Centro Colombo recebe 52 mini-empresas inovadoras criadas por jovens empreendedores

No âmbito da sua política de Responsabilidade Corporativa e em estreita parceria com a Junior Achievement Portugal, o Centro Colombo recebe amanhã, 17 de abril, a VIII edição da Feira (I)limitada, iniciativa que dá a conhecer projetos criados por jovens empreendedores do ensino secundário que se destacam pela sua inovação.
 
No total serão apresentadas 52 mini-empresas, entre as quais serão destacados projetos que primam pelo seu caráter inovador como, por exemplo, a New Innovative Company do Externato Marista de Lisboa que desenvolveu Baterias portáteis, carregadas através dos movimentos de desaceleração e de travagem executados pelo automóvel que podem ser removidas para posterior uso doméstico e, também, a Pills O’ Clock da Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho, em Lisboa, que desenvolveu um relógio de pulso com uma caixa incorporada e compartimentada em várias divisões, cujo finalidade é guardar comprimidos diários e alertar o utilizador através de um sistema de alarme.  
 
Estes são apenas dois exemplos de uma série de fantásticas propostas destes alunos dedicados e cheios de novas ideias empreendedoras. O encontro conta com a participação de cerca de 260 alunos com idades compreendidas entre os 15 e os 21 anos, provenientes de 14 concelhos (Alenquer, Almada, Amadora, Lisboa, Loures, Montijo, Oeiras, Palmela, Seixal, Setúbal, Sintra, Ribeira Grande, Rio Maior e Vila Franca de Xira), de 4 distritos (Lisboa, Ponta Delgada, Setúbal e Santarém) e de 39 escolas empreendedoras.
 
A Junior Achievement Portugal é uma organização sem fins lucrativos que desenvolve o empreendedorismo, gosto pelo risco, criatividade e inovação da próxima geração. Esta iniciativa foi desenvolvida no âmbito do seu programa “A Empresa” em que, com o apoio de voluntários e dos professores, os alunos reúnem capital através da venda de títulos de participação, criam um produto ou um serviço, colocam-no no mercado e, por último, liquidam a operação e pagam os dividendos aos titulares. O objetivo deste projeto é estimular as competências dos alunos, pelo que os mesmos devem seguir todos os aspetos relacionados com uma empresa real, tal como contabilidade, reuniões de gestão, vendas, etc.
 
As mini-empresas serão avaliadas por um Júri composto por Pedro Soveral Rodrigues Diretor de Recursos Humanos da Sonae Sierra, Paulo Gomes, Diretor do Centro Colombo, Luís Ferreira Lopes, Jornalista da SIC, Miguel Arrobas, Diretor Municipal da C.M. de Cascais, Fernando Ferreira, Vereador de Educação da C.M. Vila Franca de Xira, Ana Loureiro, Diretora de Comunicação da ValorSul, Vasco Mendes de Almeida, diretor da Indra, João Baracho, Diretor Executivo da CDI, Luís Alves da Costa, Presidente da Global Management Challenge, que, em conjunto, irão eleger as 13 equipas que passarão diretamente à competição nacional do programa “A Empresa”, que terá lugar no próximo dia 25 de Maio, no Museu da Eletricidade, em Lisboa.
 
Para Erica Nascimento, CEO da Junior Achievement Portugal, “as Feiras (I)limitadas do programa A Empresa são a primeira grande oportunidade para os nossos alunos mostrarem as suas ideias de negócio ao público geral, depois de dois períodos escolares intensos a aprenderem a gerir as suas mini-empresas, com o apoio dos seus professores e voluntários das empresas associadas das Junior Achievement Portugal. Têm agora mais competências e noção do potencial empreendedor que há neles. Este ano letivo, cerca de 700 alunos, 18 distritos do país vão participar nas 6 edições das Feiras (I)limitadas. Acreditamos que estas iniciativas estão a criar novas pontes entre o mundo empresarial e o académico e a criar uma nova geração de talentosos jovens empreendedores!”.
 
Para Paulo Gomes, diretor do Centro Colombo, “é com muito gosto que recebemos pelo terceiro ano consecutivo a Feira (I)limitada, iniciativa cuja realização é de louvar pelo caráter impulsionador que tem em identificar novos talentos em Portugal e em dar-lhes oportunidade de divulgar as suas ideias inovadoras. O Centro Colombo, pelas características que todos conhecemos e por ser um espaço que recebe diariamente milhares de pessoas, é o local ideal para que esta iniciativa possa dar a conhecer o trabalho e o empreendedorismo destes jovens talentos”.

Tags:

Sobre nós

Especialista internacional em centros comerciais.

Subscrever