Beja: Espetáculo “Ciclo do Vinho de Talha” no Pax Julia - Teatro Municipal de Beja, pelos Rouxinóis do Alentejo, na comemoração dos quatro anos da classificação do Cante pela UNESCO

 

No próximo dia 28 de novembro, no âmbito do 4º aniversário da classificação do Cante Alentejano como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, o Grupo Juvenil Coral e Etnográfico Rouxinóis do Alentejo apresenta o espetáculo Ciclo do Vinho de Talha numa organização da Câmara Municipal de Beja, do Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial  Beja e da Associação Rouxinóis do Alentejo com o apoio de várias entidades, como a Câmara Municipal da Vidigueira, de Cuba, a Vitifrades e a Herdade do Esporão.

O Grupo Juvenil Coral e Etnográfico Rouxinóis do Alentejo foi formado no ano 2000 na Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Beja, com o objetivo de representar Portugal num festival juvenil de música na Hungria.

Nos oito anos seguintes, os Rouxinóis cantaram inúmeras modas do Cante alentejano e ao mesmo tempo apresentaram várias histórias etnográficas (Ciclo do pão, Ciclo do azeite, Por esses Campos fora) com o recurso a mímica e a vários utensílios pertencentes às artes e ofícios tradicionais do Alentejo.

Há cerca de dois anos os Rouxinóis do Alentejo regressaram ao ativo com o apoio dos padrinhos Cantadores do Desassossego.

O grupo é formado por cerca de 30 crianças do 1º ciclo e 2º ciclo que ensaiam ao longo do ano letivo, uma vez por semana, com os professores Joaquim Mariano e José Diogo no Centro Unesco para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial Beja, instituição que os tem apoiado.

Apresentam agora um novo espetáculo musical e etnográfico dedicado ao Ciclo do Vinho, com o Vinho de Talha como tema. Este é o património milenar que se encontra em processo de candidatura a Património Cultural Imaterial da UNESCO, numa iniciativa liderada pela Câmara Municipal de Vidigueira e que conta também com o apoio da Câmara Municipal de Beja.

Neste espetáculo de uma hora, os Rouxinóis do Alentejo recriarão as várias fases do Ciclo do Vinho, da produção à comensalidade que o Vinho de talha sempre proporcionou.

A estes jovens de várias proveniências e contextos juntar-se-ão vários músicos e cantadores de reconhecida mestria, num espectáculo que pretende homenagear o Cante, o Vinho de Talha e o Alentejo. A entrada é livre.

Tags:

Sobre nós

Entidade publica de gestao local.

Subscrever

Media

Media