NOVO TERMINAL 2 DE HEATHROW – A NOVA CASA DA STAR ALLIANCE EM LONDRES

O novo Terminal 2 - a casa da Star Alliance - no aeroporto londrino de Heathrow, foi hoje inaugurado formalmente pela Rainha Isabel II, com o descerramento, na ocasião, de placa comemorativa que designa a estrutura como "Terminal 2 - o Terminal da Rainha", em reconhecimento pela sua relação de longa data com esse aeroporto.

A Rainha de Inglaterra, que celebrou no ano passado o 60º aniversário da sua coroação, inaugurou também o anterior edifício do terminal 2, que ocupava em 1955 o mesmo local do terminal especialmente construído agora.

O novo terminal 2 de Heathrow iniciou a sua operação nos primeiros dias deste mês, e vai abrigar todas as 23 companhias aéreas da Star Alliance que servem o único hub da aliança no Reino Unido, entre as quais a TAP. Até à data, a United, a Air Canada, Air China e a ANA iniciaram as suas operações, com êxito, no novo terminal, estando prevista a mudança gradual das restantes companhias até Novembro. Este calendário assegurará que cada companhia faça a respetiva mudança para as novas instalações tão comodamente quanto possível para os seus passageiros.

Mark Schwab, o CEO da Star Alliance, afirmou: " É extraordinário ver este novo terminal tornar-se, na realidade, a nossa casa em Heathrow, depois de muitos anos de um cuidadoso planeamento e construção. Sentimo-nos honrados com o facto de Sua Majestade a Rainha ter concedido o seu nome a esta nova e fantástica estrutura que proporcionará a prestação de um serviço de excelência aos clientes da Star Alliance neste importante hub."

Por seu turno, John Holland-Kaye, Director de Desenvolvimento de Heathrow e CEO em exercício, disse: " Heathrow está encantado por dar as boas-vindas a Sua Majestade na inauguração do novo terminal aeroportuário. Hoje é o dia em que celebramos o trabalho extraordinário de inúmeras pessoas e organizações de todo o país com vista a erigir a nova porta de entrada do Reino Unido."
" A construção do novo Terminal da Rainha é o culminar de um programa de investimento privado da ordem dos 11 mil milhões de libras, que se materializou num hub de categoria mundial de que o Reino Unido pode orgulhar-se", acrescentou.

O aeroporto de Heathrow deu as boas-vindas à Rainha e ao Duque de Edimburgo numa cerimónia de inauguração que contou com mais de 1.000 pessoas, abrangendo aqueles que trabalharam na construção do edifício e os que compõem a equipa que está agora ao serviço no novo terminal. A Rainha Isabel II descerrou um placa comemorativa que, mais tarde, será colocada numa área pública do edifício exposta aos olhares dos passageiros e trabalhadores. O Ministro Britânico dos Transportes, Patrick McLoughlin, proferiu, na ocasião, um breve discurso.

Durante a sua visita ao novo terminal, a Rainha conheceu várias personalidades, entre as quais, o Presidente, CEO e Director de Desenvolvimento do Aeroporto de Heathrow, os CEO das companhias da Star Alliance, Luís Vidal, o arquiteto que concebeu e liderou o projeto do Terminal 2, um grupo de proeminentes representantes do sector do retalho britânico que abriram recentemente espaços no novo terminal, e Richard Wilson, o designer da artística instalação escultórica, designada Slipstream, que se eleva sobre o hall principal do terminal, além de vários representantes de empresas de toda a Grã-Bretanha que fizeram parte da equipa de construção.

As 23 companhias aéreas da Star Alliance que operam em Heathrow representam mais de 20 por cento do tráfego deste aeroporto. Esta é a primeira vez que todas as companhias da aliança estarão localizadas num único terminal em Heathrow, oferecendo uma experiência de viagem de nível superior aos passageiros, assim como novas oportunidades de negócio para as companhias membro e um ambiente de trabalho melhor aos seus trabalhadores.

À partida do Terminal 2, as companhias da Star Alliance - Aegean Airlines, Air Canada, Air China, Air New Zealand, ANA, Asiana Airlines, Austrian, Avianca, Brussels Airlines, Croatia Airlines, EGYPTAIR, Ethiopian Airlines, EVA Air, LOT Polish Airlines, Lufthansa, Scandinavian Airlines, Singapore Airlines, South African Airways, SWISS, TAP Portugal, Turkish Airlines, THAI e United - oferecerão mais de 120 voos por dia para 45 destinos em 25 países em todo o mundo, a partir dos quais é assegurado o acesso à rede global da Star Alliance com 1.269 destinos.
Mais informação sobre o Terminal 2 de Heathrow disponível em: www.heathrow.com/t2 .

Nota: foto em anexo.

Créditos: Star Alliance, fotógrafo Ted Fahn.
Legenda: “Trabalhadores fardados das companhias-membro da Star Alliance frente à entrada para o Terminal 2: The Queen's Terminal”

Acerca da Star Alliance
A rede da Star Alliance foi constituída em 1997 como a primeira aliança de companhias aéreas verdadeiramente global, oferecendo alcance mundial, reconhecimento e consistência de serviço aos viajantes internacionais. A sua aceitação pelo mercado tem sido reconhecida com a atribuição de numerosos prémios, designadamente, o de Liderança do Mercado da Air Transport World e o de Melhor Aliança de Companhias Aéreas, atribuído pela Revista Business Traveller e pela Skytrax. Integram a aliança as seguintes companhias: Adria Airways, Aegean Airlines, Air Canada, Air China, Air New Zealand, ANA, Asiana Airlines, Austrian, Avianca, Brussels Airlines, Copa Airlines, Croatia Airlines, EGYPTAIR, Ethiopian Airlines, EVA Air, LOT Polish Airlines, Lufthansa, Scandinavian Airlines, Shenzhen Airlines, Singapore Airlines, South African Airways, SWISS, TAP Portugal, Turkish Airlines, THAI e United. Anunciada a futura adesão da Air India, devendo a Avianca Brasil juntar-se à aliança ao abrigo do estatuto de companhia-membro da Avianca. Globalmente, a rede da Star Alliance oferece mais de 18.000 voos diários para 1.269 aeroportos em 193 países.

Tags:

Sobre nós

Transportadora aérea portuguesa.

Subscrever

Media

Media