NGFS atualiza cenários climáticos para avaliação prospetiva de riscos

Report this content

A Central Banks and Supervisors' Network for Greening the Financial System (NGFS) publicou ontem uma atualização dos cenários climáticos divulgados em 2020. Essa atualização incorpora os compromissos de descarbonização entretanto assumidos pelos países, um conjunto mais vasto de variáveis macroeconómicas e uma maior granularidade setorial e por país.

A NGFS lançou também um portal que permite o acesso direto dos utilizadores às publicações e aos dados disponibilizados sobre cenários climáticos, a visualização interativa dos cenários e o acesso a dados sobre riscos físicos.

Estes instrumentos vão facilitar a integração dos riscos relacionados com o clima no trabalho desenvolvido pelos bancos centrais e pelos supervisores financeiros. Serão também úteis para a academia e para os setores financeiro e empresarial.

Sobre a NGFS

A NGFS é uma rede global de bancos centrais e autoridades de supervisão, criada em dezembro de 2017 para promover a gestão dos riscos ambientais no setor financeiro, em especial os riscos associados às alterações climáticas, e para apoiar a transição no sentido de uma economia mais sustentável, através da expansão do "financiamento verde".

A rede conta atualmente com 91 membros e 14 observadores, de países que representam os cinco continentes e cerca de 85% das emissões globais de gases com efeito de estufa, supervisionando a totalidade dos bancos e cerca de dois terços das seguradoras com importância sistémica. 

O Banco de Portugal aderiu à NGFS em dezembro de 2018, afirmando assim o seu compromisso em contribuir, no âmbito do seu mandato, para o esforço global de promoção dos objetivos ambientais e, em particular, de resposta às alterações climáticas. O Banco participou na elaboração dos cenários hoje divulgados, tal como tem contribuído para todos os outros documentos técnicos que a rede vem produzindo.

Tags:

Subscrever