Bolieiro reúne com Comissão Parlamentar de Trabalho e Segurança Social da Assembleia da República

O Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, José Manuel Bolieiro, reuniu ontem ao final da tarde com membros da Comissão Parlamentar de Trabalho e Segurança Social da Assembleia da República.

A décima comissão parlamentar especializada na AR está de visita aos Açores para o “contacto próximo com a realidade” no que ao Trabalho e à Segurança Social diz respeito. O Presidente da comissão, Feliciano Barreiras Duarte, na ocasião, referiu que “os Açores são uma região do território português com especificidades” e conhecer as mesmas “é enriquecedor para nós enquanto representantes”.

O edil pontadelgadense congratulou-se com a realização deste encontro de trabalho e reiterou a disponibilidade de cooperação com os demais grupos parlamentares e com o órgão que legisla sobre o poder local, a Assembleia da República.

O Presidente afirmou que “Ponta Delgada é, na verdade, no conjunto dos municípios portugueses, um município que procura ser referência no mundo atlântico, numa relação que não cuida da ultraperiferia como uma desculpa, mas antes como oportunidade de união e entendimentos entre parcelas tendencialmente melhores”.

Bolieiro procedeu, ainda, a uma breve caracterização do concelho, que tem sido referenciado positivamente por instituições externas e objetivas. A título de exemplo, Ponta Delgada foi considerado o melhor concelho português para usufruir da natureza; no ranking da Bloom Consulting está em 24.º lugar, entre os 308 municípios portugueses, para viver, visitar e investir; no índice da transparência está 41.º lugar a nível nacional; e, ainda, é o melhor dos Açores em sustentabilidade financeira segundo o anuário financeiro dos Técnicos Oficiais de Contas.

Feitos que resultam das opções de governança do Município de Ponta Delgada, que prioriza, entre outros aspetos, o rigor nas contas (tendo reduzido o Setor Empresarial Local;  o prazo médio de pagamento a fornecedores baixou; o endividamento bancário a médio e longo prazo também diminui nos últimos quatro anos cerca de 40%), as pessoas no trabalho (sendo que o Município regularizou o vínculo laboral a mais de duzentos colaboradores), a Educação (aposta no reabilitação e regeneração do edificado escolar do 1.º ciclo do ensino básico e na valorização do mérito escolar), a participação cívica (através do Orçamento Participativo e do Orçamento Participativo Escolar) e o Desenvolvimento Social (combate à pobreza, teleassistência e rede de ATL que facilita conciliação entre vida pessoal e profissional). 

O edil destacou, igualmente, a aposta do Município no digital e na disponibilização de wi-fi gratuito e apontou a segurança como um fator de atratividade para quem visita e vive em Ponta Delgada.

Na reunião, que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, estiveram representantes do PSD, PS, BE, CDS/PP e PCP.

Tags:

Media

Media