LIXA TERÁ EQUIPA DE INTERVENÇÃO PERMANENTE JÁ EM 2019

Investimento de cerca de 192 mil euros/três anos,  assegurado 50% pela Câmara Municipal de Felgueiras e 50% pela ANPC

Foi ontem aprovado, em reunião de Câmara descentralizada que se realizou na Junta de Freguesia de Pinheiro, o protocolo entre a Câmara Municipal de Felgueiras, a ANPC – Autoridade Nacional de Proteção Civil e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Lixa que determina a criação de um Equipa de Intervenção Permanente (EIP) na Lixa. “Há mais de uma década que a população da Lixa e os seus Bombeiros Voluntários lutam para criação desta EIP. É um orgulho, para mim e para todo o executivo, concretizar esta manifesta necessidade e ver nascer esta solução que muito irá ajudar a população” – afirma Nuno Fonseca, presidente da Câmara Municipal de Felgueiras.

“É fundamental estarmos atentos às necessidades das pessoas, ouvir as suas angústias e receios e tentar, no máximo das nossas forças, encontrar as soluções para conseguir executar e melhor a qualidade de vida de todos. Mais ainda quando estamos a falar de prevenção e de atuações de ajuda muito próximas das populações.”, conclui ainda Nuno Fonseca.

O protocolo contempla a criação desta EIP já em 2019, que será constituída por cinco elementos, durante um período de três anos. O global deste protocolo representa um investimento de cerca de 192 mil euros, cerca de 64 mil euros por ano, assegurado 50% pela Câmara Municipal de Felgueiras e 50% pela ANPC.

Tags:

Subscrever

Media

Media