Leituras no Mosteiro encerram trimestre dedicado a Edward Bond

Obra: Dia de Marte
Autor: Edward Bond
Local: Mosteiro de São Bento da Vitória, no Porto
Horário: 21h00
Entrada gratuita
 
É já na terça-feira, dia 15 de março, que o Centro de Documentação do Teatro Nacional São João, no Mosteiro de São Bento da Vitória, no Porto, recebe a última sessão das Leituras no Mosteiro dedicada a Edward Bond. O texto a ser analisado é Dia de Marte , obra que faz parte do conjunto de peças que o dramaturgo britânico tem vindo a escrever para públicos mais jovens e onde aborda, sem paternalismos ou infantilismos, os temas das suas peças para “adultos”. Tónan Quito que, em 2005, fez parte do elenco da peça homónima encenada por António Fonseca numa coprodução Teatro da Cornucópia e o projeto Quarto Período-o-do-Prazer, é o convidado especial da sessão.
 
Estreada em 1993 pela BBC Schools Television, Dia de Marte mostra-nos uma criança que atravessa um campo de batalha, uma espécie de metáfora para o assassinato da infância em tempo de guerra. Edward Bond foi revelado pelo Royal Court no início dos anos 60 e é autor de mais de cerca de 50 peças de teatro, tendo sido uma figura essencial para a abolição da censura no teatro no Reino Unido. Bond é considerado um dos mais importantes dramaturgos vivos. Leituras no Mosteiro – iniciativa promovida pelo TNSJ – têm coordenação de Nuno M. Cardoso e Paula Braga e decorrem às 21h00, com entrada gratuita.
 
O Centro de Documentação do TNSJ foi fundado no ano 2000. O espaço integra um Arquivo, um núcleo essencial para os investigadores dos campos cénicos e para a preservação de documentos como registos vídeos de espetáculos, textos de teatro, dossiês fotográficos ou materiais promocionais das peças do TNSJ. Localizado no Mosteiro de São Bento da Vitória, contempla ainda uma Biblioteca considerada a melhor em Portugal no que toca às artes performativas. Disponibiliza gratuitamente a consulta de cinco mil livros, além de compilar vídeos, filmes e documentários sobre teatro e dança, óperas dirigidas por encenadores relevante, e ficheiros de teatro radiofónico. O Centro de Documentação está aberto ao público de segunda a sexta-feira, entre as 14h30 e as 18h00.

O Teatro Nacional São João (TNSJ) é, desde 2007, uma Entidade Pública Empresarial, assumindo ainda a responsabilidade da gestão de mais dois espaços culturais da cidade do Porto: Teatro Carlos Alberto e Mosteiro São Bento da Vitória. Em 2015, o TNSJ fechou o ano com mais de 105 mil espectadores, considerando as digressões nacionais e internacionais, e integrou na sua programação global mais de 60 espetáculos. O TNSJ é o único membro português na União dos Teatros da Europa (UTE), organização que congrega alguns dos mais importantes teatros públicos do espaço europeu, integrando o Conselho de Administração da entidade.

Tags:

Sobre nós

Entidade Pública Empresarial que, no âmbito da sua missão de serviço público, tem como principais objectivos a criação e apresentação de espectáculos de teatro, dos vários géneros, segundo padrões de excelência artística e técnica, e a promoção do contacto regular dos públicos com as obras referenciais, clássicas e contemporâneas, do repertório dramático nacional e universal.

Subscrever

Media

Media