Impacto tecnológico no setor da Saúde em foco no próximo Demonstrador Tecnológico ANI

A Agência Nacional de Inovação (ANI) e a AIBILI - Associação para Investigação Biomédica e Inovação em Luz e Imagem, anunciam hoje a realização da 4ª edição do Demonstrador Tecnológico, desta vez com o tema “Transferência de Tecnologia em Saúde”.
A sessão terá lugar no próximo dia 6 de junho na AIBILI e contará com a presença do Secretário de Estado da Economia, João Correia Neves (a confirmar).

O desenvolvimento de tecnologias inovadoras na área da saúde permite contribuir para uma melhoria na qualidade de vida, ao potenciar novos meios de diagnóstico, novos biomarcadores e novos tratamentos. De facto, o melhor cuidado do doente é a prioridade da AIBILI, uma organização de investigação científica localizada em Coimbra, que este ano comemora 30 anos de atividade dedicada ao desenvolvimento de tecnologias e investigação clínica.

Um dos exemplos de sucesso da AIBILI nesta área é o Retmarker, software desenvolvido na instituição e em comercialização pela Retmarker, SA. Este permite uma deteção de alterações na retina, nomeadamente em estados pouco avançados de Retinopatia Diabética (a complicação mais comum associada à diabetes). O Retmarker promove, assim, uma triagem altamente eficaz de lesões associadas à Retinopatia Diabética, com a vantagem de permitir uma redução até 75% de custos com recursos humanos afetos a Programas de Rastreio. Atualmente é uma peça fundamental no Programa de Rastreio promovido pela AIBILI e pela ARS Centro, que avalia alterações de doentes diabéticos em diversas unidades de saúde da região, referenciando para tratamento quando necessário.

O Retmarker, juntamente com 15 projetos inovadores desenvolvidos na AIBILI, estará representado neste evento, abrangendo áreas desde epidemiologia, estudos clínicos e desenvolvimento de novas tecnologias aplicadas à saúde.

A sessão de abertura do evento, que se realizará no Anfiteatro da Subunidade 3 do Polo das Ciências da Saúde da Universidade de Coimbra, terá lugar às 14h30, e ficará a cargo de José Cunha-Vaz, presidente da AIBILI, António Bob Santos, Vogal do Conselho de Administração da ANI e João Correia Neves, Secretário de Estado da Economia (a confirmar).

“A transferência de tecnologia em saúde como processo determinante da inovação” será o tema que dará o mote a uma mesa redonda, na qual irão participar Francisco Ambrósio, diretor do iCBR (Coimbra Institute for Clinical and Biomedical Research); Francisco Batel-Marques, responsável pelo Centre for Health Technology Assessment and Drug Research, da AIBILI, e professor da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra; Cecília Martinho, CEO da AIBILI; Conceição Lobo, investigadora na AIBILI e oftalmologista no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra; José Cunha-Vaz, presidente e investigador na AIBILI; e João Diogo Ramos, CEO da Retmarker, SA.

Esta iniciativa, engloba ainda uma visita aos demonstradores tecnológicos da AIBILI, com vista a envolver o tecido empresarial nacional com os resultados da inovação e empreendedorismo de base científica e tecnológica.

O Demonstrador Tecnológico é uma iniciativa promovida pela ANI, no âmbito do SIAC – Iniciativa de Transferência de Conhecimento, cofinanciada pelo COMPETE 2020, através do Portugal 2020 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. A Iniciativa de Transferência de Conhecimento tem como principal objetivo potenciar a transferência do conhecimento científico e tecnológico para o tecido empresarial, através de redes e ações que valorizem os resultados da investigação e a sua exploração económica nos mercados e pelas empresas. Através de um conjunto articulado e coerente de iniciativas, visa-se criar novos instrumentos ou procedimentos conducentes a essa transferência e valorização (ou adicionar maior eficiência à ação dos instrumentos existentes).

A AIBILI
Constituída em 1989, a AIBILI é uma organização privada sem fins lucrativos. É um Centro de Interface Tecnológica na área das Ciências da Saúde, de utilidade pública e de relevância científica e tecnológica para o desenvolvimento do país. A AIBILI destaca-se na investigação clínica europeia na área do medicamento e dispositivos médicos com particular relevo para a investigação em oftalmologia. O principal objetivo é a transferência de tecnologia na área da saúde através da investigação translacional.

Tags:

Sobre nós

Constituída em 1989, a AIBILI é uma organização privada sem fins lucrativos. É um Centro de Interface Tecnológica na área das Ciências da Saúde, de utilidade pública e de relevância científica e tecnológica para o desenvolvimento do país. A AIBILI destaca-se na investigação clínica europeia na área do medicamento e dispositivos médicos com particular relevo para a investigação em oftalmologia. O principal objetivo é a transferência de tecnologia na área da saúde através da investigação translacional.

Subscrever