SONAE E MNAC LANÇAM PRÉMIO PARA DISTINGUIR ARTISTAS EM NOVOS MEDIA

A Sonae, em parceria com o Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado [MNAC-MC], lança o Prémio Sonae Media Art , que tem como objetivo distinguir e divulgar criações artísticas na área da multimédia. O prémio bienal atribui um valor de 40 mil euros e está aberto a todos os artistas de nacionalidade portuguesa, residentes ou não em Portugal, com a idade máxima de 40 anos.
 
Esta iniciativa integra o acordo de mecenato celebrado entre a Sonae e o MNAC-MC no passado mês de fevereiro e enquadra-se na política de responsabilidade corporativa da Sonae, que procura promover a criatividade e a inovação, estimular novas tendências e aproximar a sociedade à arte, nomeadamente através de manifestações culturais de relevo que permitam experiências enriquecedoras de desenvolvimento pessoal e coletivo.
 
O prémio abrangerá as formas de criação contemporânea que vão desde a imagem ao som, incluindo a exploração do media vídeo, filme, computação, som e mixed-media, e em que outras formas de arte como a performance, a dança, o cinema, o teatro ou a literatura poderão ser incorporadas.
 
 
Candidaturas até 28 de novembro
 
O Prémio Sonae Media Art tem como principal objetivo afirmar-se como um incentivo à criação artística nacional na área da media art.
 
As candidaturas ao Prémio Sonae Media Art decorrem até 28 de novembro de 2014, devendo os artistas interessados enviar três obras para o MNAC-MC em suporte DVD, pen USB ou ficheiro MP4. Os trabalhos serão avaliados por um júri de seleção, composto por Sandra Vieira Jurgens (Crítica, historiadora de arte e editora); Natxo Checa (curador e produtor na galeria ZDB, Lisboa) e Emília Tavares (curadora da área de Fotografia e Novos Media do MNAC-MC). Os cinco artistas selecionados serão conhecidos durante o mês de dezembro e receberão uma bolsa de 5.000 euros para a criação de uma obra inédita, que será exposta no MNAC-MC em 2015.
 
O vencedor do Prémio Sonae Media Art será escolhido entre os cinco finalistas, através de uma avaliação das obras em exposição. O júri de premiação será constituído por: Lori Zippay (Diretora Executiva da Electronic Arts Intermix (EAI) em Nova Iorque); Marco Martins (cineasta) e David Santos (Diretor do MNAC-MC).
 
Luís Reis, CCCO da Sonae, afirma: “A Sonae está permanentemente a promover iniciativas que contribuam para cumprir a sua missão de promover os valores da criatividade e inovação na sociedade. O Prémio Sonae Media Art constitui um importante marco nesta estratégia, pois introduz em Portugal um novo estímulo para os artistas portugueses, que passam a poder ver reconhecido o seu trabalho ao mesmo tempo que beneficiam de incentivos à produção de novas obras.”
 
David Santos, diretor do MNAC-MC, realça: “Este prémio promovido pela Sonae e pelo MNAC-MC é inovador e constitui um marco histórico na vida artística nacional, abrindo novos horizontes aos artistas portugueses. O reconhecimento sobre a importância da media art está em crescendo a nível internacional e o Prémio Sonae Media Art vem contribuir para uma maior atenção sobre este contexto de produção artística no nosso país.”
 
(Comunicado integral e imagem relativa ao prémio em anexo)
 

Tags:

Sobre nós

Empresa de retalho.

Contactos

Subscrever

Media

Media