CONTINENTE QUER ACABAR COM OS SACOS DE PLÁSTICO PARA FRUTAS E LEGUMES

O Continente quer disponibilizar aos seus clientes opções sustentáveis ao uso plástico nas suas lojas e para isso promove agora alternativas aos sacos plásticos para as frutas e legumes. A decorrer desde o final do mês de março, este projeto-piloto permite ao consumidor decidir entre trazer os seus sacos de casa ou optar por sacos reutilizáveis feitos em algodão disponibilizados pelo retalhista alimentar. As lojas piloto oferecem ainda um cartão feito de papel reciclado para que os clientes possam colar as respetivas etiquetas de preço e código de barras das frutas e legumes que adquirirem.

Esta é apenas mais uma das iniciativas da marca no âmbito do “Compromisso para o uso responsável do Plástico” recentemente anunciado. Caso todos os clientes aderissem a alternativas sustentáveis ao plástico para a compra de frutas e legumes, a poupança potencial seria de mais de 430 toneladas de plástico por ano.

Para Pedro Lago, Diretor de Projetos de Sustentabilidade e Economia Circular do Continente “Como retalhista líder alimentar no mercado nacional, sabemos ser nosso dever a promoção de um uso cada vez mais responsável de plástico. É nosso papel, não só implementar medidas que procurem minimizar o impacto da atividade no ambiente encontrando soluções economicamente viáveis à utilização de plástico fóssil como também promover iniciativas que visem sensibilizar os nossos clientes para a importância do seu contributo.”

Além deste piloto, o Continente está a equacionar alterar os sacos da secção de Padaria habitualmente compostos por papel e por uma janela transparente de plástico, substituindo o plástico por fibras naturais de papel, que permitirão que os sacos do pão sejam 100% recicláveis. O consumidor poderá ainda decidir trazer de casa o seu saco.

O Continente tem vindo a implementar diversas medidas sobre o uso responsável de plástico, ao nível da Marca Própria Continente, da logística, dos fornecedores, do apoio à inovação (nomeadamente através de parcerias estabelecidas com universidades nacionais e internacionais para o desenvolvimento de projetos de investigação) e também ao nível da sensibilização junto consumidor, estão em total sintonia com um conjunto alargado de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pelas Nações Unidas para 2030(*), bem como com as apostas Europeias e Nacionais rumo a uma Economia Circular.

Este projeto está a decorrer nas lojas Continente Vasco da Gama e Continente Marechal Gomes da Costa para ambos os pilotos - padaria e frutas e legumes; Continente Valongo apenas na padaria e em breve também no Continente de Lousada; Continente Gaiashopping apenas para as frutas e legumes.

Para saber mais sobre o “Compromisso para o Uso Responsável de Plásticos” do Continente visite: missao.continente.pt

Tags:

Sobre nós

Cadeia de supermecados da SONAE.

Subscrever

Media

Media