Projeto Sonae/Serralves 2012 com inauguração marcada para 7 de dezembro

Pré-apresentação para a Comunicação Social: 6 de dezembro, quinta-feira, 15h00, Museu de SerralvesInauguração: 7 de dezembro, sexta-feira, 22h00Abertura ao público: 8 de dezembro, sábado, 10h00Encerramento: 3 de março de 2013No próximo dia 7 de dezembro é inaugurado no Museu de Serralves o Projeto Sonae/Serralves, com obras de Patrícia Dauder e Carlos Bunga. Este projeto, que convida dois artistas (um de origem portuguesa e o outro internacional) para viverem e trabalharem na cidade do Porto, proporciona condições de produção de novas obras e a possibilidade das mesmas serem apresentadas numa exposição. A pré-apresentação da exposição à imprensa será no dia 6 de dezembro, quinta-feira, às 15h00.O Projeto Sonae/Serralves resulta de uma parceria da Fundação de Serralves com a Sonae que, no âmbito da sua política de Responsabilidade Corporativa, procura promover a criatividade e a inovação, estimular novas tendências e aproximar a sociedade à arte.Nesta segunda edição, os dois artistas selecionados vão ocupar espaços do Museu de Serralves com intervenções pensadas especificamente para aquelas áreas. Serão inaugurados em simultâneo os trabalhos de Patricia Dauder na Sala Multiusos e no restaurante do Museu e o projeto de Carlos Bunga realizado no hall do Museu de Serralves. Os trabalhos a expor, cujo processo criativo ainda se encontra em marcha, retrata a experiência de vida dos artistas e a sua vivência na cidade do Porto, nomeadamente a interação com a cidade e as suas pessoas. Nesta linha de atuação, o fomento de networking é uma das valências do Projeto Sonae/Serralves, que visa encorajar o contacto entre artistas portugueses e internacionais. Estão programadas, entre outras, conversas dos artistas com turmas das escolas artísticas do Porto (Faculdade de Belas-Artes, Curso de Som e Imagem da Universidade Católica) e conversas abertas no Museu para um público mais alargado.Artistas revelam influênciasPatrícia Dauder (Barcelona, 1973), artista catalã conhecida sobretudo pelos seus desenhos abstratos, simultaneamente rigorosos e orgânicos, combinará desenho a grafite e pintura na sua intervenção para as paredes do restaurante, que aí permanecerão durante um ano. Na Sala Multiusos será organizada uma pequena mostra que apresenta desenhos, pinturas e uma escultura da artista. Carlos Bunga (Porto, 1975) artista português a viver em Barcelona há alguns anos, e reconhecido pelas instalações de grandes dimensões (recorrendo a materiais pobres, nomeadamente cartão e fita-cola, constrói autênticas arquiteturas, apesar de precárias e efémeras) confrontará a arquitetura de Álvaro Siza Vieira, eminentemente modernista, com formas que recordam bairros de lata, soluções arquitetónicas populares, frágeis, precárias. Em Serralves, o artista continuará a questionar noções de arquitetura e habitabilidade, mas também as fronteiras entre pintura, escultura e instalação. No hall do museu vamos todos poder experimentar a precariedade e os desafios bastante atuais do “viver em conjunto”. Uma obra de Carlos Bunga foi recentemente integrada na Coleção do MoMA, de Nova Iorque.(comunicado integral em anexo)Contacto:Diogo Simão DirectorM 351 93 652 86 39T 351 21 319 56 43F. 351 21 315 62 91ds@ban.ptAvª João Crisóstomo, 30 - 6º Esq1050-127 LisboaPORTUGALwww.ban.pt

Tags:

Sobre nós

Empresa de retalho.

Contactos

Subscrever