Consórcio CoimbraHealth assume presidência da Cimeira Mundial de Saúde e da M8 Alliance

O reitor da Universidade de Coimbra (UC), João Gabriel Silva, e o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), Fernando Regateiro, assumiram a presidência da World Health Summit (Cimeira Mundial da Saúde) e da M8 Alliance, considerado o G8 da Saúde.
 
A cerimónia de tomada de posse do cargo realizou-se esta terça-feira, 17 de outubro, em Berlim, na Alemanha.
 
Ao assumirem a copresidência do grupo dos melhores do mundo na área da saúde, João Gabriel Silva sublinha que « o posicionamento da Universidade de Coimbra como Universidade Global fica mais sólido, sendo um grande reforço da necessidade de usarmos sempre patamares de qualidade global », e Fernando Regateiro salienta « o reforço da projeção internacional do CHUC, a par do reconhecimento do elevado nível dos seus profissionais e dos cuidados de saúde que prestam ».
 
A World Health Summit é a conferência anual da M8 Alliance - uma associação internacional que tem como missão principal a melhoria da saúde a nível global. Reúne investigadores, profissionais de saúde, decisores políticos, organizações não-governamentais (ONGs) e organizações de saúde.
 
Portugal está representado na WHS|M8 Alliance através do CoimbraHealth – Centro Académico e Clínico de Coimbra -, um consórcio entre a Universidade de Coimbra e o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.
 
Este consórcio vai organizar a Conferência Intercalar da Cimeira Mundial de Saúde de 2018, que irá decorrer a 19 e 20 de Abril, em Coimbra, dedicada ao tema da "Medicina de Fronteira", onde a prestação de cuidados de saúde é feita em condições adversas, quer por se tratar de zonas subdesenvolvidas, quer por haver situações de guerra e pós-guerra, fluxos de refugiados, alterações climáticas e pandemias. São esperados cerca de 700 especialistas provenientes de todo o mundo.
 
Os tópicos principais em análise serão: as abordagens das doenças infecciosas nos países em desenvolvimento; as políticas globais de saúde que melhor respondem às necessidades desses países; os desafios e as oportunidades associadas à translação da inovação para os cuidados de saúde; e ainda, num mundo em mudança, o melhor modo de fazer educação médica e biomédica.

Tags:

Sobre nós

Instituição superior de ensino público.

Subscrever