Da simples alavanca à caixa automática

  • A posição e forma dos comandos têm evoluído para uma melhor ergonomia
  • A caixa automática torna a condução mais confortável e nunca deixa o motor “ir abaixo”
  • Os assistentes de condução atuais conseguem ajustar a velocidade sem qualquer intervenção do condutor

Hoje parece difícil acreditar, mas trocar as mudanças de uma caixa de velocidades nem sempre foi um comando importante num automóvel. De facto, nos anos de 1940, alguns modelos nem sequer tinham marcha-atrás. A história de todos os seus elementos traça a evolução rumo a uma condução progressivamente mais confortável.

Com o lançamento das assistências de condução, os modelos atuais incluem agora inúmeros sistemas como o Cruise Control Adaptativo, capaz de manter constante a velocidade ajustada, acelerando ou abrandando consoante o tráfego sem ser necessária a intervenção do condutor.

Nota: Ver comunicado completo em anexo.

Fotografias de alta resolução estão disponíveis em SEAT Media Center.

Tags:

Sobre nós

Empresa automóvel.

Subscrever

Media

Media