Empresas Sonae investem 82 milhões de euros em inovação

As Empresas Sonae reforçaram a aposta estratégica na área de inovação, tendo investido 82 milhões de euros em investigação, desenvolvimento e inovação (I&D I) durante 2012. Este valor traduz um crescimento de cerca de 10 milhões de euros nos últimos dois anos e contribuiu para o desenvolvimento de projetos meritórios que vão ser amanhã distinguidos no FINOV, o Fórum de Inovação das Empresas Sonae.

O FINOV tem como objetivo fomentar o valor da inovação na comunidade, contribuindo para o desenvolvimento económico e social do País, bem como estimular e apoiar projetos inovadores nas várias Empresas Sonae, de forma a criar ainda mais valor para todos os seus stakeholders.

Luís Reis, presidente do Fórum de Inovação das Empresas Sonae, afirma: “As Empresas Sonae têm promovido uma cultura de inovação aberta, envolvendo os colaboradores, parceiros, universidades e centros de conhecimento, com resultados assinaláveis que se traduzem em novos produtos e serviços, mas também em novos formatos e processos de negócio. Os projetos finalistas dos Sonae Companies Innovation Awards e do Chairman’s Award demonstram a nossa capacidade de desenvolver, em Portugal e nos mais de 60 países onde estamos presentes, soluções que criam vantagens competitivas e colocam as Empresas Sonae como referências nos seus setores a nível nacional e internacional”.

Os Sonae Companies Innovation Awards distinguem projetos de inovação desenvolvidos nas Empresas Sonae e que têm um impacto significativo no negócio ou na organização. Para além destes prémios, existe ainda o Chairman’s Award, atribuído pelo Eng. Belmiro de Azevedo e que reconhece uma única inovação entre as centenas desenvolvidas nas Empresas Sonae ao longo do último ano. Os projetos finalistas incluem o carro de picking do Continente, o balcão de venda ativa da Well’s e Book.it, e o crivo para resíduos recolhidos com filtro eletrostático da Sonae Indústria.

Os mais de 600 participantes no FINOV’13, que decorre sob o tema “Igniting the Future”, vão discutir o papel da inovação no crescimento económico e no desenvolvimento das empresas e organizações. A conferência na Alfândega do Porto reúne especialistas nacionais e internacionais, entre os quais Dan Ariely, professor de Psicologia e Economia Comportamental da Duke University e um dos mais irreverentes economistas comportamentais da atualidade.

O evento engloba uma mostra de projetos – o FINOV Hub – que dará a conhecer as mais recentes inovações desenvolvidas pelas Empresas Sonae, bem como pelos seus parceiros, entre os quais os patrocinadores do evento: Microsoft, Fujitsu, Huawei, Samsung, Noesis, Roff, Ericsson, CBE, HP, Decunify, Deloitte, SAP e Return on Ideas.
O evento enquadra-se na estratégia de inovação aberta das Empresas Sonae, que procura envolver os públicos internos, mas também parceiros de negócio, universidades, outros players e empresas dos mais variados setores de atividade. Em resultado desta aposta e das muitas iniciativas de inovação implementadas, as Empresas Sonae têm desenvolvido novos produtos, soluções e serviços, bem como novos processos e modelos de negócio, contribuindo para uma maior dinâmica comercial e ganhos de eficiência que as tornam referência nos seus setores de atividade.

Luís Reis conclui: “Apesar da conjuntura económica e social, as Empresas Sonae vão continuar a investir em inovação, prosseguindo com uma política que promove a criação de vantagens competitivas a longo prazo, contribuindo para um reforço das posições de liderança em Portugal, mas também para a crescente afirmação internacional das Empresas Sonae como multinacional de referência.”

Os projetos finalistas do Chairman’s Award são:

Carro de picking do Continente (Sonae MC)

Veículo utilizado pelos colaboradores das lojas alimentares da Sonae MC para fazer a recolha de produtos para os clientes que fazem as suas compras através do Continente online. O equipamento conjuga alta tecnologia, ergonomia e elevada capacidade de armazenamento, facilitando as tarefas dos colaboradores.

Balcão de venda ativa (Sonae MC)

Criado pela Well’s e pela Book.it, permite fazer o processo de atendimento virado para o cliente, evitando a deslocação a mesas de apoio e outros móveis de suporte à atividade. A estutura foi desenvolvida através da aplicação do modelo “cockpit”, garantindo que tudo o que é mais utilizado está localizado à distância de apenas um braço.

Crivo para resíduos recolhidos com filtro eletrostático (Sonae Indústria)

Este equipamento, da Sonae Indústria, integra uma rede que permite filtrar os resíduos depositados resultantes da limpeza de gases e que são incorporados no fabrico de adubos orgânicos compostos. O processo de filtragem passou a ser efetuado por máquinas (escavadora coloca os resíduos recolhidos na rede, filtrando-os), ao invés de trabalho manual.

(Comunicado integral em anexo)

Tags:

Sobre nós

Empresa de retalho.

Subscrever