SONAE ACELERA CRESCIMENTO E MELHORA RENTABILIDADE OPERACIONAL EM TODOS OS NEGÓCIOS EM 2017

1. PRINCIPAIS DESTAQUES DO ANO DE 2017:

·         Volume de negócios consolidado aumenta 7,1% para €5.710 M, com todos os negócios a crescer

·         Melhoria da rentabilidade de todos os negócios, com aumento de 6,9% do EBITDA subjacente para €336 M

·         Resultado líquido atinge €166 M, não sendo diretamente comparável com o do ano anterior, nomeadamente devido ao efeito dos resultados não recorrentes

·         Dívida líquida diminui €103 M face ao período homólogo

·         Sonae reforça internacionalização e afirma-se como multinacional, estando em cerca de 90 países

Ângelo Paupério, Co-CEO da Sonae, afirma: “2017 foi um ano bom para os negócios da Sonae que continuaram a crescer a bom ritmo e progrediram significativamente no desenvolvimento da sua estratégia. Também a nível global evoluímos na construção de um portefólio de negócios mais autónomos, focados e flexíveis, preparados para actuar no mercado com elevados padrões de governação corporativa, nomeadamente como empresas cotadas ou integrando parcerias estratégicas.

Considerando o conjunto das empresas sob influência de controlo, o volume de negócios agregado cresceu 6,3% para 7,6 mil milhões de euros e o EBITDA também cresceu ultrapassando uma vez mais os mil milhões de euros.

No retalho, o volume de negócios aumentou 6,8% para 5,6 mil milhões de euros com contributo positivo de todas as áreas com destaque para o negócio de base alimentar que cresceu 5,4% e para a Worten que ultrapassou mil milhões de euros com crescimento anual superior a 10%. De realçar também a performance das vendas nas plataformas online que pela primeira vez se situou acima de 100 milhões de euros.

A Sonae Sierra, além de uma boa performance operacional, continuou a desenvolver novos projetos de centros comerciais como Cúcuta na Colômbia ou o Designer Outlet em Málaga e reforçou a área de prestação de serviços tendo criado o fundo ORES Socimi em parceria com o Bankinter.

Num contexto de mercado desafiante, a NOS continuou a superar expectativas melhorando a posição competitiva em todos os segmentos de mercado, liderando em inovação, melhorando rentabilidade e evidenciando crescente capacidade de gerar cash flow.

Na Sonae Financial Services o ano ficou marcado pelo significativo crescimento da base de cartões Universo, tendo em apenas dois anos ultrapassado os 600 mil cartões emitidos, que foram responsáveis por 13,2% das transações de cartões de crédito em dezembro em Portugal.

No sector de tecnologia para retalho e telecomunicações, a Sonae IM valorizou o seu portefólio, consolidou a sua liderança ibérica na área da Cibersegurança e afirmou-se como parceiro preferencial para empresas de tecnologia com projetos fortemente inovadores.

Continuamos a investir nas nossas avenidas de crescimento, em particular na área de saúde e bem-estar e a privilegiar parcerias que potenciem o valor dos nossos ativos como foi o caso da criação da ISRG (Iberian Sports Retail Group) no sector do desporto que ficou concluída já no início de 2018. 

O investimento global das empresas do perímetro de controlo atingiu 726 milhões de euros, sendo de 316 milhões de euros no âmbito das empresas que consolidam pelo método integral.

O bom desempenho operacional e financeiro do Grupo permitiu um alto nível de investimento e a manutenção de uma política de dividendos crescentes, ao mesmo tempo, que fortalecemos uma estrutura de capitais já sólida, com redução da dívida em 8,4% acompanhada do alargamento de maturidade e redução de custo.

Estamos assim preparados e confiantes para enfrentar os desafios do futuro, conscientes da qualidade da nossa equipa, do valor da cultura e do exemplo que nos foi deixado pelo Eng.º Belmiro de Azevedo, que temos como referência e que pretendemos honrar, cumprindo a nossa missão de criar valor económico e social levando os benefícios do progresso e da inovação a um número crescente de pessoas.”

(Comunicado integral em anexo)

Tags:

Sobre nós

Empresa de retalho.

Subscrever