MISTERIO DEL CRISTO DE LOS GASCONES ENCHE POR COMPLETO A IGREJA MATRIZ DE GRÂNDOLA

Este sábado, a bela igreja matriz de Grândola tornou-se pequena para as mais de 500 pessoas que rapidamente lotaram o espaço para assistir à peça emblemática da Companhia espanhola Nao d'Amores, Misterio del Cristo de los Gascones. O início da semana Santa ficou, assim, marcado por um momento único e intimista, onde os espectadores nacionais e estrangeiros tiveram oportunidade de assistir ao primeiro espectáculo dramático promovido pelo Terras Sem Sombra, integrado na 10.ª edição deste festival de música sacra do Baixo Alentejo.

A entrada do Cristo de los Gascones em braços, coberto por vestes brancas, deu início à interpretação do repertório medieval e renascentista, a partir de textos que foram lembrando os diferentes momentos da Vida e Paixão de Jesus, desde o Nascimento à Morte e à Ressurreição. A alternância entre fortes picos dramáticos e pequenos apontamentos ilustrou bem a tipicidade tragicómica do teatro espanhol. “Temos em palco quatro actores-manipuladores e quatro músicos, mas o destaque vai para a presença do Cristo de los Gascones, uma réplica de um escultura do período românico que, apesar de ser de madeira, ganha vida em cena", explicou a encenadora Ana Zamora.

No dia seguinte, foi a vez de os participantes prestarem homenagem à Árvore Nacional de Portugal, o sobreiro. Com a participação especial da Eco-Escola das Ameiras, duas dezenas de crianças dos 3 aos 10 anos exploraram o potencial biodiverso do montado de sobro, na Herdade das Barradas da Serra, acompanhados por especialistas do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), e pelas demais pessoas que se quiseram juntar à iniciativa.

Assegurar a renovação do Montado de Sobro foi o mote para uma acção de sensibilização em torno das técnicas de conservação do solo, da água e do sistema radicular dos sobreiros, que contou com o apoio da Santa Casa da Misericórdia de Grândola.

The Hilliard Ensemble termina 40 anos de carreira em Santiago do Cacém

No ano em que se testemunha a celebração do 40.º aniversário de The Hilliard Ensemble, o grupo inglês despede-se da carreira musical no dia 26 de Abril, na igreja matriz de Santiago do Cacém, elegendo o terceiro concerto da 10.ª edição do ‘Terras Sem Sombra’ para o efeito.

A manhã do dia seguinte será dedicada às potencialidades ecoturísticas do litoral português, numa acção levada a cabo com apoio do ICNF, na Reserva Natural das Lagoas de Santo André e Sancha.

Faça download da nota de imprensa em Word: http://festivalterrassemsombra.org/wp-content/uploads/2014/04/Misterio-del-Cristo-de-los-Gascones-enche-por-completo-a-igreja-matriz-de-Grândola.doc

O site oficial do Festival Terras Sem Sombra dispõe de uma sala de imprensa. Consulte em: http://festivalterrassemsombra.org/sala-imprensa

Download de imagens:

1. Nao d’Amores apresentou na igreja matriz de Grândola, Misterio del Cristo de los Gascones (créditos: Imagens de Luz):
http://festivalterrassemsombra.org/wp-content/uploads/2014/04/032.jpg

2. O destaque do espectáculo vai para a presença do Cristo de los Gascones, uma escultura que, apesar de ser de madeira, ganha vida em cena (créditos: Imagens de Luz):
http://festivalterrassemsombra.org/wp-content/uploads/2014/04/107.jpg

3. No dia seguinte, foi a vez de os participantes prestarem homenagem à Árvore Nacional de Portugal, o sobreiro (créditos: Imagens de Luz):
http://festivalterrassemsombra.org/wp-content/uploads/2014/04/067.jpg

4. Duas dezenas de crianças dos 3 aos 10 anos exploraram o potencial biodiverso do montado de sobro, na Herdade das Barradas da Serra (créditos: Imagens de Luz):
http://festivalterrassemsombra.org/wp-content/uploads/2014/04/040.jpg

Material institucional:

1. Logótipo do 10.º Festival Terras Sem Sombra:
http://festivalterrassemsombra.org/wp-content/uploads/2014/03/Logo_FTSS_2014.jpg

2. Programa da 10.ª edição do Festival Terras Sem Sombra:
http://festivalterrassemsombra.org/wp-content/uploads/2014/03/mailing-geral-TSS-2014.jpg

3. Programação das actividades de Salvaguarda da Biodiversidade promovidas pelo Festival Terras Sem Sombra:

http://festivalterrassemsombra.org/wp-content/uploads/2014/03/mailing-biodiversidadeTSS-2014.jpg

Tags:

Sobre nós

Fundado em 2003, é uma iniciativa da sociedade civil que visa tornar acessíveis, a um público alargado, os monumentos religiosos da Diocese de Beja, como locais privilegiados – pela história, pela arte, pela acústica – para a fruição da música sacra.

Subscrever