UM ANO DE FILMINHOS INFANTIS À SOLTA PELO PAÍS

“Filminhos à Solta pelo País” é um projecto que consiste em levar programas de curtas-metragens às crianças de todo o país, seja com as famílias ou com as suas escolas.
O objectivo desta iniciativa é permitir que as crianças entre os 4 e os 10 anos de idade tenham acesso a cinema de qualidade indiscutível, mas que, acima de tudo, compreendam que a partir do visionamento de filmes divertidos é possível discutir temáticas interessantes, importantes e úteis para o seu desenvolvimento enquanto pessoas mais completas e informadas.
Pretende-se, portanto, que os mais pequenos possam aprender que o cinema não é apenas entretenimento, mas que também não tem de ser aborrecido e que os pais ou professores tenham todo o apoio na exploração dos conteúdos tratados nos vários filmes que compõem cada sessão, através de uma ficha pedagógica que lhes é facultada com o objectivo de os ajudar nesse sentido.
Para que isto fosse possível foi criada e desenvolvida uma rede informal de espaços que acolhem mensalmente estas sessões, da qual fazem parte, por exemplo, o Centro Cultural da Malaposta, em Odivelas, o Museu Berardo, em Belém, o Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra ou o Teatro Faialense, nos Açores, entre muitos outros.
Em Janeiro de 2015 esta rede completou o seu primeiro ano de existência com um crescimento assinalável: se no primeiro mês de actividade (Janeiro de 2014) foram realizadas 6 sessões em 5 espaços parceiros de 4 cidades diferentes (Lisboa, Cascais, Fundão e Portimão), um ano depois, no passado mês de Janeiro, foram realizadas 20 sessões em 11 espaços parceiros de 9 cidades (Lisboa, Odivelas, Barreiro, Cartaxo, Faial, Coimbra, Moita, Sesimbra e Tomar). Verificou-se, portanto, um aumento exponencial do número de sessões, parceiros e cidades portuguesas abrangidas pelo projecto.
No que respeita ao número de espectadores, durante os primeiros onze meses de actividade (em agosto não se fizeram sessões), foram contabilizadas 7.021 entradas num total de 123 sessões de Filminhos. Comparando os meses homólogos de Janeiro de 2014 e Janeiro de 2015, obtemos uma perspectiva evolutiva que nos dá uma melhor noção do crescimento e dimensão do projecto:
- Em Janeiro de 2014 foi feita uma sessão para escolas, com 75 crianças e professores presentes. Em Janeiro de 2015, estiveram presentes 681 crianças e professores em 6 sessões escolares.
- No que diz respeito às sessões para famílias, em Janeiro de 2014 estiveram 221 pais e filhos em 5 sessões. Em Janeiro de 2015, os filminhos foram vistos por 699 pais e filhos em 15 sessões.
Os programas mensais e rede de parceiros que os acolhem podem ser consultados no site http://zeroemcomportamento.org . Para mais informações pode também contactar a Zero em Comportamento através do correio electrónico projectos@zeroemcomportamento.org ou do telefone 213 160 057.

Tags:

Sobre nós

Associação Cultural criada em 2001 e que se afirma como uma alternativa à exibição comercial de cinema em Lisboa, apostando na reposição de filmes e, principalmente, na apresentação de títulos inéditos em Portugal.

Subscrever