O mediatismo da Web Summit

Web Summit reuniu em Lisboa as principais empresas, ideias e negócios que vão marcar o futuro da Tecnologia – e não só. Completamente esgotado, tal como em 2018, o evento, que decorreu na semana passada, e a capital portuguesa marcaram a agenda mediática.

De acordo com um estudo Cision, entre 1 de outubro e 9 de novembro, Lisboa foi citada em 6.119 notícias em meios online internacionais e em 75% das notícias que referem a Web Summit. EUA, Reino Unido, Brasil, Espanha e Alemanha destacam-se entre os países onde se registaram mais artigos sobre a cimeira tecnológica.

Em Portugal, o evento, que decorreu pela quarta vez em Lisboa, foi mencionado em 4.603 notícias, ocupou mais de 57 horas em televisão e mais de 12 horas em Rádio. No período em análise, os meios online assumem preponderância, referindo a Web Summit em 3.243 artigos. Seguem-se as referências em Televisão, Imprensa e Rádio, com 708, 413 e 239 artigos, respetivamente.

De relevar ainda as start-ups nacionais, como a Barkyn, a DefinedCrowd, a GoParity ou a Sound Particles, cuja presença na Web Summit ficou refletida em diversos meios de comunicação social.

O objeto do estudo da Cision foram todas as notícias veiculadas no espaço editorial português, em mais de dois mil meios de comunicação social e em mais de 120 mil meios de informação online de 190 países, monitorizados regularmente pela Cision, pesquisados entre os dias 1 de outubro e 9 de novembro de 2019.

Tags:

Sobre nós

A Cision e lider global no fornecimento de servicos para planeamento, contacto, monitorizacao e analise dos media.

Subscrever

Media

Media