líquidos e 187.5 biliões de pés cúbicos standard de gás natural, o que equivale a 101.887 barris de petróleo por dia. As reservas líquidas e comprovadas de petróleo e gás natural no final do exercício atingiam os 291,4 milhões de barris equivalentes de petróleo.

Cerca de 65% da produção e 75% das reservas totais da Repsol são gás, um hidrocarboneto fundamental na transição para um modelo energético mais baixo em carbono.

Tags:

Sobre nós

Companhia energética integrada e global, com ampla experiência no setor, que desenvolve atividades de Upstream (Exploração e Produção de hidrocarbonetos) e Downstream (Refinação, Marketing, Gás Liquefeito do Petróleo, Química e Novas energias) em todo o mundo.

Subscrever