Visitas guiadas à exposição “Roy Lichtenstein e a Pop Art”

Começam hoje as visitas guiadas à exposição “Roy Lichtenstein e a Pop Art”. Os especialistas em Banda Desenhada João Fonte Santa, Nelson Dona e Nuno Saraiva oferecem aos visitantes do Centro Colombo a oportunidade de viajarem pelas influências da banda desenhada no trabalho de Roy Lichtenstein, proporcionando uma abordagem mais especializada à exposição central de A Arte Chegou ao Colombo. As visitas terminam na exposição que antecipa o Festival Amadora BD, patente até dia 23 de setembro no piso 1 do Centro.

Nas próximas quartas, quintas e sextas-feiras às 19h00 os visitantes do Centro podem usufruir gratuitamente das visitas guiadas. Dias 12 e 19 de setembro, estas ficam a cargo de João Fonte Santa, um dos autores mais vanguardistas da arte visual portuguesa contemporânea, que começou por se dedicar à produção de banda desenhada underground nos anos 80, afirmando-se posteriormente no campo da pintura. No seu trabalho tem por base um fundo de imagens e referências da cultura pop, criando uma obra visualmente atraente.  

Às quintas-feiras, dias 13 e 20 de setembro, é Nelson Dona quem dá voz a estas visitas. Gestor Cultural e Diretor do Amadora BD – Festival Internacional de Banda Desenhada, estudou belas artes, design de equipamento e arquitectura. Com experiência em organização e produção em quase todas as disciplinas de artes visuais, foi ainda júri de diversos concursos como os festivais de BD de Bruxelas. Viajante incansável, curioso e atento a outros povos e culturas, artisticamente participou com obras e peças suas em momentos como Encontros Culturais de Lagos e Jornadas da Juventude em Macau.

E para terminar a semana em grande, Nuno Saraiva dá a conhecer a todos os curiosos mais sobre o mundo da Banda Desenhada nos dias 14 e 21 de setembro. Professor de ilustração, banda desenhada e cartoon político, Nuno Saraiva é um dos mais conceituados ilustradores e autores de banda desenhada portugueses. Trabalha atualmente em BD no universo do Fado, numa coprodução com o Museu do Fado, tendo sido ainda ilustrador oficial das “Festas de Lisboa”, do Festival Amadora BD e das “Festas do Barreiro”. O artista colabora praticamente com toda a imprensa escrita portuguesa, com destaque para os jornais Expresso, Público, Record, Sol, Time Out Lisboa e o extinto Independente.

Este ano, dada a influência clara que a Banda Desenhada tem no trabalho de Roy Lichtenstein, a A Arte Chegou ao Colombo traz a Exposição Amadora BD para o Centro. Roy Lichtenstein procurou explorar tanto a estética como os temas abordados na banda desenhada, apropriando-se de imagens, contidas em álbuns e revistas de BD, transformando-as em obras de arte ao reproduzir estas imagens em telas de grande dimensão.

Patente até dia 23 de setembro, a Exposição Amadora BD tem lugar no Piso 1 do Centro Colombo e recebe 30 artistas de banda desenhada, assinalando os 29 anos do festival de Banda Desenhada da Amadora. Esta exposição reúne trabalhos dos artistas premiados, fazendo a ligação ao festival que irá decorrer de 26 de outubro a 11 de novembro na Amadora, um dos festivais internacionais de banda desenhada mais importantes e reconhecidos na Europa e o de maior dimensão e relevo em Portugal.

A 8ª edição do projeto A Arte Chegou ao Colombo recebe, este ano, a exposição “Roy Lichtenstein e a Pop Art” e pode ser visitada até ao dia 23 de setembro na Praça Central do Centro Colombo, todos os dias, das 10H00 às 24H00, com entrada gratuita.

Tags:

Sobre nós

Especialista internacional em centros comerciais.

Subscrever

Media

Media