Figurinos de produções do TNSJ podem ser conhecidos até setembro

Iniciativa: Peças em Peças: do figurar e do trajar

Locais: Museu Nacional do Teatro e da Dança

Data: Até dia 30 de setembro

Preço:

Quatro euros

O período de visita da exposição Peças em Peças: do figurar e do trajar – que resultou de uma parceria entre o Museu Nacional do Traje e o Museu Nacional do Teatro e da Dança, o Teatro Nacional de São João (TNSJ) e a Escola Superior de Arte e Design (ESAD), de Matosinhos – foi prolongado até ao final de setembro, mas agora só no espaço do Museu Nacional do Teatro e da Dança.

Com o objetivo de dar a conhecer a história por detrás dos figuros de espetáculos produzidos no TNSJ, a exposição acolhida inicialmente pelos dois museus nacionais – desde janeiro, em Lisboa – explora a relação entre o design de moda e o desenho de figurinos, apresentando ainda objetos de cena e outras peças baseadas na imagem e no som das produções.

No Museu Nacional do Teatro e da Dança encontram-se os figurinos de António Lagarto nos espetáculos Castro (2003), Madame (2000), e Turn of the Screw (2001); as criações de Bernardo Monteiro nas peças Turismo Infinito (2007) e Gertrude (2013); e os “trajes teatrais” de Alma (2012), da responsabilidade de Nuno Carinhas, atual diretor artístico do TNSJ que também assinou a encenação. A exposição pode ser visitada de terça-feira a domingo, entre as 10h00 e as 18h00. O bilhete tem o preço de quatro euros.

O Teatro Nacional São João (TNSJ) é, desde 2007, uma Entidade Pública Empresarial, assumindo ainda a responsabilidade da gestão de mais dois espaços culturais da cidade do Porto: Teatro Carlos Alberto e Mosteiro São Bento da Vitória. O TNSJ é o único membro português na União dos Teatros da Europa (UTE), organização que congrega alguns dos mais importantes teatros públicos do espaço europeu, integrando o Conselho de Administração da entidade.

Tags:

Sobre nós

Entidade Pública Empresarial que, no âmbito da sua missão de serviço público, tem como principais objectivos a criação e apresentação de espectáculos de teatro, dos vários géneros, segundo padrões de excelência artística e técnica, e a promoção do contacto regular dos públicos com as obras referenciais, clássicas e contemporâneas, do repertório dramático nacional e universal.

Subscrever

Media

Media