TIMBERLAND, A MARCA LÍDER DE VESTUÁRIO E CALÇADO PARA O AR LIVRE, PROCURA ATIVAMENTE INFRAÇÕES AOS SEUS DESIGNS E PATENTES

De forma a proteger um dos seus ativos mais valiosos - a sua propriedade intelectual - a Timberland adotou medidas severas para impedir que o design e a tecnologia do seu calçado sejam copiados pelos seus concorrentes. Porém, isto não deve ser confundido com contrafação, mas antes entendido pela prática, por parte de outras marcas, de copiarem e usarem designs e tecnologias da Timberland nos seus próprios produtos.

Recentemente, a Timberland instruiu um concelho externo de propriedade intelectual para tomar medidas legais severas contra todas as violações aos seus produtos no mercado e já obteve várias “vitórias” por todo o mundo, em especial na região EMEA.

Ao longo do último ano, a Timberland limitou consideravelmente os danos à sua marca e negócio, impedindo a venda de imitações dos seus estilos de calçado icónicos no Reino Unido, França, Bélgica, Alemanha, Itália e Portugal. Infrações específicas estiveram relacionadas com marcas de calçado como Kenniston, Courmayeur, Radford e FlyRoam Wedge, bem como com as suas plataformas tecnológicas, incluindo as tecnologias Sensorflex e Aerocore.

“As nossas patentes e marcas registadas são fundamentais para tornar a marca e os produtos Timberland únicos e desejáveis no mercado”, disse Kristine Marvin, Diretora Geral da Timberland. “Estamos completamente focados em atender e superar as expectativas dos nossos clientes fiéis através do desenvolvimento de designs e tecnologias inovadoras. Temos tolerância zero para outros tirarem partido do trabalho árduo da nossa talentosa equipa.”

A Timberland comprometeu-se a dar início a medidas legais contra todas as empresas que no futuro infrinjam a propriedade intelectual da marca.

Tags:

Sobre nós

Comercialização de calçado, vestuário e assessórios.

Subscrever