Siemens apoia Bombeiros na prevenção dos incêndios florestais na fase mais crítica do ano

Multinacional assina protocolo com Movimento ECO – Empresas Contra os Fogos
Siemens apoiou Bombeiros de Coja, uma das corporações mais afetadas nos incêndios de 2013, na aquisição de Equipamentos de Proteção individual

A Siemens acaba de se juntar ao “Movimento ECO – Empresas Contra os Fogos” com o objetivo de contribuir para a campanha nacional de prevenção e ataque inicial aos incêndios florestais, cuja época mais crítica - a Fase Charlie – teve início a 01 de julho e se prolonga até 30 de setembro.
O envolvimento da Siemens nesta associação, que reúne já mais de quatro dezenas de empresas nacionais no esforço de contribuir para minimizar o número, a extensão e o impacto dos incêndios florestais, nomeadamente através da proteção ativa da floresta, foi materializado hoje com a assinatura de um protocolo com o Movimento Eco, representado pelo seu presidente, Murteira Nabo, na presença da Ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas.
“Com a adesão da Siemens ao Movimento ECO estamos a associar-nos, uma vez mais, a uma causa nacional que é a prevenção e o combate aos incêndios florestais que fustigam todos os anos o nosso País e nos fazem perder o nosso futuro” , salientou Joana Garoupa, Diretora de Comunicação da Siemens Portugal durante a assinatura do protocolo com esta associação, reforçando, que ao longo da sua história a empresa “tem-se empenhado a vários níveis na protecção
e salvaguarda das florestas, bem como no apoio aos bombeiros e populações fustigadas por este flagelo nacional”.
A Siemens, no âmbito da sua política de Responsabilidade Social e Corporativa, tem estado particularmente ativa no apoio às entidades que no seu quotidiano, mas sobretudo durante a fase mais crítica para as florestas, se encontram na primeira linha de defesa de pessoas e bens contra os fogos: os bombeiros.

Para ajudar os soldados da paz no cumprimento da sua missão, a empresa fez um donativo à Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários para aquisição de material de formação para as corporações, como por exemplo manequins de primeiros socorros e máscaras, e ainda para dotar cerca de duas dezenas de bombeiros da Corporação de Coja com Equipamentos de Pro-teção individuais. Esta corporação foi particularmente afetada em 2013 durante o combate aos incêndios que devastaram a Serra do Açor e a Serra da Estrela, concelho de Castelo Branco, durante o mês de julho.
“Os bombeiros voluntários prestam voluntariamente um serviço ao País, arriscando as suas vidas para a defesa de pessoas e bens e, infelizmente, muitas das vezes acabam por perdê-la. É por isso com muita satisfação que vemos o envolvimento de empresas, como a Siemens, com as nossas corporações, às quais oferecem contributos inestimáveis, como foi o caso dos equipamentos de protecção individuais para os bombeiros de Coja”, destaca Rui Silva, diretor da Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários, enfatizando “a importância do envolvimento da sociedade civil e do setor empresarial, em particular, em campanhas de sensibilização e combate aos incêndios florestais que, todos os anos, empobrecem o País e delapidam o legado ambiental a deixar às gerações futuras”.

Movimento ECO - Estado e empresas em colaboração
O “Movimento ECO – Empresas Contra os Fogos” nasceu com o objetivo de potenciar a colabo-ração entre o mundo empresarial e os diversos organismos sob tutela do Ministério da Adminis-tração Interna e do Ministério da Agricultura e do Mar, nos processos de prevenção e combate aos incêndios florestais, movimento no qual têm participado as empresas que sentem o apelo da cidadania e da responsabilidade social. Isto porque, apesar do empenho do Ministério da Administração Interna e do Ministério da Agricultura e do Mar, no âmbito das suas prioridades e responsabilidades na dotação de meios modernos e eficazes para prevenção estrutural aos incêndios florestais, as necessidades de modernização e reequipamento são permanentes.
Neste contexto, as empresas têm surgido como um dos setores mais dinâmicos e empreende-dores da sociedade civil uma vez que, no âmbito das suas políticas de responsabilidade social, se encontram disponíveis para colaborar no esforço nacional coordenado.

Sobre a Siemens S.A.
A Siemens está em Portugal há 109 anos, sendo líder no fornecimento de soluções de engenharia nos sectores de Indústria, Energia, Saúde e Infraestruturas & Cidades. Empregando cerca de 2.500 profissio-nais e com numerosas parcerias com o meio académico, a empresa desempenha um papel ativo no desenvolvimento económico do país. A Siemens detém em Portugal 14 centros de competências mundiais nas áreas da energia, infraestruturas, saúde, tecnologias de informação e serviços partilhados.

Para mais informação, por favor consulte www.siemens.pt

Sala de imprensa
www.siemens.pt/imprensa

Facebook - https://www.facebook.com/siemensportugal
Twitter - http://twitter.com/siemenspt
Youtube - http://www.youtube.com/ptsustentavel

Tags:

Sobre nós

Comercializacao de electrodomesticos, tecnologia e gadgets.

Subscrever