José de Almada Negreiros em exposição no NorteShopping

As obras de José de Almada Negreiros já chegaram ao NorteShopping e juntam-se agora à exposição “O Circo de Fernand Léger”. É na zona de destaque das exposições temporárias - “Circo na Arte Portuguesa” – que os visitantes poderão ver as diversas obras do artista cuja fonte de inspiração foi a arte circense. Patente de 4 a 22 de outubro, esta exposição temporária marca também o fim da iniciativa “O Circo de Fernand Léger”.

É a “Coleção Saltimbancos” de José de Almada Negreiros que ocupa o espaço “Circo na Arte Portuguesa” – uma coleção singular e prestigiada do século XX que marca o decorrer da sua carreira. O artista viu nestas figuras uma ligação idêntica aos artistas de teatro italiano que, tal como os saltimbancos, situavam-se entre palhaços e heróis, como personagens que viviam do espetáculo como forma de servir a sociedade. Multifacetado e de ideias vanguardistas, Almada Negreiros abraçou as artes plásticas, o desenho, a pintura e a escrita, e desenvolveu uma extensa atividade artística criando o grupo Modernista em Portugal. Com esta coleção, o artista coloca os saltimbancos como figuras provocadoras da sociedade. Estas figura de saltimbancos surgiu durante a Idade Média, como um coletivo de artistas  que  criavam   pequenas   exibições  improvisadas  de  malabarismo, acrobacia e comédia, em praças, ruas e feiras medievais. Eram distintos por viajarem  de  cidade  em  cidade,  à  mercê  da  sociedade,  sob  a  condição  da comida e do dinheiro que conseguiam recolher ao final do dia (após os pequenos espetáculos). Os saltimbancos ficaram conhecidos pela faceta de entretenimento popular e por recorrerem ao Nomadismo como estilo de vida.

É também no âmbito desta exposição que, dia 13 de outubro às 17h00 no Fórum FNAC do NorteShopping, Teresa Ricou, fundadora do Projeto Chapitô, Paulo Robalo, artista plástico e Paulo Ribeiro, antigo Diretor do Teatro Viriato de Viseu e da Companhia Nacional de Bailado, se juntam para conversar sobre a “Performance Circense na atualidade”. Depois do sucesso da primeira talk sobre a “Influência do Circo nas Artes Visuais”, este segundo momento conta agora com o jornalista Júlio Magalhães como moderador e pretende refletir sobre questões como O Circo é Arte? Além da tenda, o que é o Circo? Qual a importância do Circo nos dias de hoje?, e muito mais.

A Exposição de José de Almada Negreiros pode ser visitada até ao dia 22 de outubro, na Praça Central do NorteShopping, todos os dias, das 10H00 às 24H00, e tem entrada gratuita. A exposição de Fernand Léger é composta por 52 litografias em 29 quadros da obra-prima do artista, e conta com o Professor Jorge Barreto Xavier, gestor cultural e antigo Secretário de Estado da Cultura, como embaixador e a curadoria e produção de State of the Art.

Materiais de comunicação aqui.

Tags:

Sobre nós

Especialista internacional em centros comerciais.

Subscrever

Media

Media