Arrábida Summer Fest apresenta “70 Cavaquinhos 70 Artistas”

De 7 a 30 de julho , no Piso 0, o ArrábidaShopping vai ter patente a exposição “70 Cavaquinhos 70 artistas” uma exposição coletiva, de âmbito nacional, organizada e produzida em parceria com a Associação Cultural e Museu Cavaquinho que conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República . Integrada no programa do Arrábida Summer Fest , esta exposição prima pela originalidade e visa dar visibilidade ao cavaquinho, instrumento tradicional originário do Minho, sensibilizando a população para a riqueza patrimonial deste instrumento e da sua prática.
     
Desde a sua fundação, a Associação tem contado com o apadrinhamento dos artistas plásticos Júlio Pomar, Pedro Cabrita Reis e Julião Sarmento e foi desta ligação que nasceu a ideia de usar o cavaquinho como suporte de intervenção plástica.
 
A exposição “70 Cavaquinhos 70 Artistas” é o resultado do desafio lançado pela Associação Cultural e Museu Cavaquinho a 70 jovens criadores portugueses, de vários pontos do país, no sentido de transformarem 70 cavaquinhos em 70 obras de arte. O cavaquinho é assim o elemento comum para os 70 artistas, que transpõem para o instrumento a sua assinatura criativa.
 
A exposição tem estado em itinerância, com presença relevante também a nível internacional, como foi o caso do prestigiado MAG – Montreux Art Gallery, um dos mais importantes salões europeus de arte contemporânea,  em que o nosso país foi o convidado de honra em 2015, e onde a exposição dos cavaquinhos foi a principal atração.
Estas iniciativas estão integradas no Arrábida Summer Fest , o primeiro festival de verão realizado num centro comercial, e com uma programação 100% em torno da música, dos mais variados estilos e cujo objetivo é levar a música a todos os portugueses e aos mais diferenciados públicos.
 
O Arrábida Summer Fest conta com várias atuações e concertos a par de atividades, como ateliers e exposições, sempre com a chancela de vários parceiros e nomes de referência, entre eles a Casa da Música, o projeto “A Música Portuguesa a Gostar dela Própria”, a Associação Cultural e Museu Cavaquinho, entre outros.
 
Artistas convidados: Alberto D'Assumpção, Alberto Lopes, Alex Davico, Amélia Muge, Ana Cristina Dias, Ana Pereira, Ana Romero, Ana Silva, André Letria, António Bártolo, Benedita Serrano, Carla Cabral, Carla Regina, Carlos Mensil, Carlos Zíngaro, Catarina Garcia, Constança Amador, Cristina Troufa, Daniela Reis, Débora de A, Domingos Silva, Francisco Martins, Gabriel Garcia, Gil Maia, Graça Bordalo Pinheiro, Helena Berenguer, Helena Trindade, Irene Gomes, JAS, Joana Astolfi, Joana Miguel, Joana Rego, João Barros Mouro, Júlio Dolbeth, Juma, Lara Parreira, Luís Calheiros, Luís Lázaro, Luísa Passos, Luiz Morgadinho, Luz Henriques, Manuela Gandra, Manuela Pimentel, Margarida Cardoso, Maria Rafael, Mariana Dias Coutinho, Mário Fresco, Marta Madureira, Minela Reis, Mutes Pintor, Oliveira Tavares, Paula Rosa, Paulo Sanches, Pedro Sousa Pereira, Renatta Pascoal, Rita Melo, Rita Ventura, Rui Lacas, Rui Tavares, Rui Vitorino Santos, Salomé Nascimento, Sameiro Sequeira, Sara Morais, Sofia Ribeiro, Susana Bravo, Susana Chasse, Teresa Gil, Teresa Melo, Tiago Tarone e Vitor Zapa.
 
Construtores :  APC, Artimúsica , Alfredo Machado, António Faria Vieira, António Monteiro, Carlos Jorge Pereira Rodrigues, Domingos Machado, Fernando Meireles, José Gonçalves, Mário Estalisnau, Mário Eugénio de Sousa, Nuno Russel e Víctor Félix.
 
Sobre a Associação Cultural Museu Cavaquinho
A Associação Cultural e Museu Cavaquinho — cuja figura central e Presidente da Direção é o músico Júlio Pereira, principal responsável pelo renascimento e reatualização do instrumento — foi constituída em Julho de 2013 e tem como fim documentar, preservar e promover a história e a prática do cavaquinho.
Desde então a Associação tem trabalhado nos bastidores, criando as condições necessárias à investigação do instrumento, através das ligações com musicólogos, historiadores, etnomusicólogos e antropólogos e celebrando protocolos com as comunidades académica e associativa, Municípios e também com a Direção Geral do Património Cultural. 
Tem vindo igualmente a inventariar construtores, músicos e grupos de Cavaquinho. Ainda sem edifício próprio, a Associação vai mostrando o desenvolvimento do seu trabalho no seu site oficial:  www.cavaquinhos.pt
 
Sobre o ArrábidaShopping
Inaugurado em 1996, o ArrábidaShopping dispõe de uma oferta de lojas diversificada, numa Área Bruta Locável (ABL) de 59.894 m2. Remodelado em 2008, o ArrábidaShopping espelha a sua sofisticação e elegância nas cerca de 178 lojas que oferecem um vasto leque de serviços. Dispõe de cerca de 3.400 lugares de estacionamento. Os cinemas são, também, uma mais-valia no Centro, pois para

além da capacidade para 4.000 pessoas, têm ótimas condições de som e imagem.

A par da experiência única de compras e de lazer que oferece aos seus clientes, o ArrábidaShopping assume a responsabilidade de dar um contributo positivo para um mundo mais sustentável, trabalhando ativamente para um desempenho excecional nas áreas ambiental e social. Todas as iniciativas e novidades sobre o Centro podem ser  consultadas no site www.arrabidashopping.com .

Tags:

Sobre nós

Especialista internacional em centros comerciais.

Subscrever

Media

Media