World Life Experience – Travel, Discover and Share with the World

Uma experiência única de um ano a viajar; descobrir, partilhar, aliada a um motivador e singular trabalho em equipa, associando uma boa forma de apoiar causas sociais e humanitárias: Este era o cenário perfeito para os dois fundadores do World Life Experience fazerem desta uma ideia e projeto cheio de potencialidades.

Ambos portugueses, os dois empreendedores, Pedro Tinoco e António Coelho Dias representam a empresa privada, TOP EXPERIENCE, lda., sediada em Lisboa, Portugal e que é responsável pela promoção e organização do evento associado ao projeto World Life Experience .

Também diretores executivos do projeto, acreditaram que era possível desenvolver um projeto sustentável e que permitisse associar uma componente comercial com uma temática impactante, a outra voltada para a responsabilidade social com um papel social muito ativo.

 

Pedro Tinoco e António Coelho Dias  Fundadores e Diretores Executivos do projeto World Life Experience.

Tudo começa com uma ideia de  António Coelho Dias.

“Procurava uma ideia que tivesse um impacto verdadeiramente positivo na sociedade”. Explica António Coelho Dias

Era uma ideia que precisava de ser ainda desenvolvida e esta jornada não faria sentido sem o meu amigo Pedro Tinoco.” Acrescenta António Coelho Dias

“Quando o António me falou sobre esta ideia, achei imediatamente que teria um grande potencial de ligação com as pessoas e que iria ter o impacto na sociedade que se pretendia. Disse-lhe imediatamente que juntos conseguiríamos desenvolver e implementar esta grande ideia.” explica  Pedro Tinoco .

“Lançámos o projeto em Abril 2017 e apesar de acharmos que teria interesse do público, não esperávamos o impacto mediático internacional que está a ter nesta altura. Temos tido muitíssimos interessados no projeto, desde candidatos a potenciais parceiros, e estamos preparados para a forte adesão. Mas como em tudo na vida tivemos de nos adaptar rapidamente a este crescimento e acolhimento e pedimos desculpa a algum público pela espera nos nossos contactos resposta.” Acrescenta Pedro Tinoco.

“Estamos muito contentes, iremos realizar um grande evento e um projeto verdadeiramente global” Explica António Coelho Dias.

Os fundadores acrescentam que para além da experiencia em si, querem também ajudar apoiando causas e missões sociais, e querem mostrar ao mundo que é possível fazê-lo com o apoio do público e dos parceiros.

“Podíamos fazer tudo isto sem associar esta componente de apoio social, mas isso não faria sentido para nós”. O projeto vai certamente deixar a sua marca em todos os destinos por onde World Life Experience vai passar.” Acrescentam os fundadores.

“Todo este percurso só foi possível com o apoio dos nossos parceiros operacionais que entraram neste projeto com a maior abertura e vontade de ajudar. Criamos um processo de seleção profissional isento; desenvolver conteúdos que se identificassem com o nosso ADN e ter processos que permitissem comunicar e apresentar este projeto ao público. Escolhemos boas empresas e pessoas para nos ajudar.” Acrescentam os fundadores

A equipa World Life Experience está preparada para disponibilizar uma verdadeira experiencia ao grupo de participantes, ao mundo e cumprir com todos os objetivos propostos.

“O acolhimento do público tem sido enorme e muito positivo. Agradecemos muito a todos.” Acrescentam os fundadores

Foto: Pedro Tinoco e António Coelho Dias.  Fundadores e Diretores Executivos do projeto World Life Experience .

 

NOTA DE ESCLARECIMENTOS ADICIONAIS

“Como em qualquer outro projeto, existe também a crítica. Acolhemos todas elas e para a dúvida de alguns, este é sim um projeto real, e só podemos responder que os projetos são feitos por pessoas, e este é concretizado por uma equipa de pessoas que farão com que um grupo tenha uma ótima experiência e fará chegar ao público um evento impar. Um projeto real e que vai ser concretizado.” Explicam os fundadores

“Temos recebido muitos milhares de e-mails, mensagens e tido muita interação nas nossos redes sociais, e isso é muito positivo. Mas algumas dúvidas se punham sobre o projeto, a sua existência e objetivos, a sua relação com os parceiros e ONGs, e muitas pessoas contactaram os nossos parceiros a questionar.” Acrescentam

“Tivemos por isso de tomar algumas decisões em conjunto com os nossos parceiros operacionais, nomeadamente para evitar que estes fossem contactados por centenas de pessoas com questões relacionadas com a organização do evento, o que tem vindo a acontecer. Daí termos ocultado do nosso site 3 dos nossos parceiros operacionais.” Explica Pedo Tinoco. 

“Este é um projeto aberto ao mundo, que está presente com objetivos claros e as nossas parcerias operacionais são humanizadas, por isso naturalmente desenvolvidas com as delegação portuguesa das empresas e marcas envolvidas, e é também por isso que temos presente algumas críticas nas redes sociais.”

Dizem que é preciso compreender que apesar da mediatização deste projeto, as delegações dos nossos parceiros em alguns outros países podem desconhecer a parceria desenvolvida, afinal o mundo não é assim tão pequeno e por um motivo ou outro acontece, e dessa forma podem levar ao engano algum público.

Está já também presente em alguma imprensa a transcrição de respostas de e-mail dadas pelos nossos parceiros sediados em Portugal que diretamente fizeram chegar à imprensa via resposta a solicitações e dúvidas, confirmando naturalmente esta ligação ao projeto. 

Os fundadores explicam também que a sua ligação às 6 ONGs é criada porque as escolheram para doarem cerca de 30% da receita proveniente do fee de candidatura ao evento.

 “Selecionámos ONGs que achámos interessantes escolher pela sua área de atuação e missão, e porque queremos ajudar. A forma encontrada foi envolver também as pessoas que se juntam a este projeto. Fazia todo o sentido ser assim.” Acrescenta Pedro Tinoco

As empresas que promovem experiências locais, e marcas ligadas à atividade do projeto em cada país de destino, estão a desenvolver parcerias connosco em modelos de parceria interessantes também com uma participação social. As doações são feitas semanalmente às ONG internacionais que escolhemos e de acordo com as candidaturas que vamos tendo. Posteriormente também a organizações e associações locais em cada país com a participação dos parceiros que serão anunciados. Vamos publicar tudo isso em breve e teremos também publicadas todas as nossas doações.” Explica.

Saber mais sobre World Life Experience: www.worldlifeexperience.com - www.facebook.com/worldlifeexperience.oficial

Tags:

Sobre nós

A World Life Experience leva um grupo de 12 pessoas de várias partes do globo para viajar por 40 países, descobrindo diferentes formas de vida, colaborando com organizações locais de ação social e compartilhando ideias sobre o que vivenciam.

Subscrever

Media

Media