MISSÃO SORRISO APADRINHA 8 INSTITUIÇÕES DE LISBOA AO DOAR 210.000€

A Missão Sorriso vai doar 210.000€ a oito instituições a operar em Lisboa. O Centro Hospitalar Lisboa Norte, com o projeto “Nascer em Segurança” vai receber 12.000€; À Liga dos Amigos do Hospital de Pulido Valente foi doado 9.000€ para apoiar o projeto “Banco de Ajudas Técnicas da Liga dos Amigos do Hospital de Pulido Valente”; A Fundação São João de Deus vai contar com a doação de 25.000€ para o projeto “Ferro de Soldar”; A Raríssimas – Associação Nacional de Deficiências Mentais Raras recebe da Missão Sorriso um apoio de 28.000€ para criar o projeto “Programa de Educação Infantil sobre Doenças Raras”; A Associação para a Promoção de Segurança Infantil recebe 40.000€ para apoiar o projeto “Segurança – Um direito de todos”; O Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, através do seu projeto “Quedas Menos; Sorrisos Mais” vai contar com um apoio financeiro de 50.000€; A Fundação Ernesto Roma recebeu um cheque de 10.000€ para a promoção do projeto “Bem Comer, Comer Bem”; e, por fim, à Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados foi-lhe atribuída uma verba de 36.000 para o projeto “Queremos ir para a escola em segurança”. O Centro Hospitalar Lisboa Norte recebeu da Missão Sorriso uma verba no valor de 12.000€ para a aquisição do simulador SimMom® para treino de manobras em situações de emergência obstétrica. Salvar a vida de grávidas e assegurar que os seus bebés nascem em segurança é algo que acontece diariamente nas maternidades de todo o país. Porém há situações raras, que ocorrem de forma inesperada, e para as quais é necessária uma resposta imediata e eficaz de forma a diminuir a mortalidade e morbilidade materna e neonatal que lhes está associada. Este género de situações de emergência obriga a uma abordagem estruturada em equipa, que só é possível com o treino frequente e intensivo em simuladores. A utilização de simuladores obstétricos possibilita este treino num cenário fictício, sem riscos para a grávida, contribuindo para aumentar a competência de todos os participantes.A Liga dos Amigos do Hospital de Pulido Valente conta com 9.000€ da Missão Sorriso que apadrinha assim o projeto “Banco de Ajudas Técnicas da Liga dos Amigos do Hospital de Pulido Valente”. Esta iniciativa pretende apoiar os utentes do Hospital de Pulido Valente que vivem em situações de dependência, com carências financeiras, que vivem sozinhos e que enfrentam a perda da mobilidade por efeito de um quadro clínico e / ou por via do envelhecimento. A criação de um banco de ajudas técnicas permitirá apoiar estes doentes, por via do empréstimo gratuito, de equipamento de apoio à mobilidade e funcionalidade doméstica [cadeiras de rodas, andarilhos, cadeiras sanitárias]. O projeto “Ferro de Soldar”, promovido pela Fundação São João de Deus, pretende promover atividades de requalificação de equipamentos domésticos ou espaços habitacionais degradados de idosos em vulnerabilidade social, residentes nos bairros antigos da cidade. A Missão Sorriso apoia este projeto com uma verba de 25.000€, ao mesmo tempo que contribuí para a promoção do envelhecimento saudável. A Raríssimas – Associação Nacional de Deficiências Mentais Raras recebe da Missão Sorriso um apoio de 28.000 para desencadear o “Programa de Educação Infantil sobre Doenças Raras”. O objetivo consiste na publicação do livro infantil Marco na Rarilândia e na sua divulgação nas escolas, de forma a contribuir para mudar comportamentos estigmatizantes, frequentes em crianças do primeiro ciclo. Este projeto pedagógico pretende explica as doenças raras e como conviver com uma criança doente promovendo, desta forma, a integração plena dos meninos com doença rara e/ou deficiência e contribuindo para a saúde infantil. A Associação para a Promoção de Segurança Infantil foi apadrinhada com um valor de 40.000€ para desenvolver o projeto “Segurança – Um direito de todos”. O facto de as crianças e jovens que vivem em famílias económica e socialmente desfavoráveis estarem mais vulneráveis à ocorrência de acidentes, cria a necessidade de se encontrarem forma de comunicar e tornar mais acessível a informação sobre prevenção de acidentes. É nesse sentido que o projeto “Segurança – Um direito de todos” pretende atuar, com vista a reduzir o impacto dos acidentes nas crianças e jovens deste grupo económico. O Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, através do seu projeto “QuedasMenos; SorrisosMais” vai contar com um apoio financeiro de 50.000€ da Missão Sorriso. O alvo são as Pessoas Idosas internadas na unidade de saúde, em particular os doentes dos serviços de Medicina, Neurologia e Ortopedia com vista à promoção da autonomia e independência. O objetivo deste projeto consiste na concretização de algumas medidas para melhorar as condições ambientais e físicas necessárias, para a prevenção da queda e da minimização da gravidade das lesões consequentes.A Fundação Ernesto Roma recebeu uma doação de 10.000€ para a promoção do projeto “Bem Comer, Comer Bem”. Esta iniciativa consiste num programa de educação e gestão alimentar para instituições de solidariedade social com vertente de apoio alimentar. Pretende-se que os funcionários responsáveis pela gestão da cozinha e distribuição alimentar adquiram conhecimentos básicos sobre alimentação saudável e sobre a elaboração de ementas, para promoverem a saúde dos seus utentes e otimizarem a gestão dos recursos. Em paralelo, pretende-se melhorar os hábitos alimentares das famílias através de workshops de cozinha saudável e económica.Por último, a Missão Sorriso apadrinha também a Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados, em especial o projeto “Queremos ir para a escola em segurança” - Participação da comunidade escolar na melhoria dos ambientes rodoviários. A verba de 36.000€ reverterá na implementação de um conjunto de modificações físicas, acompanhadas de medidas de educação rodoviária, junto das escolas sujeitas a intervenção. Espera-se assim combater um grave problema de saúde pública melhorando a segurança das crianças. Depois de implementado, o projeto será apresentado à OMS para aplicação, em especial, nos países de língua oficial portuguesa.Recordamos que pelo 10º ano consecutivo os portugueses juntaram-se à Missão Sorriso com uma grandiosa prova de solidariedade, envolvimento e determinação, angariando cerca de 1.4 milhões de Euros. Deste valor foram distribuídos 912 mil euros por 43 instituições portuguesas para a implementação de projetos nas áreas da Saúde Infantil, Envelhecimento Ativo e Luta Contra a Fome, contribuindo para a melhoria das condições de vida das crianças e seniores. O restante valor foi angariado através da campanha de recolha de Alimentos, em parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa que permitiu doar 522 mil Euros em alimentos que ajudaram certamente muitas famílias que procuram ajuda, bem como do Jogo Solidário Portugal-Equador, resultante da parceria com a Federação Portuguesa de Futebol, no qual foram doados 50 mil euros à Missão Sorriso.De salientar que desde 2003, a Missão Sorriso já angariou cerca de 6.9 milhões de Euros para a aquisição e melhoria de equipamentos hospitalares e materiais diversos, contribuindo para a melhoria de prestação de cuidados de saúde a crianças e seniores de todo o país. Este balanço de 10 anos é a prova verdadeira do reconhecimento público já alcançado por este projeto, que conta com o apoio de todos os portugueses. Mais uma vez o Continente continuará a dar todo o seu contributo, empenhado para que a Missão Sorriso continue a desenvolver mais e melhores respostas sociais, ajudando cada vez mais famílias portuguesas a viverem histórias felizes.GCI | Sílvia Marçal | Tel:. 21 358 30 20 | Email: smarcal@gci.pt

Tags:

Sobre nós

Empresa de retalho.

Contactos

Subscrever

Media

Media