CISION publica O Estado dos Media 2020

A CISION publicou O Estado dos Media 2020, o 11.º estudo anual da empresa, que revela as últimas tendências e desafios que o setor da comunicação social enfrenta, e como os profissionais de relações públicas podem trabalhar melhor com os seus colegas jornalistas. O relatório deste ano é o mais abrangente de sempre da CISION, tendo sido entrevistados mais de 3.200 jornalistas de 15 países da América do Norte e do Sul, da Europa e da Ásia.

Uma vez que o inquérito sobre O Estado dos Media foi inicialmente realizado antes da declaração da pandemia da COVID-19, a CISION enviou um segundo questionário no final de março, para garantir que o impacto da crise fosse devidamente refletido no estudo. Esses resultados estão incluídos numa secção especial e fornecem informações sobre a melhor forma de os profissionais de relações públicas e comunicação poderem apoiar os jornalistas durante este período.

Para além do impacto que a COVID-19 teve nos meios de comunicação social, o estudo da CISION sobre O Estado dos Media 2020 abrange temas como: os desafios que o jornalismo enfrenta em 2020 e a forma como os jornalistas avaliam o seu sucesso; a confiança e parcialidade nos meios de comunicação social; o impacto da tecnologia no panorama mediático; e como podem os profissionais de relações públicas e comunicação melhorar a sua abordagem e construir relações mais fortes com os jornalistas.

Apesar de um número crescente de desafios que se colocam aos jornalistas, incluindo a escassez de pessoal e de recursos e o aumento da carga de trabalho, o estudo revela várias tomadas de posição otimistas, nomeadamente um declínio dos ataques à liberdade de imprensa.

Outras conclusões fundamentais do estudo indicam que a desconfiança dos meios de comunicação social está a diminuir, aos olhos dos jornalistas. Pelo quarto ano consecutivo, os inquiridos relataram uma diminuição da desconfiança do público em relação aos meios de comunicação social: 59% dos inquiridos sentiram que o público perdeu a confiança este ano, face aos 63% em 2019, 71% em 2018 e 91% em 2017.

A garantia de rigor e exatidão continua a ser considerada crucial: pelo segundo ano consecutivo, mais de metade dos jornalistas afirmam que garantir um conteúdo 100% exato é mais importante do que as receitas, a exclusividade ou ser o primeiro a publicar uma notícia. Na era da COVID-19, tornou-se ainda mais crucial garantir que os conteúdos sejam o mais rigorosos possível.

Os algoritmos das redes sociais são vistos como as novas tecnologias com maior impacto para os jornalistas, enquanto a Inteligência Artificial parece perder peso: 41% dos jornalistas consideram que os algoritmos das redes sociais serão a tecnologia que mais vai impactar a sua forma de trabalhar, contra 38% em 2019. Pelo contrário, apenas 15% dos inquiridos veem a Inteligência Artificial e o Machine Learning como a tecnologia que mais irá afetar o setor. Esta percentagem desceu de 19% em 2019.

O estudo completo da CISION sobre O Estado dos Media 2020 está agora disponível e pode ser descarregado aqui.

A CISION vai debater mais detalhadamente as conclusões do estudo, no dia 17,  com a jornalista Catarina Carvalho; a diretora editorial da “Marketeer”, Maria João Vieira Pinto; a Associate Director do Omnicom PR Group Portugal, Sofia Fernandes; e o diretor de Operações e Negócio da Cision Portugal, Uriel Oliveira. As inscrições estão abertas.

Metodologia

A CISION realizou o seu inquérito sobre O Estado dos Media 2020 entre 28 de janeiro e 20 de fevereiro de 2020. Os inquéritos foram enviados por e-mail para os membros da Base de Dados de Media da Cision, que são avaliados pela equipa de media research da empresa, para verificar as suas posições como profissionais dos media, influenciadores ou bloggers. A secção especial sobre a COVID-19 foi feita a partir de uma campanha de e-mail separada, enviada entre 25 e 30 de março de 2020, que recebeu 114 respostas. O inquérito deste ano recolheu 3.253 respostas de todo o espetro mediático de 15 países diferentes.

Tags:

Subscrever

Media

Media