MAIOR EVENTO TECNOLÓGICO DE LEIRIA APRESENTA OPORTUNIDADES DO DIGITAL E EVIDENCIOU SER UM SUCESSO PARA PARTICIPANTES E VISITANTES

A AAPI – Associação Ação para a Internacionalização foi a grande promotora do maior evento tecnológico que aconteceu em Leiria. Mais de 500 visitantes, trinta empresas expositoras e vinte e uma palestras fizeram de Leiria o palco para o desenvolvimento digital.

Vários foram os speakers que elogiaram publicamente a AAPI por ter realizado este evento no coração de Leiria, visto que normalmente este tipo de eventos são na sua maioria realizados no Porto ou em Lisboa.

O feedback pós-evento tanto dos speakers como das empresas presentes não poderia ser melhor.

Além dos elogios à organização referiram que o evento tinha sido deveras proveitoso no que refere a contactos estabelecidos, seno uma das questões mais recorrentes a “Para quando uma segunda edição deste evento?”

Oportunidades de crescimento para as empresas na era digital, influência da tecnologia e dos marketplaces, experiência do consumidor, logística e oportunidade na internacionalização foram os temas abordados.

Apesar da utilização da internet em Portugal já atingir os valores da média europeia, e estarmos avançados no uso do mobile e das redes sociais, o ecommerce no nosso país ainda está muito atrasado mas ao mesmo tempo isto representa um potencial de crescimento muito grande para as empresas. As previsões são que todos os canais cresçam a ritmos diferentes e em 2023, 40% do ecommerce será via loja online, 53% será via marketplace e 7% via social selling (através do chats, Instagram, LinkedIn, Facebook). Estes apenas algumas dos números apresentados no evento.

 

“Estamos muito satisfeitos com os resultados do Digital Export Open Day. Conseguimos juntar especialistas e empresas de renome em dois dias de evento onde foram apresentadas informações muito valiosas para quem quer entrar nesta área,” afirmou Nuno Morgado, Presidente da AAPI. “Os desafios e oportunidades para o ecommerce no nosso país são inúmeros e acredito que muito ainda há para fazer em relação aos meios de distribuição para o estrangeiro,” continuou o Presidente da AAPI, aproveitando para lançar um desafio às empresas presentes da área da logística, “é necessário criar uma logística de distribuição que facilite a nossa exportação.”

 

O tema do surto do novo coronavírus também foi abordado numa perspetiva tecnológica, sendo visto uma oportunidade de aproveitar o potencial do digital, uma vez que nunca se ouviu falar tanto em teletrabalho como agora. Assim como de e-learning ou formas de comunicar à distância. As tecnologias e utilidades que têm aparecido têm mudado a perceção de distância e de tempo para o cliente, que cada vez está mais exigente e pede respostas imediatas, diretas e fáceis, como é o caso das gerações mais jovens que já não leem e preferem o vídeo para obter informação sobre o produto.

Tags:

Sobre nós

Empresa na área da Consultadoria Empresarial.

Subscrever

Media

Media