Manifestação pacífica corresponsabiliza munícipes pela limpeza urbana em Celorico de Basto

Durante o dia 25 de novembro, a SUMA sensibilizou a população geral presente na Feira de Santa Catarina, no âmbito do desenvolvimento da campanha de educação ambiental “Até quando está disposto a tolerar que os outros sujem o que também é seu?”, alertando para a necessidade de adoção de uma postura cívica no âmbito da limpeza urbana e para as consequências da não observância de simples rotinas, nomeadamente a nível do orçamento camarário destinado à manutenção desta área.
Vocacionada para a problemática da limpeza urbana em todos os seus aspetos e para a corresponsabilização dos munícipes na sua manutenção, a campanha “Até quando está disposto a tolerar que os outros sujem o que também é seu?” identificou e clarificou soluções simples para questões quotidianas, que todos devemos seguir e exigir que os outros também o façam, na utilização dos espaços públicos.

A mensagem, veiculada através de contacto pró-ativo junto de cerca de 100 alunos do ensino secundário, em ações de formação, foi ainda reforçada com a realização de 2 manifestações pacíficas na Feira de Santa Catarina, com a participação dos jovens intervencionados, na qual foram distribuídos, pela população, sacos reutilizáveis, que esquematizam de forma apelativa toda a informação veiculada.

Sobre a SUMA:

Com duas décadas de experiência consolidada ao serviço do Ambiente e das populações, a SUMA detém, desde a sua origem, a posição de liderança no setor, e três dezenas de empresas dedicadas a assegurar a excelência na gestão integrada do ciclo de vida dos resíduos. A sua estratégia de crescimento sustentado e de implantação geográfica dentro e fora de Portugal materializa-se num ambicioso projeto de internacionalização, já iniciado nos mercados da Europa Central e África. Reconhecida publicamente como “Empresa de Gestão Exemplar”, a SUMA reinventa-se numa Política de compromisso para a Sustentabilidade, estruturando-se num sólido percurso de investimento em Qualidade Incremental, Formação Profissional, Dignificação do Setor de Atuação, Responsabilidade Social e Educação para a Cidadania.

Sobre Educação e Sensibilização Ambiental:

O património detido pela SUMA, ímpar em Portugal nesta área, a nível dos organismos privados ou públicos, traduz-se em mais de quatro centenas de ações, concebidas e concretizadas no terreno; Programas de Educação Ambiental, vocacionados para intervenções mais consolidadas e abrangentes; e Unidades Móveis de Sensibilização – LIXOTECA®, REUTILÂNDIA® e CIDADÓMETRO® e ECOSCÓPIO®, projetos itinerantes de caráter único no País, amplamente difundidos nos Órgãos de Comunicação Social, que potenciam a aquisição de competências individuais de Cidadania Ativa relacionadas com a utilização dos espaços e equipamentos públicos.

Tida como um compromisso de rigor e enquadrada na Política de Qualidade incremental da SUMA, a área de Educação e Sensibilização Ambiental é atualmente objeto de certificação pela APCER, segundo as normas de Qualidade, Ambiente e Segurança.

Tags:

Sobre nós

Atua nas áreas da recolha de resíduos, limpeza urbana, gestão e tratamento de resíduos, análises laboratoriais, educação ambiental. Procura promover a Cidadania Activa e atuar numa perspetiva de mudança, desenvolvimento e Responsabilidade Social.

Subscrever

Media

Media