Projeto Sonae Serralves leva a arte às universidades

Haegue Yang, artista sul-coreana de grande reconhecimento internacional, vai dar a conhecer o seu trabalho e pensamento em duas conferências nas Faculdades de Belas Artes de Lisboa e Porto, nos próximos dias 23 e 24 de fevereiro.
 
O projeto Sonae|Serralves, que tem como objetivo promover a cultura e aproximar a comunidade à arte, vai dar a conhecer pela primeira vez ao público nacional Haegue Yang (Coreia do Sul, 1971), artista de grande reconhecimento internacional. Esta é a quarta vez que o projeto Sonae|Serralves convida um artista para criar obras de arte inéditas, este ano novamente em relação estreita com o contexto arquitetónico e natural de Serralves.
 
A sul coreana Haegue Yang vai criar uma nova obra a ser instalada no Parque de Serralves, que será inaugurada em junho de 2016. No âmbito do processo de criação dessa obra, Yang está em Portugal nos próximos dias 23 e 24 de fevereiro para duas conferências sobre o seu trabalho nas Faculdades de Belas Artes de Lisboa e do Porto.
 
Parte integrante do projeto Sonae|Serralves 2016 é também a seleção de três estudantes de Belas Artes portugueses para trabalharem de perto com a artista na produção da sua obra. Esses estudantes foram já escolhidos e são Nuno Pimenta, da Universidade do Porto, Pedro Piris Serrano, da Universidade de Lisboa e Tiago Costa, da Universidade de Évora.
 
Haegue Yang é uma das mais destacadas artistas da sua geração. O contexto e o local são aspetos fundamentais no seu trabalho. A sua linguagem escultural inclui objetos e materiais presentes nas nossas casas e no nosso quotidiano, como persianas, estendais de roupa, luzes decorativas, aquecedores, ambientadores, ventoinhas, que são a matéria-prima para a criação de espetaculares ambientes flutuantes e instalações povoadas por figuras totémicas, frequentemente concebidas como coreografias de movimento nas quais a escultura e o espectador são participantes ativos.
 
A artista criou trabalhos de grande dimensão para o pavilhão da Coreia do Sul na 53ª Bienal de Veneza em 2009, para o Kunsthaus Bregenz na Áustria e para o Leeum, Samsung Museum of Art de Seul, na Coreia. Os seus trabalhos de grande dimensão mais recentes são Approaching: Choreography Engineered in Never-Past Tense, uma vasta instalação cinética que foi construída na antiga estação de comboios de Kassel, na Alemanha, para a Documenta 13; e também An Opaque Wind, uma intervenção escultural ao ar livre produzida em 2015 para a 12ª Bienal de Sharjah, nos Emirados Árabes Unidos. O seu trabalho foi apresentado em exposições no MoMA, Nova Iorque (2015), no Solomon R. Guggenheim Museum, Nova Iorque (2015), no Museum of Modern and Contemporary Art, Estrasburgo (2013), no Institute of Contemporary Art, Boston (2013), no Haus der Kunst, Munique (2012), na Tate Modern, Londres (2012), no New Museum, Nova Iorque (2010) e no Walker Art Center, Minneapolis (2009), entre outros.

Mariana Pereira da SIlva, Coordenadora de Responsabilidade Corporativa da Sonae, afirma: “Na Sonae procuramos estimular a criatividade e inovação na sociedade, bem como fomentar a partilha do conhecimento através da cooperação entre o mundo académico e empresarial. O projeto Sonae | Serralves, ao promover o encontro entre uma artista conceituada a nível internacional, como é Haegue Yang, e os intervenientes do universo académico e criativo nacional, contribui para o cumprimento da nossa missão e serve como estímulo para um maior envolvimento de toda a sociedade civil na promoção da arte como forma de estímulo ao desenvolvimento social.”

23 FEV, 17h30
Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa
 
24 FEV, 18h00
Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, com a participação da Escola de Artes da Universidade de Évora
 
Biografia da artista
Haegue Yang nasceu na Coreia do Sul em 1971. Completou os seus estudos em Belas Artes em Seul e na conceituada Staedelschule em Frankfurt. O seu trabalho foi apresentado em exposições em: Leeum, Samsung Museum of Art, Seul (2015), MoMA, Nova Iorque (2015), Solomon R. Guggenheim Museum, Nova Iorque (2015), Bergen Kunsthalle, Bergen (2013), Museum of Modern and Contemporary Art, Estrasburgo (2013), Institute of Contemporary Art, Boston (2013), Haus der Kunst, Munique (2012), Tate Modern, Londres (2012), Aspen Art Museum, Aspen (2011), Arnolfini, Bristol (2011), New Museum, Nova Iorque (2010) e Walker Art Center, Minneapolis (2009).
Em 2009 Yang representou a Coreia do Sul na 53ª Bienal de Veneza. Em 2012 a artista participou na Documenta 13, em Kassel. Em 2015 foi artista residente no Atelier Calder, em Saché, França. Haegue Yang vive e trabalha entre Berlim e Seul. É professora de Belas Artes na Malmö Art Academy, na Suécia.
 
Sobre a Sonae
A Sonae é uma empresa de retalho, com duas grandes parcerias ao nível dos centros comerciais (Sonae Sierra) e das telecomunicações (NOS). Presente em mais de 70 países, a Sonae tem como objetivos estratégicos: a internacionalização, a diversificação do estilo de investimento e a alavancagem e reforço da base de ativos e competências.
A Sonae desenvolve uma política ativa de responsabilidade social e é Fundadora da Fundação de Serralves. A Sonae acredita que a sua atuação pode contribuir para a promoção do bem-estar social e cultural das comunidades onde está implantada. Assim, tem encorajado ao longo dos anos o desenvolvimento da cultura através do apoio a atividades, projetos e eventos organizados em parceria com outras organizações. A Sonae apoia a comunidade em seis áreas prioritárias: consciência ambiental, cultura, educação, saúde e desporto, ciência e inovação e solidariedade social.

Tags:

Sobre nós

Empresa de retalho.

Contactos

Subscrever

Media

Media