#FACEFORGREEN VAI AO MEO SUDOESTE SENSIBILIZAR PARA FESTIVAIS MAIS SUSTENTÁVEIS

Zambujeira do Mar, 3 a 7 de agosto de 2016 – Lançado pela Sociedade Ponto Verde (SPV), o movimento #faceforgreen continua a marcar presença nos principais festivais de música e não podia faltar no MEO Sudoeste . O objetivo desta presença é convidar os festivaleiros a aderir ao movimento, pintando a cara de verde, tirando uma foto, e partilhando-a nas redes sociais com a hashtag #faceforgreen para que em conjunto, seja possível influenciar os festivais de Verão a terem uma atitude mais verde e responsável.

Com o intuito de despertar a consciência dos jovens em relação à necessidade dos festivais de música serem mais sustentáveis, o MEO Sudoeste contará com a presença de vários promotores do movimento #faceforgreen, que estarão devidamente identificados, e que podem ser encontrados no Quiosque da SIC Radical, e a andar pelo recinto e/ou pelo camping, de forma a levar este movimento ao maior número de pessoas possível.

Por ser um tema abrangente e comum a todos os festivais - Portugal tem cerca de 150 festivais de música por ano - a SPV acredita que o #faceforgreen tem a capacidade de influenciar os jovens a dar início a um movimento de mudança entre todos, desde os “festivaleiros” aos artistas passando pelos media e pelas organizações dos próprios festivais.

O movimento #faceforgreen teve início nas redes sociais, onde contou com o apoio de várias figuras públicas e já marcou presença no Rock in Rio, no Musa Cascais, na Ericeira, no NOS Alive, no Parque das Nações, no MEO Marés Vivas e no Santa Cruz Ocean Spirit.

Até à presente data, este movimento conta já com a adesão de cerca de 30.000 festivaleiros , que aceitaram prontamente pintar a cara de verde em prol desta acção de sensibilização.
Em www.faceforgreen.com podem ser tiradas todas as dúvidas e ainda pintar a cara virtualmente e assim participar também no #faceforgreen. Desta forma, cada um poderá ser a face visível do movimento bem como mobilizar amigos, artistas e organizações a juntarem-se para transformar os festivais de música em festivais mais verdes e ambientalmente mais sustentáveis. 

Sobre a Sociedade Ponto Verde
A Sociedade Ponto Verde é uma instituição privada sem fins lucrativos que tem por missão organizar e gerir a retoma e valorização de resíduos de embalagens, através da implementação do Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens (SIGRE), mais conhecido como " Sistema Ponto Verde ". Promover a sensibilização e educação ambiental junto dos portugueses é um dos grandes objetivos da Sociedade Ponto Verde.

Tags:

Sobre nós

Entidade privada, sem fins lucrativos, fundada em Novembro de 1996 que visa, e está licenciada, para gerir e promover a selecção, recolha e reciclagem de embalagens em Portugal.

Subscrever