Câmara de Ponta Delgada orgulha-se de ser parceira do Festival Tremor

A Vereadora da Cultura, Maria José Duarte, afirmou esta manhã que a autarquia de Ponta Delgada sente orgulho na sua parceria com o Festival Tremor, que vai decorrer entre 9 e 13 de abril na ilha de São Miguel.

Falando na conferência de Imprensa de apresentação do programa do festival, em representação do Presidente da Câmara, José Manuel Bolieiro, a Vereadora referiu que o surgimento do Tremor, há seis anos, “rompeu com as fronteiras de Ponta Delgada e dos Açores e é um dos melhores do seu género a nível nacional, com referência internacional”.

O Tremor, adiantou, tem um sucesso inegável e ultrapassa, ano após ano, toda as expetativas, além do que tem a capacidade de mobilizar talentos e sinergias entre artistas locais e das mais diversas proveniências.

Maria José Duarte sublinhou o facto do Tremor ter “uma dinâmica que conjuga o fator talento à inovação, criando e ultrapassando expetativas, em cada uma das suas edições”.

Ainda segundo a Vereadora da Cultura, este festival único e inovador é mais um importante passo em direção à diversificação cultural de Ponta Delgada e, por isso, merece o apoio da Câmara Municipal desde a primeira hora.

De referir que o Tremor transformou São Miguel num palco privilegiado para a música, com uma programação interdisciplinar que inclui concertos, interações na paisagem, laboratórios, momentos dedicados ao pensamento, arte nas ruas e residências artísticas que se fundem com a comunidade local.

De 9 a 13 de Abril, o Tremor vai ocupar vários espaços da ilha de São Miguel, e Ponta Delgada continua a ser o palco de destaque para 30 bandas regionais, nacionais e internacionais, numa programação que se estende por mais de vinte horas de música, residências artísticas e concertos surpresa.
Os artistas do Tremor 2019 são Bulimundo, Colin Stetson, Moon Duo, Jacco Gardner, Lafawndah, Grails, Teto Preto, Haley Heynderickx, Lula Pena, Free Love, Pop Dell’Arte, Maria Beraldo, Cave, The Sunflowers, ZA!, CZN, Chupa-me El Dedo, Natalie Sharp's Earthly Delights, Lieven Martens Moana, ondamarela, Escola de Música de Rabo de Peixe, ASISM, Trans Van Santos, Vive la Void, Despensas de Rabo de Peixe, Rubén Monfort, dB e Balada Brassado, Pedro Lucas, WE SEA, Cristóvão Ferreira, Tupperwear, Diogo Lima, LBC, Rafael Carvalho e FLiP e convidados, entre muitos outros e várias surpresas.

São mais de 40 artistas regionais, nacionais e internacionais (de 15 nacionalidades diferentes) que prometem repetir o sucesso dos últimos seis anos de Tremor que, este ano se divide entre Ponta Delgada e Ribeira Grande.

Uma vasta e diversificada programação ocupará salas de espetáculo e espaços informais nos dois maiores concelhos da ilha de São Miguel.

A par dos concertos, o Tremor 2019 apresentará também aquele que será, provavelmente, o cartaz mais ambicioso de residências artísticas desde a primeira edição.

Especial destaque para o regresso de Lieven Martens a São Miguel para recriar a sonata “The Cow Herder”, um retrato sonoro sobre a vida de um guardar de vacas da ilha do Corvo.

Tags:

Sobre nós

Câmara Municipal Ponta Delgada.

Subscrever

Media

Media