Prémio Inovação Ageas 2016 – “Novo Mundo” apresentado na Universidade de Aveiro

A Ageas Seguros, com o apoio da Universidade de Aveiro, apresenta o Prémio Inovação Ageas 2016 - “Novo Mundo”, no próximo dia 19 de outubro, pelas 14h30, na Sala do Senado, edifício da Reitoria, durante o “UA Entrepreneurial Partners Day, convidando todos os estudantes a participarem na 1ª Edição deste Prémio. O Prémio Inovação Ageas Seguros 2016 – “Novo Mundo” é um desafio feito à medida da criatividade e capacidade empreendedora dos jovens universitários, que tem como embaixador Miguel Neiva, empreendedor social e criador do código ColorADD para daltónicos. A Ageas Seguros quis ir além

Descoberta de propriedade no grafeno abre futuro novo para as aplicações tecnológicas

Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) acaba de divulgar que o grafeno, quando combinado com a sílica, tem propriedades piezoeléctricas. Este é um material que poderá vir a revolucionar a indústria tecnológica do futuro devido à sua resistência, leveza, transparência e flexibilidade, além de ser um ótimo condutor de eletricidade. A descoberta da piezoelectricidade do grafeno, ou seja, a sua capacidade de gerar energia elétrica através da simples compressão do material, abre as portas a que, por exemplo, telefones móveis de nova geração e circuitos micro-ondas possam

Portugal conquista prémio europeu de conservação da natureza

O estudante de biologia da Universidade de Aveiro (UA) Eduardo Batista conquistou hoje o prémio europeu de conservação da Natureza atribuído pela Federação Europarc, em cooperação com a Fundação Alfred Toepfer. Intitulado "Alfred Toepfer Natural Heritage Scholarships", o prémio tem por objetivo galardoar jovens conservacionistas com provas dadas na área da conservação da natureza, em particular nas áreas protegidas da Europa.   Esta é a segunda vez que este prémio, anunciado hoje, é atribuído a um conservacionista português pela Europarc, uma das mais importantes instituições europeias no

Universidade de Aveiro desenvolve chão inteligente

É um pavimento repleto de sensores que permitem saber a cada momento a localização exata de quem o percorre. Desenvolvidos na Universidade de Aveiro (UA) para serem incorporados em revestimentos cerâmicos, os sensores foram especialmente pensados para o chão de espaços onde um mapa, muitas vezes, faz falta a cada momento. Em hospitais, aeroportos, centros comerciais, por exemplo, bastaria apenas um clique no smartphone para saber onde está e que caminho tem de percorrer até ao destino desejado. A tecnologia foi pensada também para ser utilizada em bengalas para cegos funcionando como ‘

Universidade de Aveiro traz têxteis eletrónicos do futuro para o presente

Uma equipa internacional de cientistas, liderada por Helena Alves, da Universidade de Aveiro (UA), descobriu uma nova técnica para incorporar elétrodos de grafeno transparentes e flexíveis em materiais têxteis. A técnica inovadora permite à indústria têxtil, a partir de agora, produzir roupas com computadores, telefones, leitores mp3, GPS, baterias de telemóvel carregadas com o calor corporal e muitos, muitos mais dispositivos eletrónicos incorporados no próprio tecido. A imaginação é mesmo o limite para as potencialidades da descoberta publicada no final da última semana na revista

Universidade de Aveiro descobre metais pesados perigosos para a saúde em biocombustíveis domésticos

Zinco, chumbo, ferro e arsénio são alguns dos metais pesados descobertos por uma equipa da Universidade de Aveiro (UA) nas partículas emitidas durante a queima de vários tipos de pellets à venda no mercado nacional. Potenciadores de múltiplas doenças respiratórias e desencadeadores de cancro, os elevados teores de metais identificados pelos investigadores resultam da utilização, no fabrico das pellets, de resíduos de madeiras provenientes da indústria mobiliária e da construção civil que contêm colas e tintas ou que foram tratadas com biocidas para evitar a infestação. Sem legislação que