O mais emocionante crossover compacto


/          Com tecnologia avançada, sistemas de assistência à condução e de conectividade, o Arona é a resposta perfeita às exigências dos condutores atuais
/          O SEAT Arona oferece variadas hipóteses de personalização
/          Emocionante, robusto e ágil, o novo SEAT Arona é também exemplo de design moderno, funcional, confortável e aventureiro
/          O Arona destaca-se no comportamento dinâmico, pelo espaçoso e confortável habitáculo, e na gama de motores eficientes e com baixos consumos
/          Amazon Alexa e o Novo quadro de instrumentos Digital em 2018
 
Martorell, 17/10/17. – O segmento dos crossover compactos quadruplicou em volume desde 2015. Este é, sem dúvida, o segmento da moda, pela versatilidade dos veículos, com agilidade e conforto em todos os tipos de piso, tanto em cidade como na autoestrada, ou até nas vias sem pavimento. O novo SEAT Arona, que teve a sua estreia no Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt, é a resposta do construtor espanhol a este formato, atualmente o de maior procura no mercado.
 
Mas não é apenas o primeiro crossover compacto da SEAT. O novo SEAT Arona é neste momento o terceiro lançamento da marca de 2017, depois da atualização do Leon e do novo Ibiza, representando mais um passo na maior oferta de produto na história da SEAT. O Ateca e o futuro grande SUV também integram esta ofensiva de produto, sendo que este último será revelado em 2018. Para sermos mais precisos, o novo SEAT Arona enquadra-se na gama SUV da SEAT como o irmão mais pequeno, já que combina as suas dimensões compactas, adequadas à condução citadina, com as suas qualidades de SUV para utilização fora da cidade para onde quer que o condutor deseje ir.
 
O novo SEAT Arona tão depressa é o automóvel com estilo, prático e confortável, para o uso de segunda a sexta-feira, como se torna aventureiro, robusto, desportivo e eficiente para a condução de fim-de-semana. E tudo isto acrescido da melhor tecnologia em termos de segurança e de conectividade, normalmente apenas encontrada em segmentos de mercado mais elevados, sem esquecer o inquestionável atraente design da SEAT e ainda a imensa possibilidade de personalização através de um número quase infinito de opções que vincam o dinamismo, o refinamento e o caráter desportivo da marca espanhola. O Arona, exclusivamente fabricado em Martorell, na fábrica com maior volume de produção de Espanha, será um elemento fundamental na gama SEAT, reforçando os valores da marca e as vendas.
 
“O SEAT Arona é mais um passo fundamental na nossa estratégia e na nossa ofensiva de produto. É o irmão mais novo da gama SUV da SEAT e um modelo que nos permitirá dar um enorme passo em frente na nossa posição no mercado Europeu,” disse Luca de Meo, Presidente da SEAT “Nós estamos convictos que 2018 será, uma vez mais, um bom ano para a SEAT, especialmente graças ao nosso novo portfólio de produtos”.
 
Fora do normal
O novo SEAT Arona, o segundo modelo depois do SEAT Ibiza a ser fabricado sobre a plataforma MQB A0, destaca-se por diversas razões graças às dimensões perfeitas de crossover compacto, com habitáculo espaçoso, multiplicidade de possibilidades de personalização e tecnologia de vanguarda em segurança e conectividade.
 
Longe de poder ser posicionado numa categoria específica, o Arona é, ele próprio, uma lição de versatilidade. Pelo seu tamanho compacto, design moderno e o sentido de segurança e de controlo que a posição de condução elevada garante, está perfeitamente adequado à vida do dia-a-dia na cidade, sem esconder o seu lado aventureiro do seu caráter vincado de crossover, o Arona não é apenas um automóvel, mas muito mais do que isso.
 
O novo SEAT Arona foi desenvolvido para condutores que procuram entusiasmo, distinção e funcionalidade. Pessoas que sabem que a idade é apenas um número. Este é um automóvel que se adapta ao seu estilo de vida, que resulta tanto na cidade como no campo, que está repleto de tecnologia e que é confortável, espaçoso, seguro, dinâmico, personalizável e polivalente. É um automóvel onde é fácil entrar e sair e, não sendo isso suficiente, capaz de levar toda a sua bagagem sem dificuldades.
 
Na questão da segurança passiva, ativa e preventiva, o novo SEAT Arona também marca um ponto de viragem no seu segmento. O Arona tem muitos sistemas de assistência à condução; sistemas que são comuns nos segmentos superiores, como é o caso do Front Assist, função Hill Hold, Detetor de Fadiga, Sensores de Chuva e Luz, Travagem Multicolisão, sem esquecer a possibilidade de incluir o Alerta de Trânsito à retaguarda, Deteção do Ângulo Morto e o Park Assist, que funciona tanto no estacionamento paralelo como longitudinal e o Cruise Control Adaptativo (ACC) com função Stop&Go.
 
Nas áreas da conectividade e do conforto, podemos encontrar todos os sistemas de infotenimento atualmente bem conhecidos e apreciados noutros modelos da gama SEAT, tais como o sistema kessy e botão de Start , câmara traseira de elevada qualidade, ecrã tátil de 8”, carregador sem fios com amplificador de sinal GSM e som BeatsAudio TM . O novo SEAT Arona é, claro, um veículo integralmente conectado graças à inclusão dos sistemas Apple Car Play, Android Auto e Mirror Link, sem esquecer, claro, o SEAT DriveApp.
 
O novo SEAT Arona receberá o novo quadro de instrumentos digital em 2018, garantindo um design mais moderno e versátil, elevada versatilidade e uma fantástica resolução. Além de tudo isto, com o Amazon Alexa, desenvolvido pela bem conhecida empresa americana, o novo SEAT Arona terá também sistema de voz interativa em 2018, pronto a assistir o condutor em viagem.
 
“O novo SEAT Arona marca claramente uma posição em tecnologia, especialmente para aqueles que exigem conectividade e a mais avançada assistência à condução. O Arona é, sem dúvida, a resposta perfeita para os condutores exigentes no comportamento dinâmico, conforto, segurança e tecnologia. Mais uma vez, estamos a estabelecer novos patamares no segmento,” diz o Dr. Matthias Rabe, Vice-Presidente Executivo para a Investigação & Desenvolvimento da SEAT.
 
Espaçoso, confortável e seguro
Na questão das dimensões, o SEAT Arona tem 4,138 mm de comprimento, 1,780 mm de largura e 1,543 mm de altura. São dimensões compactas, ideais para condução em cidade, na autoestrada, na serra e, ao mesmo tempo, garantindo um surpreendente espaço interior. Simultaneamente prático e confortável, a SEAT também prestou atenção aos detalhes que tornam a vida mais fácil na estrada, como o tablier orientado para o condutor. Mas são as dimensões exteriores e interiores que fazem a diferença. O novo SEAT Arona possui uma maior distância ao solo que permite ao condutor aventurar-se para fora de estrada, mas também garante mais espaço interior à frente e atrás. E o melhor de tudo: a bagageira garante uns impressionantes 400 litros de espaço, o que faz dela uma das maiores na classe. Por outras palavras, o novo SEAT Arona tem uma bagageira maior do que os modelos mais vendidos do segmento. Destacam-se alguns detalhes na bagageira, como os quatro ganchos metálicos para prender uma rede, ou o fundo falso debaixo do piso. Esta superfície garante um fundo plano quando os bancos traseiros são rebatidos.
 
Outro ponto importante está no assento do banco, que oferece duas vantagens: primeiro, uma posição de condução elevada, para uma melhor visibilidade do tráfego; e, segundo, uma maior facilidade de entrar e sair do veículo. Neste aspeto, destaque-se que o novo Arona distingue-se dos concorrentes ao proporcionar aos passageiros uma maior sensação de espaço.
 
Plataforma MQB A0
O fator chave para a melhoria do habitáculo e do comportamento dinâmico reside na mais recente tecnologia do Grupo Volkswagen, a plataforma Modular Quer Baukasten. A plataforma MQB A0 permite uma enorme flexibilidade na produção, com implementação mais robusta e diferentes modelos com variadas carroçarias num mesmo segmento. Também podem ser aplicadas diferentes distâncias entre eixos na mesma plataforma. Como já mencionado, a distância entre eixos do Arona é 2 mm maior do que a do novo Ibiza. A SEAT destinou 900 milhões de euros às despesas de I&D no novo Ibiza e no Arona. Estes investimentos foram aplicados parcialmente na adaptação da linha de montagem 1 na fábrica de Martorell para receber a nova plataforma MQB A0, o que garantiu que a SEAT fosse a primeira marca do Grupo Volkswagen a utilizar esta tecnologia.
 
A plataforma MQB A0 acarreta outras vantagens quando olhamos mais atentamente para o Arona. O peso, por exemplo. O Arona é um dos automóveis mais leves do seu segmento, o que contribui para uma melhor performance (com consumos mais baixos) e, acima de tudo, melhor comportamento dinâmico. O Arona é ágil, seguro, estável, com uma excelente suspensão, ótimos travões, e direção excelente em rapidez e precisão. Em suma, tem uma extraordinária estabilidade. Outro detalhe a ter em conta é o diferencial autoblocante XDS montado de série em todas as variantes com motores de 100 CV ou superiores.
 
Gama abrangente
Tal como o Leon, Ateca e Ibiza, o novo SEAT Arona está disponível com os níveis de equipamento Reference, Style e FR & Xcellence. No Reference, o Arona é um crossover simples e intuitivo, acessível e confortável, mas com equipamento especialmente focado na segurança. Os espelhos exteriores, as barras do tejadilho, a grelha dianteira e os puxadores das portas vêm em preto, as costas do banco traseiro reclinam em secções assimétricas 60:40, tem revestimentos específicos, inclui Isofix e pontos de ancoramento Top Tether, tem o banco do condutor ajustável em altura, o tablier a negro, luzes de halogéneo H7 e jantes de 16 polegadas.
 
Prático, funcional e confortável, o nível Style traz jantes de liga leve, luzes de nevoeiro, tonalidade de pintura condizente, ar condicionado, volante multifunções forrado a pele – bem como a alavanca da caixa de velocidades e do travão de mão. E, como não podia deixar de ser, também inclui conectividade Bluetooth e tablier com acabamentos em tons de cinzento azulado com detalhes cromados.
 
Os níveis de equipamento Xcellence e FR apontam a exigências distintas. O Xcellence está pensado à medida do cliente sofisticado que procura funcionalidade, distinção e versatilidade, e que também pode ser personalizado com extras tecnológicos e refinados. Passando para a versão FR, que vem numa configuração mais desportiva, proporciona uma maior dinâmica e diversão ao volante, já que tudo está centrado no condutor.
 
Os níveis Xcellence e FR têm, claro, diversos elementos em comum. Por exemplo, luzes de dia e médios em LED, barras no tejadilho e frisos das janelas com revestimento cromado, pilar B em preto brilhante, molduras dos para-choques em cinzento, luz interior bicolor em LED (vermelho e branco), sensores de estacionamento traseiro, detetor de fadiga e cruise control. Tudo isto está incluído nas duas versões.
 
O padrão exclusivo dos revestimentos ou as jantes de 16” acrescentam elegante sofisticação à versão Xcellence. O mesmo se aplica em relação às aplicações na soleira das portas ou à grelha cromada na frente. No interior, sobressaem os detalhes em branco, bem como o design da consola, o forro das portas, o volante e o tablier. A cereja no topo do bolo está no sistema de arranque sem chave (Kessy).
 
O nível de equipamento FR traz duas afinações de suspensão (normal e sport) com o Perfil de Condução SEAT: Normal, Sport, Eco e Individual. Também inclui travões de disco atrás, jantes de 18” exclusivas para o FR, grelha dianteira e para-choques traseiro especialmente desenhado para o FR, bancos desportivos e tablier negro.
 
E se tudo o que o Arona oferece de série nas quatro versões de equipamento não for suficiente, a SEAT disponibiliza uma lista de opcionais quase sem fim. E o melhor é que essas opções estão agrupadas numa série de pacotes que facilitam a personalização do Arona.
 
Design robusto e entusiasmante
A essência do novo SEAT Arona pode ser resumida em três conceitos: lifestyle, tecnologia e dinamismo. Este automóvel não é apenas destinado a quem vê na idade só um número, mas também aos que colocam paixão em tudo o que fazem e nos que vivem a vida ao máximo. Um emocionante crossover que cumpre e supera as expetativas e as necessidades de todo o tipo de famílias, com ou sem crianças e também para os casais que querem desfrutar do tempo livre ao máximo logo que as crianças deixem o ninho. Como este é um automóvel divertido de conduzir, dinâmico, versátil, confortável, espaçoso e traz a mais recente tecnologia de utilização prática, merece também ser destacado pelo seu preço competitivo. O Arona é a resposta para o condutor que procura e precisa de segurança, robustez e uma aparência atrativa num design distinto.
 
O Arona detém algum do ADN do Ateca. No final de contas, é o irmão mais novo da gama SUV da SEAT que receberá o maior dos elementos da família em 2018, um SUV de 7 lugares. A secção dianteira de aspeto robusto segue a mesma filosofia e estrutura do Ateca, acrescentando uma forma mais tridimensional (sem assumir ar agressivo). Inspirado nas mesmas linhas, a colocação da placa de matrícula na bagageira permite um desenho mais robusto do para-choques que, por sua vez, concede ao carro uma aparência sobrelevada. Enquanto os faróis triangulados à frente destacam a zona dianteira e tornam o novo Arona imediatamente reconhecível, os farolins duplos na traseira garantem uma aparência mais larga da secção posterior. As formas vincadas atribuem tensão ao desenho das linhas, algo muito integrado e característico do ADN do design SEAT.
 
Alejandro Mesonero Romanos, Diretor de Design da SEAT, disse: Quisemos dar ao novo SEAT Arona um carácter distinto de crossover, para enfrentar o dia-a-dia na selva urbana. Por isso lhe demos estes para-choques, guarda-lamas e ilhargas com aplicações cinzentas, bem como proteções em alumínio na secção inferior dos para-choques.” No conjunto, estas características fazem-no parecer mais forte e alto. As rodas de maior diâmetro (665 mm) também ajudam a tornar o veículo mais alto.
 
O Arona foi desenvolvido em Barcelona, tal como o novo SEAT Ibiza. Mais um passo decisivo na evolução do design SEAT, o que prova que o construtor espanhol é uma das organizações mais dinâmicas da indústria automóvel. Com proporções fantásticas, carácter único, aparência robusta e ágil, o novo SEAT Arona resulta em mais um exemplo de design moderno, jovem, funcional, aventureiro e confortável, garantindo em simultâneo a mais recente tecnologia em termos de conectividade, conforto e segurança. O habitáculo encerra o ADN da marca com ênfase especial na qualidade apercebida e real.
 
O novo SEAT Arona é muito expressivo. O tejadilho, tal como as barras aí colocadas, inclui nas suas linhas detalhes que evocam a estética dos veículos todo-o-terreno. Tem muitos detalhes em comum com a nova linguagem de design aplicada nos mais recentes lançamentos da SEAT. Porém, e sem qualquer dúvida, este automóvel tem a sua própria personalidade. E isto é muito claro no interior, que se destaca não apenas nas suas proporções horizontais, que ampliam as dimensões do carro, dando ao habitáculo uma sensação de maior espaço, mas também de mais sofisticação. Foram tomados cuidados especiais para que os mais diversos detalhes destacassem as melhorias aplicadas no novo SEAT Arona em termos de qualidade apercebida.
 
Tal como esses detalhes, também a Consola Elevada acrescenta proeminência ao tablier, o que influencia a segurança e a ergonomia, já que todos os elementos são posicionados para que o condutor quase não precise de desviar o olhar da estrada. O banco do condutor recebeu uma atenção particular, e todos os instrumentos são orientados para o condutor. Todos os comandos estão ao alcance, permitindo um fácil manuseio em mais segurança. Os bancos são mais confortáveis e transmitem uma sensação de maior proteção ao manterem os passageiros na posição mais segura. Os tecidos, tons e cores são exclusivos do novo SEAT Arona, com tonalidades e acabamentos interiores que permitem imensas possibilidades de personalização, no caso da consola, por exemplo, a poder ser pintada de forma condizente com o tablier.
 
Neste aspeto, a possibilidade de personalizar o Arona é muito importante. Há uma tendência dos clientes em desejarem poder personalizar os seus veículos. No ponto respeitante às cores, o Arona está dividido em dois: a parte inferior da carroçaria de um lado e o tejadilho, mais os pilares A e C, do outro. O Laranja Eclipse foi adicionado à paleta de cores. O tejadilho pode ser cinzento, preto, laranja ou na cor da restante carroçaria. Há 68 combinações possíveis. Em relevo no pilar C está o símbolo X gravado na própria superfície metálica de forma a destacar o visual de crossover do Arona. Se todos os modelos da SEAT têm um carácter dinâmico, versátil, tecnológico e desportivo, o Arona mantém todas essas características, mas com um interior mais espaçoso e uma mais ampla possibilidade de utilização.
 
Os motores: eficiência total
Os motores disponíveis na gama do Novo SEAT Arona têm injeção direta, um turbocompressor e incluem elementos como o sistema automático start&stop. Há três motores diferentes a gasolina, todos com blocos de alumínio. Começa no 3 cilindros, 1.0 TSI 95 CV, que está associado a uma caixa manual de cinco velocidades. Depois, temos este motor numa versão de 115 CV, que traz uma caixa manual de seis velocidades ou a unidade de dupla embraiagem DSG com sete velocidades. Na fase de lançamento serão estas variantes que ficarão disponíveis (1.0 TSI 95 CV, 115 CV manual ou com DSG). A versão de 95 CV pode alcançar uma velocidade máxima de 173 km/h, acelerando dos 0 a 100 km/h em apenas 11.6 segundos. Com um binário máximo de 175 Nm, disponível entre as 2,000 rpm e as 3,500 rpm, este motor garante um surpreendente nível de dinâmica graças ao baixo peso (1,165 kg com o condutor) e as relações de caixa ajustadas a um equilíbrio fantástico entre performance, consumo e emissões. De facto, a média de consumo fica-se pelos 4.9 l/100 km e 112g/km nas emissões de CO2.
 
Quanto às versões de 115 CV, ambas alcançam uma velocidade máxima de 182 km/h, sendo a variante manual ligeiramente mais rápida, cumprindo a aceleração de 0 a 100 km/h em 9.8 segundos, enquanto a unidade com DSG cumpre a mesma marca em 10 segundos. Tal como o de 95 CV, o 1.0 TSI de 115 CV com caixa de dupla embraiagem DSG de 7 velocidades emite apenas 114 g/km, consumindo apenas 5 l em 100 km. A caixa manual alcança valores ligeiramente melhores, com 113-114 g/km de CO2 e um consumo médio entre 4.9 e 5 litros a cada 100 km. O binário máximo nas duas versões de 115 CV alcança os 200 Nm e fica disponível entre as 2,000 e as 3,500 rpm. Desta forma, o motor garante uma excelente e suave resposta logo a baixas rotações, garantindo uma experiência de condução mais agradável.
 
Subindo na gama, passamos ao terceiro motor a gasolina, o novo 4 cilindros 1.5 TSI EVO 150 CV com tecnologia de desativação automática de cilindros, um bloco exclusivo do nível de equipamento FR e que está associado a uma caixa manual de seis cilindros. É com pouca surpresa, mas muito agradável, que vemos o Arona com este motor obter consumos de apenas 5.1 litros aos 100 km com emissões de CO2 de 115 g/km. (Os valores ainda são provisórios para o 1.5 TSI EVO 150 CV)
 
Quanto às opções Diesel, o eficiente e fiável 1.6 TDI ficará disponível com 95 e 115 CV. A versão de 95 CV pode ser associada à caixa manual de cinco velocidades ou à DSG de sete velocidades, enquanto a de 115 CV com a de seis velocidades.
Por fim, em meados de 2018, o motor 1.0 TSI 90 CV, alimentado com Gás Natural Comprimido (GNC), passará a fazer parte da gama Arona. A SEAT é o primeiro construtor a oferecer um motor deste tipo nesta classe de crossover compactos. E para alguns mercados externos, ficará também disponível com um motor 1.6 MPI de 110 CV com caixa de velocidades manual ou automática.
 
A SEAT está a atravessar uma das suas melhores fases como companhia, e nos primeiros oito meses do ano a SEAT vendeu mais de 315.000 automóveis, o que representa um aumento de quase 14% face a igual período do ano passado. Este é o melhor resultado desde 2001.
 
O aumento de vendas em 2017 reflete-se nos resultados financeiros da SEAT desde a primeira metade do ano. Os lucros operacionais subiram em 40,9% na primeira metade do ano e em comparação com o período homólogo de 2016, alcançando um valor recorde de 130 milhões de euros. Simultaneamente, o volume de negócios subiu 12,7% para uns 5.05 mil milhões de euros nos primeiros seis meses do ano.
 
 
SEAT é a única companhia no seu setor com capacidade total para desenhar, desenvolver, fabricar e comercializar automóveis em Espanha. Membro do Grupo Volkswagen, a multinacional tem a sua sede em Martorell, Barcelona, exportando mais de 81% dos seus veículos, estando presente em mais de 80 países, através de uma rede de 1.700 concessionários. Em 2016, a SEAT teve um lucro operacional de 143 milhões de euros, o valor mais elevado da história da marca, e vendeu cerca de 410.000 unidades.
 
O Grupo SEAT emprega 14.500 profissionais nos seus três centros de produção: Barcelona, El Prat de Llobregat e Martorell, onde fabrica, entre outros, os tão bem-sucedidos modelos Ibiza, Leon e Arona. Adicionalmente, a companhia produz o modelo Ateca e o Toledo na República Checa, o Alhambra em Portugal e o Mii na Eslováquia.
 
A multinacional espanhola tem um Centro Técnico que se configura um “núcleo de conhecimento” que integra cerca de 1.000 engenheiros que têm como objetivo contribuírem como força impulsionadora de inovação, do maior investidor industrial I&D em Espanha. A SEAT disponibiliza a mais recente tecnologia de conetividade na sua gama de veículos e está empenhada num processo de digitalização global da empresa para impulsionar a mobilidade do futuro.
 
 
 

Tags:

Sobre nós

Empresa automóvel.

Subscrever

Media

Media