PROPOSTAS CULTURAIS PARA TODOS OS PÚBLICOS NO TEATRO VIRIATO

Música, teatro, palestras e dança prometem povoar o mês de junho no Teatro Viriato com propostas culturais para todos os públicos.

Na área da Música, o Teatro Viriato acolhe a apresentação do novo álbum dos Tranglomango (08 de junho). Intitulado Virgínia, este é um álbum que dá a conhecer a viagem que o coletivo fez desde 2015 até à data. O imaginário popular e a tradição continuam a ser inspiração e ponto de partida para este novo trabalho, mas sem nunca esquecer as influências mais rockeiras.

Na área do Teatro realce para a peça Órfãos (30 de junho), de Dennis Kelly, com encenação de Tiago Guedes. Uma história de suspense contemporânea, que se centra nas questões de violência e de como esta se impõe nas nossas vidas. Com um elenco de nomes sonantes do teatro português, destaque para o ator Romeu Costa, que recebeu o Prémio Melhor Ator pela sua interpretação em Órfãos, atribuído pela SPA.

Resultado de uma colaboração entre o Teatro Viriato e a ordem dos Advogados, O Teatro e a Justiça (14 de junho) é uma palestra performativa com Álvaro Laborinho Lúcio e que tem por base o texto do monólogo de Anton Tchekhov. Sónia Barbosa (encenadora) e Guilherme Figueiredo (Ordem dos Advogados) intervêm também nesta palestra.

Para os mais pequenos, o Teatro Viriato propõe uma visita performance (02, 04 e 05 de junho) com Sónia Barbosa, que dá a conhecer o Teatro De pernas para fora e de pernas para o ar (e para o chão). Esta visita revela os lugares mágicos e os recantos que muitas vezes estão escondidos aos olhares do público. Nos dias 12 e 13 de junho, a coreógrafa Leonor Keil apresenta Bianca Branca, uma coreografia que partilha de forma empolgante, os pequenos prazeres, sonhos e medos de Bianca.

A Escola de Dança Lugar Presente volta uma vez mais a encerrar o ano letivo no Teatro Viriato ao apresentar o trabalho desenvolvido ao longo das aulas. Este ano, a escola procurará celebrar e homenagear os magníficos artistas do século XX (24 a 28 de junho). O programa de apresentações inclui ainda a criação coreográfica da autoria de António Cabrita, que será interpretada pelos alunos finalistas do curso de dança.

Sobre nós

O Teatro Viriato visa fomentar a participação da população da Cidade de Viseu na atualidade artística.

Subscrever

Media

Media