Exposição "Resíduo, para onde vais?" sensibiliza para os benefícios da reciclagem

“Resíduo, para onde vais?” é o nome da exposição que, a partir do dia 19 de abril, pretende dar a conhecer os diferentes tipos de resíduos e sensibilizar para a reciclagem, minimizando assim o impacto negativo da grande diversidade de “lixo” produzido pelas sociedades atuais no ambiente.A exposição, produzida pelo Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental da Câmara Municipal de Viana do Castelo, em parceria com os Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo e com a Resulima, estará patente na Praça Central do Estação Viana até ao dia 02 de maio.“Resíduo, para onde vais?” revela que a maior parte dos resíduos, que são produzidos de forma mais ou menos imediata no dia-a-dia, têm a possibilidade de ser valorizados por via da reciclagem, compostagem ou outros processos de recuperação.Além dos resíduos que são produzidos diariamente e que devem ser colocados no ecoponto – papel/cartão e embalagens de plástico, de metal e de vidro – a exposição dá a conhecer ao visitante o que acontece relativamente ao destino a dar a resíduos como, medicamentos, óleos alimentares usados, equipamentos elétricos e eletrónicos, pneus, entre outros.A gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos (RSU’s) é matéria que tem merecido um esforço e empenho significativos pela Câmara Municipal de Viana do Castelo em coordenação com os Serviços Municipalizados de Saneamento Básico (SMSBVC) - entidade responsável pela recolha e transporte de RSU’s indiferenciados produzidos nas 40 freguesias do concelho - e com a Resulima - entidade responsável pela recolha seletiva e tratamento dos RSU’s.Desde o ano de 2007, a separação de RUS’s no concelho de Viana do Castelo aumentou 21%. Por seu turno, a quantidade de resíduos indiferenciados enviados para aterro sanitário diminuiu 13%. O concelho de Viana do Castelo dispõe, atualmente, de mais de 400 ecopontos, 160 equipamentos de deposição de óleos alimentares usados (em escolas, ecopontos e na restauração) e mais de 60 pontos de recolha de resíduos orgânicos (escolas e hotelaria/restauração) que permitem a valorização anual de mais de 5 000 toneladas de resíduos sólidos urbanos, evitando assim que sejam enviados para aterro sanitário. Para mais informações não hesite em contactar-me:Tânia Miguel Communication ConsultantQuinta da Fonte Edifício D. Amélia, piso 0, lado B - 2770-229 Paço de Arcos, PORTUGAL T: 351214666500 | F: 351214666519 | M: 351918270387tania.miguel@lift.com.pt | http://www.lift.com.pt

Tags:

Sobre nós

Especialista internacional em centros comerciais.

Subscrever

Media

Media