SEAT Ibiza já disponível com motores Diesel

/               Três novos motores diesel 1.6 TDI com potência de 80 CV aos 115 CV
/               Caixa de velocidades manual e automática DSG
/               Eficiência máxima, reduzindo consumo e emissões
/               Sistema de catalisador de redução seletiva de emissões (SCR) em todos os motores Diesel
 
Martorell, 13/12/2017.– Os novos motores diesel já estão disponíveis no SEAT Ibiza, completando a oferta de motores turbo disponíveis no bestseller do construtor. A gama de motores diesel contempla potências de 80, 95 e 115 CV, asseguradas pelo mesmo bloco 1.6 TDI, que cumpre com as normas Euro 6. Merece destaque a sua performance refinada e a excelente insonorização do habitáculo, em acréscimo aos baixos consumo e emissões reduzidas de CO2.
 
Depois de quatro gerações e de quase 5.5 milhões de unidades vendidas, o novo SEAT Ibiza marca um ponto de viragem na história do modelo com uma notória evolução. Emana um caráter dinâmico excecional, versatilidade surpreendente e uma eficiência a par da mais completa e sofisticada tecnologia em termos da assistência à condução, segurança, conforto e conectividade, argumentos característicos de segmentos superiores.
 
Este reforço nas motorizações chega num momento especial para a SEAT: nos primeiros dez meses, a SEAT vendeu 395.100 veículos, o que representa um crescimento de 14,4% em comparação com igual período do ano passado, o melhor resultado da SEAT desde 2001. O crescimento das vendas em 2017 reflete-se nos resultados financeiros da SEAT. Os lucros operacionais cresceram 12,3% nos primeiros nove meses quando comparados com igual período de 2016, alcançando os 154 milhões de euros. Simultaneamente, o volume de negócios cresceu 11,0% para 7.255 milhões de euros entre janeiro e setembro de 2017.
 
Novo 1.6 TDI sobrealimentado
Os novos motores diesel do Ibiza integram as mais sofisticadas soluções tecnológicas, fazendo deles uns dos mais sofisticados e eficientes motores do mercado. Sistemas como o catalisador de redução seletiva (SCR), melhoram os níveis de eficiência, reduzindo e transformando as partículas de NOx em elementos inofensivos para o ambiente. Nesse sentido, o Ibiza inclui um depósito de AdBlue, localizado no lado direito do veículo, com ponto de reabastecimento próximo do bocal de combustível.
 
Os motores diesel turbo têm 1.598 cc de cilindrada, 16 válvulas e quatro cilindros, com 80, 95 e 115 CV de potência. O sistema de injeção direta de combustível common-rail, com injetores eletromagnéticos, garante uma mistura mais homogénea e eficaz, independentemente da temperatura ou da pressão na câmara de combustão. As dimensões do cilindro quase fazem um quadrado perfeito de 1.01 mm, com 79.5 mm de diâmetro e 80.5 mm de curso. A excelência da engenharia aponta ao equilíbrio perfeito para garantir consumos ótimos, com um curso que não é demasiado longo de forma a permitir um rápido aumento de rotação e, ao mesmo tempo, garantindo bastante potência sem a necessidade de aumentar a cilindrada.
 
Qualquer uma das três versões do motor 1.6 TDI assegura, além de uma impressionante suavidade, a disponibilidade de incríveis níveis de binário desde os regimes mais baixos. Assim, desde o ralenti até quase ao redline, o novo diesel do Ibiza trabalha com uma incrível precisão e força, quase sem ruído ou vibração. Estes argumentos são também um indicador de performance.
 
No primeiro patamar encontramos o 1.6 TDI de 80 CV, capaz de entregar a potência entre as 2700 e as 4800 rpm, e um binário máximo de 230 Nm, mantendo este valor constante entre as 1400 e 2400 rpm. Com o recurso a uma caixa de velocidades manual de 5 relações, estes valores traduzem-se numa aceleração de 13.3 segundos dos 0 aos 100 km/h. A média de consumo é de 3.8 litros/100 km e as emissões de CO2 de 99 g/km.
 
O motor do nível seguinte é o 1.6 TDI de 95 CV, associado a uma caixa manual de 5 velocidades ou à caixa automática de dupla embraiagem DSG com sete velocidades, que fica disponível no início de 2018. Na versão manual, a potência máxima disponível é mantida entre as 2750 e as 4600 rpm, enquanto o binário máximo, que chega aos 250 Nm, mantém-se entre as 1500 e as 2600 rpm. Em resultado, cumpre a aceleração de 0 a 100 km/h em 11.3 segundos, com média de consumo de 3.8 l/100 km e emitindo apenas 99 g de CO2 por quilómetro.
 
A versão de topo é o 1.6 TDI de 115 CV, associada a uma caixa de velocidades manual com 6 relações.
 
Além das versões com os novos motores diesel, o Ibiza está também disponível com o motor a gasolina e Gás Natural Comprimido (GNC): o 1.0 TGI capaz de desenvolver 90 CV. A gama de motores convencionais a gasolina do Ibiza abrange a faixa entre os 75 CV (65 CV em alguns países) e os 150 CV no caso do 1.5 Evo TSI de quatro cilindros.
 
A plataforma MQB A0
A nova geração do Ibiza nasce na fábrica da SEAT em Martorell e marca um passo definitivo no futuro da empresa. Em destaque está a mais recente tecnologia do Grupo Volkswagen, a plataforma modular transversal MQB A0 (Modular Querbaukasten). Esta plataforma proporciona ao Ibiza uma combinação de maior robustez com menos peso, uma dinâmica surpreendente e um notável espaço interior. A nova plataforma MQB A0 permite uma grande flexibilidade no processo de fabrico, suportando diversos modelos, com tipos diferentes de carroçaria, dentro do mesmo segmento, admitindo, portanto, diversas configurações com variações na distância entre eixos sobre a mesma plataforma.
 
Excelente desempenho
O novo SEAT Ibiza herda o mais puro ADN da marca, com uma excelente dinâmica e comportamento divertido, sem esquecer o surpreendente conforto de rolamento e segurança. O comportamento excecional deve-se à plataforma MQB A0, à rigidez torsional mais elevada, ao aumento da distância entre eixos e da dimensão das vias, e aos sofisticados sistemas dinâmicos.
 
Por um lado, a direção com dispositivo C-EPS (Column Electric Power System), com assistência eletromecânica, assegura uma estabilidade muito precisa e suave na condução em reta, reunindo num módulo todos os componentes. No que diz respeito ao sistema de suspensão, o novo SEAT Ibiza recorre a uma arquitetura MacPherson à frente e a um eixo semirrígido atrás. Na versão FR, a altura da carroçaria ao solo é reduzida em 15 mm e são efetuadas ligeiras modificações no acerto da suspensão, adotando amortecedores 20% mais firmes e barra estabilizadora dianteira mais grossa. Especificamente, a diferença é de 21 x 3.7 mm no FR para 20.7 x 2.8 mm para as restantes versões. O eixo semirrígido traseiro é também mais robusto no FR.
 
Foi também dado um salto qualitativo na redução do ruído, das vibrações e na condução extrema. Em suma, o Ibiza garante um nível de qualidade habitualmente apenas comum em veículos de segmentos superiores. É ágil na cidade, muito dinâmico nas estradas sinuosas e também confortável nas viagens mais longas.
 
Design atrativo, valor seguro
A quinta geração do SEAT Ibiza tem proporções perfeitas com um forte caráter e uma impressionante dinâmica desde o primeiro olhar: luzes de dia LED em forma triangular nos faróis e um capot mais esculpido com vincos que fazem a ligação às linhas do para-choques, criando uma sensação de solidez, mas com linhas fluídas. No perfil sobressaem os vincos pronunciados, que transmitem energia e elegância, mas que também realçam o efeito tridimensional da carroçaria através de pontos de brilho consoante a incidência da luz, o que acelera a impressão de movimento do novo Ibiza. As rodas colocadas nas extremidades da carroçaria, com vãos curtos, acentuam a aparência desportiva, imponente e dinâmica. As luzes de travagem destacam-se na secção traseira do veículo. Contornam os cantos da carroçaria integrando-se com os vincos laterais, proporcionando um visual estético único e muito aerodinâmico. As linhas profundamente vincadas através das portas e para-choques aumentam a perceção de profundidade, criando uma aparência monolítica de robustez e aumentando a sensação de estabilidade.
 
Quanto ao interior, foram considerados todos os detalhes para que o resultado esteja em harmonia com o exterior, proporcionando força e equilíbrio na combinação de cores e dos materiais, com elevados padrões de elegância e de perceção de qualidade. Na continuidade da sofisticação, durante o próximo ano o Ibiza receberá um painel digital personalizável capaz de proporcionar toda a informação disponível na consola. Os olhos nunca terão que desviar-se da estrada nem as mãos do volante, permitindo ao condutor todo o controlo através do volante multifuncional.
 
A versão FR inclui elementos que destacam o fator desportivo, como a dupla ponteira de escape no difusor traseiro. Por outro lado, os acabamentos cromados sublinham a elegância e a sofisticação do nível Xcellence. O novo SEAT Ibiza está disponível em diversas cores metalizadas: Vermelho Desire, Azul Mystery, Magenta Mystic, Cinzento Pyrenees, Laranja Eclipse, Cinzento Urban, Branco Snow ou Preto Midnight; ou ainda nas cores base: Azul Mediterrâneo e Branco. A formulação destas cores evidencia e torna mais esculturais as linhas e os vincos exteriores

Tags:

Sobre nós

Empresa automóvel.

Subscrever